Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio

A edição das Olimpíadas de Tóquio, no Japão, já começou diferente. Isso porque devido à pandemia, os jogos foram adiados para 2021. Só que muito além da mudança de data, há outras curiosidades sobre essa edição que você tem que conhecer. 

ANÚNCIO

Isso vai desde a escolha de Tóquio como país sede dos Jogos até mesmo a escolha dos mascotes e as novas modalidades. Inclusive, também dá para considerar a estrutura que foi usada e os embaixadores que foram, no mínimo, autênticos. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

A escolha de Tóquio é antiga

A primeira curiosidade que você tem que saber é que a escolha de Tóquio como sede dos Jogos Olímpicos é antiga. Isso porque o Comitê Olímpico Internacional começou a convocação em 2012. Na ocasião, a disputa era entre Madri, Istambul, Baku, Doha e Tóquio.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Na próxima fase, apenas 3 possíveis cidades-sede continuaram na disputa. Sendo que além de Tóquio, se mantiveram Madri e Istambul. Já a escolha final aconteceu em 2013, durante uma sessão em Buenos Aires, na Argentina. A votação final teve Tóquio com mais de 60% dos votos

ANÚNCIO

Bicampeão em sediar Olimpíadas

O Japão é bicampeão em sediar Olimpíadas. Isso porque a primeira vez aconteceu em 1964, sendo que naquele ano ele foi considerado o primeiro país asiático a realizar esse evento. Inclusive, a época também foi importante por outro motivo.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Os Jogos aconteceram como marco importante na história do mundo porque mostrou uma restauração que pouco se imaginava do Japão após o período da Guerra. Assim, mostrou um lado positivo do Japão, como sendo um país amigável, de paz e muita tecnologia. 

A província de Tóquio

Para você, em um primeiro momento, isso pode não importar muito. Só que Tóquio não é apenas uma cidade e sim uma província. O que quer dizer que é como se fosse um estado para alguns outros países, como os sul-americanos. 

ANÚNCIO
Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Portanto, no mínimo, a gente tem uma cidade metropolitana de grande porte. E Tóquio acaba possuindo mais de 20 distritos, que nesse caso são como cidades menores. Por isso, na tradução mais simples, Tóquio é uma província, que é como um estado, ok?

O custo do evento é o mais alto

Entre todas as Olimpíadas que existiram até aqui, a de Tóquio, do ano de 2020/2021 foi a mais cara. Isso porque os organizadores afirmaram que foram investidos para a concretização dos Jogos um valor total de mais de US$ 20 bilhões

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

O valor é mais do que o dobro do que foi investido no Brasil, nas Olimpíadas de 2016. Durante a escolha da cidade, havia uma estimativa de orçamento de US$ 12,6 bilhões. Depois, foi introduzido um novo valor, de mais US$ 7,5 bilhões. 

Os ingressos para ver os jogos

Cada país terá uma empresa oficial responsável por comercializar os ingressos das Olimpíadas de Tóquio. Geralmente, os interessados puderam comprar online, sendo que uma boa parte é exclusiva e de valor mais alto. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, para participar da abertura ou do encerramento, os preços variaram de 12 mil ienes até 300 mil ienes. Já para os jogos de cada modalidade, a variação parte de 2.500 ienes e vai até 130 mil ienes. 

A estrutura para os Jogos

Tóquio também anunciou que a estrutura toda foi formada por 43 locais, sendo 25 que já existem e outros que foram adaptados ou construídos especialmente para os Jogos: 10 temporários e 8 novas construções. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Um exemplo é o Estádio Olímpico, que foi usado nos Jogos de 1964 também. Além do Nippon Budokan e do Ginásio Nacional de Yoyog. O Estádio Olímpico foi reformado para a abertura e o encerramento das Olimpíadas. Ele será palco do atletismo e futebol.

Os restos mortais do Estádio Olímpico

Esse tópico é meio assustador, mas é verdadeiro. Saiba que antes do início das obras no Estádio, os restos mortais de 187 pessoas, incluindo bebês, foram recuperados. Eles são datados do início dos anos de 1900. Eles foram descobertos pelo Centro Arqueológico. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

As autoridades locais acreditam que ali havia um templo ou um cemitério local, que ficou ativo entre 1732 e 1919. Assim, o material está todo no Museu Nacional de Tóquio. Logo, o novo estádio terá capacidade para 68 mil pessoas e custou US$ 1,43 bilhões. 

As novas modalidades da edição

Nos Jogos de Tóquio, algumas novas modalidades vão ser incluídas no calendário. Entre elas, a gente pode fazer o surfe, a escalada esportiva e o caratê, que estrearam em Olimpíadas. Mas há outras modalidades que vão voltar ao Jogos.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, beisebol e softbol, que já fizeram parte do cronograma, mas estavam fora das últimas edições. Outra curiosidade é que esses esportes que retornaram são bastante praticados pelos anfitriões, que já foram campeões olímpicos nas modalidades. 

As 33 modalidades dos Jogos de Tóquio

Com as novas modalidades, Tóquio recebeu 33 modalidades esportivas. Sendo que se tem aqueles mais históricos e individuais, como atletismo, boxe, ciclismo, canoagem, esgrima. Além dos coletivos, como basquete, futebol, rúgbi, voleibol, handebol e pentatlo. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Alguns dos esportes mais diferentes e poucos conhecidos presentes nos Jogos são halterofilismo, golfe, tiro esportivo, badminton, além dos novos que citamos no tópico acima. Ainda fecha a lista os esportes aquáticos, a ginástica, judô, remo, tênis de mesa, etc. 

As novas modalidades das paraolimpíadas

As versões adaptadas dos Jogos também terão novidade. Os Jogos Paraolímpicos são para quem tem deficiência física ou cognitiva. Eles são chamados de paratletas. Geralmente, os jogos são disputados após o evento principal, usando a mesma estrutura. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Na edição mais nova, tiveram 22 modalidades esportivas, sendo que serão dois novos esportes: badminton e taekwondo. Os atletas portadores de alguma deficiência deram o exemplo nos jogos, se destacando e levando o Brasil ao 7º lugar no ranking de medalhas.

As medalhas olímpicas sustentáveis

Aqui entram algumas curiosidades bem legais. Primeiro é o fato de que todos os equipamentos eletrônicos possuem ouro. Por outro lado, considere que ele é importante como condutor elétrico. E aí é que entra a história de Tóquio.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, os organizadores do evento planejaram usar a reciclagem desses eletrônicos para fabricar mais de 5 mil medalhas olímpicas sustentáveis. Tudo partiu da doação de celulares antigos e aparelhos simulares que não tinha mais utilidade. 

A tocha olímpica

Tem curiosidade sobre a tocha olímpica também. Ela foi feita em homenagem a flor mais tradicional do país, a cerejeira. Além disso, foram usados materiais reutilizados das habitações temporárias construídas com foco nas vítimas no terremoto e no tsunami de 2011.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

A tecnologia usada para a construção é a mesma que é usada para a construção dos trens balas japoneses. Isso porque os criadores pensaram em formas de deixar a chama ainda mais resistente a qualquer ambiente. 

O mascote das Olimpíadas de Tóquio

Geralmente, o mascote dos Jogos tem a ver com a cultura local. A ideia é que os anfitriões deem um toque especial e pessoal para a celebração. Para demonstrar esse espírito olímpico, Tóquio escolheu o Miraitowa, que vem a partir de um provérbio japonês.

O provérbio diz  “aprenda com o passado e desenvolva novas ideias”. O nome vem de “mirai”, que é futuro e “towa”, que é eternidade. Assim, a ideia é abraçar o futuro e esquecer/aprender o passado.

A mascote das Paraolimpíadas

As paraolimpíadas também terão uma mascote, que é a Someity. Ela é uma criaturinha muito fofa que foi inspirada nas flores da cerejeira. Ela tem poder mental e muita força física. Assim, simboliza a superação de obstáculos desses atletas especiais. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

O nome vem de someiyoshino, que é a flor da cerejeira e might, que é algo como “é possível”. Convenhamos que o mascote e suas cores foram muito bem pensadas na hora de representar  a cultura e os desenhos japoneses.

Os embaixadores mais inusitados em Tóquio

Em Tóquio haverá outra novidade durantes os Jogos: os embaixadores. Isso porque ele não será uma pessoa famosa, celebridade, esportista. Na verdade, serão itens e personagens da cultura popular japonesa. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Como assim? A gente explica: estamos falando de heróis de animes, mangás e videogames. Por exemplo, o Naruto, o Goku, o Astro Boy, o Pac Man, o Sailor Moon e até mesmo o Mario Brós. 

Os voluntários dos Jogos de Tóquio

Como em toda edição, o evento vai contar com voluntários do Governo local e do Comitê. Assim, os primeiros vão atender os turistas, com suporte na transmissão dos jogos e orientações como de transporte ou alojamento.

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Já os outros serão responsáveis pelo atendimento ao público, com suporte aos jornalistas e às equipes. Ao todo, o evento contou com mais de 80 mil voluntários do Comitê outros 30 mil do governo de Tóquio. Para ser voluntário é preciso ter mais do que 18 anos. 

O transporte e a alimentação

Para quem vai visitar Tóquio durante os Jogos, considere que o transporte público é um dos melhores do mundo em termos de qualidade. Para o turista, há o ticket all-day tokyo metro, que permite andar de metrô durante o dia todo. Ele tem preço acessível. 

Descubra as principais curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio
Foto: (reprodução/internet)

Já a alimentação também é acessível dependendo da escolha do restaurante. Assim, há uma boa opção de escolha para quem quer gastar menos ou para quem pode gastar mais no café da manhã, no almoço e no jantar. 

A sustentabilidade dos Jogos em Tóquio

A Toyota será uma das principais patrocinadoras do evento e vai usar veículos elétricos para permitir uma frota totalmente sustentável durante o evento. Eles serão movidos a hidrogênio, bateria ou híbridos, com gás-elétrico. Assim, a meta é chegar ao menor nível de emissão de carbono possível. A média deve ficar em menos do que 80 g/km.