Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história

A vida de um esportista costuma ser muito intensa. Entre jogos, treinos e concentrações, eles mal possuem tempo para escrever. No entanto, alguns gostam de se dedicar a isso e lançaram as próprias biografias. Ou eles podem esperar a aposentadoria para fazer isso, também. 

ANÚNCIO

Abaixo, a gente tem uma lista das melhores autobiografias de jogadores famosos da história para conhecer. A grande maioria já não atua mais, porém, se mantém na memória de muita gente. Inclusive, serve de inspiração para quem está entrando no esporte ou quer relembrar o passado. 

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Rickson Gracie

Esse nome, em um primeiro momento, pode até não ser conhecido para você. No entanto, com essa volta do MMA para as telas da TV com certeza, em breve, vamos todos ouvir falar do Gracie. Especialmente, se quem está lendo é um brasileiro. Vamos contar!

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Rickson Gracie foi um dos maiores campeões que o Jiu-Jitsu já viu. E nessa obra ele conta como foi crescer em uma família que levou o esporte adiante. Ele relembra momentos marcantes da carreira, com relatos da infância no Rio de Janeiro e até a aposentadoria.

O livro também traz fotos inéditas, revelações profundas e muito mais. O título já é interessante por si só, sendo: Respire, uma vida em movimento. Ele é da Editora Harper Collins Brasil, sendo que foi lançado recentemente, em 2021, com 256 páginas. 

Ronda Rousey

Como começamos falando de luta, aqui vem ela, Ronda Rousey, que todo mundo conhece. Ou quem não conhece ainda é porque não anda se interessando pelo MMA. Bem, a história de Ronda merece mesmo um livro e ela fez questão de produzir isso.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

O livro vem o chamariz de: “biografia oficial da campeã invicta do UFC”. Ou seja, só isso já basta para a gente ter certeza de que as páginas vão valer a pena. Outra coisa é que ela é uma estrela de Hollywood e isso também é contado nas páginas do livro.

ANÚNCIO

Sem falar das 30 fotografias exclusivas da lutadora, atriz e comentarista Rousey. Aqui no Brasil, dá para encontrar o livro pela Editora Abajour Books, sendo que são 328 páginas que posicionam a obra entre as 80 mais indicadas da Amazon dessa categoria. 

Giba Neles!

Giba foi um jogador de vôlei do Brasil considerado por 6 vezes como o melhor do mundo. Ele soma 3 medalhas olímpicas, sendo o capitão da seleção brasileira. Nessa autobiografia de 2015, escrita junto com Luiz Paulo Montes, o autor revela algumas faces do seu trabalho.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Depois que se aposentou do esporte, Giba começou a trabalhar como comentarista de jogos para a TV e ao mesmo tempo lançou a sua autobiografia escrita junto com um jornalista. Na obra, ele expos da descoberta da leucemia até a relação com a família.

O livro é oferecido pela Editora Globo Livros em português e possui 216 páginas. No Brasil, está entre os 50 mais vendidos da Amazon na categoria de Biografias de Esportes e Lazer. Por lá, tem uma ótima avaliação dos leitores, com nota máxima na maioria dos casos. 

Kelly Slater

Slater é considerado até hoje o maior surfista de todos os tempos. Isso porque soma 9 títulos mundiais e um grande recordes de vitórias. Além disso, ele tem uma incrível habilidade de mudar parâmetros e melhorar a performance no esporte. Como? Ele conta no livro.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Diz ser um competidor consumado, que liderou a nova escola de surfistas do mundo. Hoje, ele é uma inspiração para os jovens talentos do mar. No livro, ele conta sobre os jogos de golfes, o contato com lendas do rock e garante que faz umas letras poéticas por aí.

O livro é chamado “Pelo Amor”, distribuído pela Editora Gaia, com o primeiro lançamento em 2010. Na tradução para o português, ele tem 192 páginas e está no top 40 dos mais vendidos da categoria de Biografias de Esportes e Lazer. 

Agassi

André Agassi, do tênis, também tem uma autobiografia. Considerado como o maior tenista da história, sem dúvidas, foi um dos jogadores mais geniais do seu tempo. Mas, garante que sempre odiou disputas e o jogo. É, amigos, o livro dele traz curiosidades como essa.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Uma figura icônica no mundo do tênis, Agassi é mais conhecido ainda pela personalidade forte que possui. Na época, brincos e cabelos compridos demonstravam isso. Na autobiografia dá para saber detalhes. Ele conta até sobre o casamento com Brooke Shields e muito mais.

Para quem busca inspiração, o livro é um sucesso porque conta tudo: da superação ao amor! Entre as resenhas dos maiores jornais do mundo, dá para ler: “escrito de maneira excepcional. Tão bom que é impossível parar de ler”, disse o The New York Times. O livro tem aval da Editora Intrínseca e possui 448 páginas.

Imparável: Maria Sharapova

De algum modo, a gente teria que ter um livro feminino aqui. Porque as mulheres são muito boas no que fazem. E quando se fala em jogar tênis e escrever livros, parece que Maria Sharapova tem o seu lugar ao céu. Quem não a conhece está perdendo muito.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Sharapova foi 5 vezes melhor do mundo ao vencer o Grand Slam. Mas, quase ninguém sabe o que ela enfrentou até chegar lá. Nessa autobiografia, ela conta as suas raízes de vida e da carreira no tênis, inclusive, as decepções, polêmicas e até mesmo sobre os tropeços.

Nascida em 1987 em Nyagan, na Rússia, ela tem o livro lançado pela Agir, em setembro de 2018, aqui no Brasil. Os capítulos estão distribuídos entre 248 páginas e as avaliações são bem positivas por parte de quem já leu a obra. “Não consegui parar de ler até o final mesmo não sendo fã de tênis”.

Guga, Um Brasileiro

E como não poderia deixar de ser, se tem história de tenista famoso que escreveu o próprio livro, então, temos o simpático Guga. Gustavo Kuerten foi um fenômeno nas quadras e até hoje é um sinônimo de orgulho para o Brasil todo.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

A jornada dele é contada de uma forma única, em suas próprias palavras nessa obra prima da literatura. O tricampeonato de Roland Garros não aconteceu por acaso. Guga cativou o coração dos brasileiros de um jeito único. E isso dá para entender na leitura.

A Sextante foi a editora que fez o lançamento do livro em 2014. Ele possui 384 páginas e é um fenômeno de vendas da literatura esportiva. A leve leitura das lições de vida do Guga deveria ser obrigatória para todo mundo que gosta de aprender mais sobre superação e sucesso.

Rafa: A Minha História

É claro que o Nadal não ficaria de fora, né minha gente. Outro tenista ultra campeão do mundo também escreveu a própria história, literalmente falando. O seu livro tem o nome de “Rafa: A Minha História” e foi feito junto com John Carlin.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Nas páginas, o Rafa conta sobre suas 13 vitórias em Roland Garros e os dias de treinos intensos ainda na infância. No Brasil, dá para encontrar o livro sendo distribuído pela Editora Kathartika e o lançamento é muito breve, sendo do ano passado, 2021.

Atualmente, o livro está no top 10 daqueles listados como da categoria de Esportes com Raquete. Existe ainda a opção de comprar apenas a edição digital, no que tange um preço abaixo dos R$ 20 e se torna ótima opção de aquisição. 

Hélio Rubens

Ele já foi jogador de basquete, depois treinador de basquete. É um ícone do esporte e tem histórias inspiradoras. O filho também é técnico de basquete hoje, sendo que respirou o esporte até pouco tempo atrás, sendo capitão do seu clube.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Líder nas quadras e um escritor fora delas, Hélio Rubens conta nessa obra a sua trajetória de vida e de carreira. Ao lado, ele tem o jornalista Igor Ramos como pessoa próxima para dar sentido às palavras e assim consegue relatar a sua carreira vitoriosa.

Tudo começou em Franca, no interior de São Paulo e terminou de um jeito único, com títulos. O livro é disponibilizado pela editora Leya e foi lançado em 2020. Ao todo, são 272 páginas, sendo que hoje se classifica entre os livros mais vendidos da categoria de esportes. 

Paulo André

E para fechar a lista, agora um brasileiro de novo e focado no futebol. Paulo André escreveu o livro enquanto estava no Corinthians, mas conta uma boa parte da sua história desde a infância. Ele é visto como um dos jogadores mais inteligentes do futebol moderno.

Descubra as autobiografias dos jogadores mais famosos da história
Foto: (reprodução/internet)

Diferente das outras obras, no entanto, ele não fica preso apenas ao esporte e menciona também questões políticas. Inclusive, mencionando a realidade dos jogadores atuais e dos futuros jogadores, que até aqui são apenas sonhadores. O livro tem 220 páginas e é da editora Leya Brasil, lançado em 2012. 

Bônus: Um olhar sobre o futebol

A gente vai fechar com um texto que é uma autobiografia e não é! Como assim? O livro chama-se “Tempos vividos, sonhados e perdidos: um olhar sobre o futebol”. Ele foi escrito por ninguém menos do que Tostão, que virou médico. Achou curioso, não é?

Considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos, Tostão é um dos poucos atletas que decidiu estudar o futebol. Atualmente, além de médico e professor, também atua como comentarista e cronista desse esporte. O livro é uma representatividade disso!