Ronaldinho Gaúcho – Conheça a história dessa lenda do futebol

Ronaldinho Gaúcho é um dos nomes mais lembrados quando se fala em futebol-arte, ou seja, a arte de jogar bola com os pés. Tanto é que ele era um mágico, um malabarista, um gênio dentro de campo., sendo um dos jogadores de futebol mais habilidosos de todos os tempos.

ANÚNCIO

Chamado de “bruxo”, de “lenda” ou simplesmente de “Gaúcho”, o Ronaldinho foi amado pelos torcedores apaixonados pelo futebol. O R10 tem o seu lugar no hall da fama do futebol e a gente vai contar, em alguns detalhes, os motivos disso. Veja só essas curiosidades sobre a vida e carreira do astro.

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

A infância de Ronaldinho Gaúcho

Ronaldo de Assis Moreira é de Porto Alegre, do ano de 1980. Desde cedo era habilidoso com as bolas nos pés e, por isso, sempre chamou a atenção pelos gramados por onde passou. Desde os campinhos de terra, inclusive. Aos 7 anos, era o melhor da escola

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

O futebol, para o Ronaldinho, desde sempre foi uma diversão. Tanto é que até mesmo quando se profissionalizou ele continuou jogando pela diversão e dava para ver, de longe, a alegria do garoto de poucos anos enfrentando zagueiros bem mais experientes dentro e fora do país. 

ANÚNCIO

Aos 8 anos, o Ronaldinho Gaúcho perdeu o pai e começou a receber apoio paterno do irmão mais velho, inclusive investindo na carreira do atleta. Assim, o primeiro clube do garoto Ronaldo foi o Grêmio, no âmbito profissional, de Porto Alegre. 

A profissionalização de Ronaldinho Gaúcho

Em Porto Alegre, o Ronaldinho começou a se destacar em 1997, quando foi campeão sub-17 com o Grêmio. No ano seguinte, apareceu no time profissional e jogou a Libertadores daquele ano. Bom de bola, como era visto, se tornou popular em pouco tempo. 

E você deve se lembrar do gol que ele fez contra a Venezuela, na Copa América de 1999, não se lembra? A gente deixou um vídeo acima para você se lembrar e se emocionar, na voz de Galvão Bueno: “olha o que ele fez, olha o que ele fez”. Lembrou?

ANÚNCIO

Com 19 anos, o nosso R10 foi considerado o melhor jogador do campeonato brasileiro aos 19 anos. Nessa época, ele já tinha dado alguns dribles no nosso capitão Dunga e enfrentado clássicos nacionais, como o Gre-Nal. 

A internacionalização de Ronaldinho Gaúcho

Do Grêmio para a Seleção e aí ele não parou mais. Logo em seguida, o craque camisa 10 já estava jogando pelo famoso Paris Saint-Germain, da França. Porém, a venda não foi facilitada, não. O Grêmio sabia que tinha uma joia-rara nas mãos. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Curiosamente, na época houve uma grande polêmica porque o jogador fez uma espécie de “pré-contrato” às escondidas com o clube francês. E isso chegou até às batalhas judiciais entre o PSG e o Grêmio. Mas ele foi para a Europa, mesmo com os problemas extracampo.

Isso porque o treinador do PSG, na época, o Luis Fernández, chegou a dizer várias vezes que o Ronaldinho ficava muito em baladas na cidade parisiense e isso atrapalhava o seu rendimento nos treinos e nos jogos oficiais. 

A Copa do Mundo de Ronaldinho Gaúcho

A Copa do Mundo de 2002 foi a principal da carreira do atleta. Ela acontece na Ásia e fez o bruxo ganhar um destaque ainda maior. Assim, ele foi, ao lado de Ronaldo Fenômeno e Rivaldo, o principal nome da Seleção Brasileira Pentacampeã. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

A partir disso, vários clubes europeus tentaram tirar Ronaldinho do PSG. Mas ele saiu apenas em 2003, quando se mostrava insatisfeito com a sua situação na França. Assim, ele precisou tomar uma das decisões mais difíceis da vida: o Barcelona.

A compra por feita por 21 milhões de euros. Isso porque o Manchester United, da Inglaterra, também estava na disputa pelo jogador, mas foi o time espanhol que levou a melhor. Inclusive, ele chegou a ser aplaudido pelos torcedores rivais, do Real Madrid. 

O elenco 

Nessa Copa de 2002, além de Ronaldinho Gaúcho, Fenômeno e Rivaldo, o Brasil era formado por Lúcio e Edmilson, além do Roque Júnior na defensiva. Tinha ainda Gilberto Silva, Kaká, Vampeta, Kleberson, Ricardinho, Juninho Paulista e Denílson no meio-campo.

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

O ataque ainda tinha o Luisão na reserva. Já o goleiro era o Dida, o Rogério Ceni e o Marcos. Nas laterais, o Roberto Carlos, o Anderson Polga (que também jogava na zaga) e o Belleti. Além do capitão Cafú. 

O Barcelona e o Milan de Ronaldinho Gaúcho

Seguindo a trajetória dele, Ronaldinho ficou sendo chamado de gênio lá na Espanha, ainda mais entre os anos de 2004 e 2005, quando ajudou o clube a levar 2 campeonatos espanhóis, 2 supercopas da Espanha e 1 liga dos campeões. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, nessa época, foi considerado o campeão da FIFA como melhor jogador do mundo, por 2 vezes consecutivas. Em 2006, ele jogou a Copa do Mundo, porém, não com o mesmo sucesso de 2002. A França, de Zidane, foi muito melhor, como já sabemos. 

No ano de 2008 ele chegou ao Milan, onde jogou com a camisa marcante, de número 80. Porém, o começo foi ruim e entre altas e baixas, ele acabou terminando entre os reservas no final da temporada. Ainda assim, foi eleito o futebolista do século pela revista World Soccer.

Ronaldinho Gaúcho nos Jogos Olímpicos 

No ano de 2008, Ronaldinho também vestiu a amarelinha, só que dessa vez para participar dos jogos das Olímpiadas de Pequim, na China. Nesse caso, o Dunga o convocou e ele era considerado o jogador mais velho de todo elenco. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

O Brasil teve uma participação razoável, sendo que se classificou com 100% de aproveitamento na primeira fase, porém, foi eliminado pelo principal rival, a Argentina, comandada por Lionel Messi nas semifinais. Lembrando que a medalha de ouro dos Jogos de Pequim ficou mesmo com a Argentina.

Fora do Milan, Fora da Copa

Mesmo como líder de assistência na temporada pelo Milan, Ronaldinho ficou fora da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, sob o comando de Dunga. Inclusive, isso até hoje causa discussão no âmbito futebolístico, mas é história para outra conversa. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Assim, ele decidiu que seria hora de voltar para o Brasil e fez isso jogando pelo maior clube do país, o Flamengo. O Grêmio até tentou, mas sem chances. No Mengão, venceu a Taça Guanabara, a Taça Rio e o Carioca. Depois, foi para o Atlético Mineiro. 

Ficou 2 anos no clube mineiro, inclusive, levando uma Copa Libertadores da América para casa. Assim, se tornou uma referência ao ser um dos poucos a ganhar a Libertadores da América e a Champions League. Antes de encerrar a carreira foi para o México (Querétaro) e Fluminense. 

A polêmica de Ronaldinho Gaúcho

E apesar de tanta história futebolística de sucesso, a gente não poderia deixar de mencionar algumas das polêmicas vivenciadas pelo craque brasileiro. A última delas aconteceu em julho de 2019, quando 57 propriedades do jogador foram confiscadas devido a impostos e multas.

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Os passaportes também foram apreendidos, dele e do irmão. Em março seguinte, Ronaldinho foi interrogado pela Polícia do Paraguai porque usou um passaporte falso para entrar no país vizinho. 

A prisão preventiva foi decretada e 1 mês depois foi revertida em prisão domiciliar. Em agosto, ambos, ele e o irmão, foram libertados. Depois de 5 meses no Paraguai, Ronaldinho voltou ao Brasil. 

A volta de Ronaldinho, após a prisão no Paraguai

Após a volta dele ao Brasil, o que mais a imprensa noticiou foi sobre o seu luxo e o patrimônio acumulado. Afinal, com tantas propriedades confiscadas, muita gente ficou impressionada com o quanto Ronaldinho teria acumulado ao longo da sua história de jogador. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, durantes a festas particulares que realiza na capital gaúcha, Ronaldinho chama os amigos daqui e de outros países. O lugar tem 2 piscinas, 2 quadras de futebol e até mesmo uma boate. Tudo é regado à samba e pagode, que fazem o gosto musical do atleta. 

E no fim das contas ninguém conseguiu descobrir o patrimônio do ex-jogador melhor do mundo. O que se sabe é que ele é dono de uma empresa, que tem capital social de R$ 100 mil e o irmão tem 8 empresas, que valem mais de R$ 240 mil.

Os novos patrocínios

As mesmas matérias ainda divulgam informações sobre os novos patrocínios que o Gaúcho receberia. Inclusive, fala que ele continua sendo o embaixador do Barcelona. Já uma publicidade feita para o Buser teria rendido R$ 1 milhão, após o retorno dele. 

Ronaldinho Gaúcho - Conheça a história dessa lenda do futebol
Foto: (reprodução/internet)

Outras propagandas custaram R$ 1,5 milhão, já que a Buser é focada em viagens e tem eventos periódicos, como nas viagens de fim de ano. Ele também continua sendo embaixador oficial do Brasil. E a Embratur diz que “a investigação e prisão foi uma questão pessoal”. 

A principal curiosidade disso tudo é que ele teve que pagar uma multa de 200 mil dólares como fiança para deixar a cadeia no Paraguai. E quando foi receber o dinheiro de volta, ele pegou R$ 518 mil na mão devido a variação do dólar. 

A aposentadoria de Ronaldinho Gaúcho

O empresário e irmão do jogador diz que hoje ele está aposentado, ainda que isso não tenha sido afirmado publicamente. O último jogo do Gaúcho foi pelo Fluminense, durante a Flórida Cup de 2016. Desde então ele não jogou mais partidas oficiais. Atualmente, ele é embaixador do Barcelona e considerado um dos maiores jogadores de futebol da história.