Entenda como funciona a competição da Copa Truck

A Copa Truck já foi a Fórmula Truck. Apesar de parecer ser uma competição nova, essa corrida de caminhões é bem antiga, vindo desde antes da década de 1990. O fato é que nos últimos anos se reformulou, voltou a ganhar os holofotes da imprensa e voltou com tudo.

ANÚNCIO

Nesse conteúdo, você vai entender como é que está acontecendo a atual competição, a partir das novas regras e transmissões. Além disso, vamos conhecer um pouco mais da história da Copa Truck e descobrir como ela chegou até os moldes atuais.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

Para saber tudo isso, leia:

  • A história da Copa Truck;
  • A Copa Truck em 1994;
  • O que é a Copa Truck hoje;
  • Os investimentos em sustentabilidade;
  • A nova temporada da Copa Truck.

A história da Copa Truck

A Fórmula Truck, como era chamada antes, aconteceu pela primeira vez em uma corrida do ano de 1987. O início tem ligação direta com um sonho de Aurélio Batista Félix, que era caminhoneiro. E mais um jornalista português, o Francisco Santos.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

Eles tiveram a ideia de criar uma corrida de caminhões e colocaram isso em prática. Aurélio era filho de caminhoneiro e sempre teve contato com esse ambiente. Aos 9 anos, começou a fazer manobras e com 18 anos se tornou caminhoneiro profissional. 

A paixão trouxe o sonho da corrida. Assim, no Autódromo Internacional de Cascavel (PR), a prova de estreia aconteceu com 35 pilotos e 20 mil torcedores na plateia. No entanto, um episódio triste aconteceu: a morte do piloto Jefferson Ribeiro da Fonseca. 

O acidente do piloto na primeira prova da Copa Truck

Apesar do sonho ter sido posto em prática, ele poderia culminar em um verdadeiro pesadelo. E isso realmente aconteceu com a morte do piloto Jefferson. O motivo tem a ver com a falta de segurança, sendo que os pilotos usavam apenas um macacão e um capacete.

ANÚNCIO

Logo, sem célula de sobrevivência, que é comum hoje em dia, os acidentes se tornariam fatais. Até mesmo porque não havia a presença do Corpo de Bombeiros no lugar e nem outros profissionais de saúde capacitados para esse tipo de evento. 

O fato aconteceu na 7ª volta da 2ª bateria, quando o piloto de um Scania 110 perdeu o controle em uma curva e capotou. Ele ficou 4 minutos preso às ferragens até que foi retirado da cabine. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Jefferson era presidente do Autódromo.

A Copa Truck em 1994

Com o acidente fatal, o que aconteceu foi que a I Copa Brasil de Caminhões não continuou. Ainda assim, teve o seu lado positivo, já que serviu como teste para verificar a segurança do esporte, que era inédito dentro das corridas.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

Mais tarde, em 1994, uma nova realização aconteceu na categoria de corrida para caminhões. O foco estava em atestar a segurança e o autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), foi usado para isso. A consolidação do evento aconteceu em 1995.

Nesse novo ano, houveram 4 provas demonstrativas, sendo realizadas no Paraná (Cascavel e Londrina), além de Viamão (RS) e Goiânia (GO). Na última cidade, o público passou de 120 mil pessoas, o que era um grande recorde para aquela época.

Os anos seguintes da Corrida de Caminhões

Se 1994 e 1995 foram anos que serviram como teste, saiba que em 1996 aconteceu o Primeiro Campeonato, a partir de regulamentos e homologações da Confederação Brasileira de Automobilismo. A primeira prova foi em Guaporé (RS) e contou com 13 caminhões na largada.

Mais tarde, em 2008, Aurélio Félix, que já mencionamos acima, morreu. O motivo foi uma hemorragia estomacal. Isso aconteceu durante a primeira etapa dessa edição, em Guaporé. Assim, todo restante da competição aconteceu em homenagem a ele.

Até 2017, várias equipes abandonaram a categoria de caminhões por não concordaram com a gestão de Neusa Navarro Félix. Logo, as equipes que saíram criaram um novo campeonato, a Copa Truck, que passou a substituir a Fórmula Truck.

O que é a Copa Truck hoje

A Copa Truck é uma modalidade esportiva do automobilismo nacional. Ela existe desde 1987, como vimos acima. No entanto, ganhou novo molde em 2021. A ideia é reunir os melhores pilotos de caminhão do país no mesmo lugar e numa mesma competição.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

As corridas possuem pontuações para os 15 primeiros colocados, sendo que vai de 1 até 22 pontos para esse ranking. E vale considerar que no final de todas as etapas, os pilotos podem descartar as duas piores pontuações da etapa final. 

Uma regra diferente das outras competições do automobilismo é a substituição do piloto. Sim, isso pode acontecer. Logo, se o piloto ficar impossibilitado de competir ou continuar no evento, ele poderá ser substituído. No entanto, ele largará na última posição. 

A divisão das categorias

As categorias da Copa Truck acontecem em duas opções. A primeira é a divisão principal. Depois, vem a Super Truck. O que muda? A Super Truck traz os novatos ou recém-estreados na competição. Logo, as corridas acontecem em uma mesma largada, mas com pódios diferentes.

E para participar do Super Truck é preciso ter comprovado ao menos 3 provas em outros campeonatos de caminhões. Tudo isso é verificado pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), que atua em 4 estados e mais o Distrito Federal. 

Então, acaba sendo uma espécie de dose dupla para quem vê as largadas e quer ficar sabendo das pontuações. Ah, para quem conhece pouco da Copa Truck, saiba que apenas pilotos com a cédula esportiva PGC B podem participar desse tipo de evento competitivo. 

Os investimentos em sustentabilidade

Uma curiosidade sobre a Copa Truck que vale a pena mencionar aqui é sobre os novos investimentos em sustentabilidade que estão acontecendo. Isso porque há alguns anos tivemos a instalação de sensores nos escapamentos dos caminhões.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

Logo, a ideia é reduzir a emissão de fumaça no ar. Assim sendo, em cada nova prova, esses sensores monitoram, em tempo real, as emissões. Em caso de discordância, as empresas competidoras poderão ser multadas ou punidas. 

Além dos escapamentos, os motores dos caminhões também tiveram investimentos em tecnologia. Como resultado, passaram a ter uma redução de 100 cavalos, mas durando mais na pista. Além disso, existem radares de velocidade em alguns pontos da pista. 

As transmissões pela TV

Apesar de não ser o ponto mais importante sobre a Copa Truck, considere que esse tópico também vai ajudar a entender esse campeonato. Isso porque a primeira transmissão foi feita pela Rede Globo, lá em 1988, durante o Esporte Espetacular.

No entanto, nos anos seguintes, quem comprou os direitos foi a TV Bandeirantes, sempre com transmissão aos domingos e ao vivo. As temporadas de 2004 e 2005 ficaram com a Rede TV. Já o SBT trouxe reportagens para o programa Siga Bem Caminhoneiro.

E durante todo o tempo, a categoria recebeu bons patrocinadores, como Petrobras, Firestone, Bridgestone, Vipal, Petrópolis, etc. Para a edição de 2022, a TV Bandeirantes vai transmitir, sendo que ao lado dela várias transmissões online da corrida de caminhões vai acontecer. 

Os maiores campeões da Copa Truck

Se a gente levar em conta a história do evento, que já foi contada acima, podemos notar que o Primeiro Campeonato da Copa Truck foi em 1996. Nesse ano, quem venceu foi o paulista Renato Martins, com um Scania. Ele voltaria a vencer em 2006.

Entenda como funciona a competição da Copa Truck
Foto: (reprodução/internet)

Outros paulistas que já venceram a corrida de caminhões são: Roberval de Andrade (2002 e 2010), Felipe Giaffone (2007, 2009, 2011 e 2016). Do Rio Grande do Sul, apenas o Jorge Fleck venceu, mas foram duas vezes (1999 e 2000). 

Aí vieram os paranaenses, muito fortes na competição: Oswaldo Drugovich Jr. (1997 e 1998), Wellington Cirino (2001, 2003, 2005 e 2008), além do Leandro Totti (2012, 2014 e 2015). De Pernambuco, Beto Monteiro também é bicampeão (2004 e 2013). 

As empresas mais campeãs da Copa Truck

Por um lado, a lista de campeões da Copa Truck não é tão grande assim. Sendo que há apenas dois tetracampeões, além de um tricampeão. Quanto às montadoras e empresas por trás dos pilotos, a Scania dominou no começo, sendo que venceu 5 vezes.

Mas, depois, o campeonato se tornou bem mais competitivo. Assim, a Volvo tem 2 títulos. Além disso, a Mercedes-Benz vem com 5 campeonatos vencidos. A Iveco tem um. O mesmo número da Ford. Já a Volkswagen é a grande campeão, com 7 títulos no currículo. 

Aliás, é curioso notar que os caminhões da Copa Truck acompanharam a evolução do evento. Logo, possui cabines bem seguras nos dias atuais. A potência também mudou, dobrando de 500 para 1.000 cavalos. Logo, a velocidade pode chegar a 240 km/h.

A nova temporada da Copa Truck

Levando em conta a edição de 2022, considere que vão existir 9 etapas programadas para acontecerem entre o terceiro mês do ano (março) e o penúltimo mês do ano (novembro). Elas vão acontecer em vários estados do país, como em Santa Cruz do Sul (RS). 

Assim, vão acontecer duas provas para cada circuito da Copa Truck. Também vamos ter largadas em Interlagos (SP), Goiânia (GO), Londrina (PR), Tarumã (SP) e Brasília (DF). Lembrando que alternadas ou não, serão duas etapas em cada circuito.