Esses foram os 6 melhores nocautes de Mike Tyson

Mike Tyson é considerado o maior lutador de todos os tempos. Norte-americano, hoje com 54 anos, ele tem no currículo 58 lutas, sendo 50 vitórias e 44 por nocautes. Ou seja, a maioria foi por nocaute. Campeão aos 20 anos, foi o mais jovem a conseguir o feito.

ANÚNCIO

A ordem dessa lista é cronológica, sendo assim, a última luta que vamos mostrar abaixo é a mais recente. E, por isso, possivelmente, você vai se recordar. No entanto, vai ser como ver pela primeira vez. Afinal, cada luta de Tyson é única. E se você não viu ainda, essa é a chance.

Esses foram os 6 melhores nocautes de Mike Tyson
Foto: (reprodução/internet)

Mike Tyson vs Evander Holyfield

Essa ainda não faz parte de uma lista de nocautes dados por Tyson. No entanto, a gente quer começar o texto com essa luta que é uma das mais incríveis do mundo. Tanto é que ficou chamada como “Finally”. Ela aconteceu em 9 de novembro de 1996 em Nevada, EUA. 

Ela valeu pelo campeonato mundial de boxe (WBA) e foi a primeira defesa de Tyson do título do WBA, que ele levou de Bruce Seldon em setembro do mesmo ano. A luta terminou com a vitória de Holyfield, que levou o título de pesos pesados. No ano seguinte, nova luta. 

ANÚNCIO

Em 1997, a segunda luta foi marcada e foi quando Tyson foi desclassificado por morder a orelha do seu oponente, o que não é permitido. Aqui no Brasil, a principal matéria foi feita por César Augusto da Globo e divulgada na final da Copa América. Veja o vídeo acima. 

Tyson e Holyfield em 2021?

Agora sim vem a grande novidade. Aos 58 anos de idade, Holyfield diz que está pronto para voltar aos ringues para mais uma luta contra Mike Tyson. Ambos são pugilistas aposentados que toparam o desafio de uma luta de exibição que deve acontecer em novembro. 

Esses foram os 6 melhores nocautes de Mike Tyson
Foto: (reprodução/internet)

Tyson está com 54 anos. Em entrevista dada à imprensa, Holyfield contou que “está treinando para isso e sei que um dia esse negócio vai acontecer”. Um 3º confronto entre eles está sendo ensaiado há bastante tempo, sendo que nunca aconteceu de fato. 

ANÚNCIO

Em termos de valores, Holyfield disse que “a luta vai render US$ 200 milhões, ou seja, será a maior luta que já existiu”. Assim, a ideia dele é que o valor seja doado para entidades de caridade e ações desse tipo. Mas agora vamos falar dos nocautes de Tyson, bora lá!

6 – Mike Tyson vs Marvis Frazier (julho de 1986)

A luta profissional aconteceu em julho de 1986. E ela é considerada até hoje como uma das mais importantes da história do boxe. O motivo: o nocaute mais rápido de toda a carreira de Mike Tyson. Portanto, tivemos uma luta que durou apenas 30 segundos. 

E se a gente avaliar todo plano de fundo, a gente vai ver que ela tinha sim a sua importância antes mesmo de o sino tocar. Tyson tinha incríveis 24 vitórias e era o 2º no ranking dos pesos pesados do WBC. Do outro lado, Frazier era filho de Joe Frazier, campeão dos pesos pesados.

A luta não durou muito, é verdade. Porém, ainda assim, a gente pode fazer algumas considerações, também breves. No começo, Frazier ficou na defensiva, e Tyson usou várias vezes o jab de esquerda antes de dar dois uppercuts consecutivos. O resto você sabe.

5 – Trevor Berbick vs Mike Tyson (novembro de 1986)

Mais uma luta de 1986, só que agora no fim do ano. Ela aconteceu em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos. Se Marvis era norte-americano, saiba que agora Tyson enfrentaria um canadense de respeito, que tinha na carreira 31 vitórias. 

Trevor era campeão do WBC no peso-pesado e Tyson era reconhecido como o número 1 do peso-pesado. Ou seja, uma luta que teria tudo para ser incrível, não acha? E realmente foi. Inclusive, ela foi anunciada como o “Dia do Julgamento”.

Uma curiosidade é que Tyson era 12 anos mais jovem do que o adversário. Talvez por isso, conseguiu dominar toda a luta. O nocaute técnico aconteceu no segundo assalto. Depois, Berbick continuou lutando até 2000, mas sem tanto sucesso.

4 – Mike Tyson vs Carl Williams (julho de 1989)

Agora temos mais uma daquelas lutas que teve cartaz e foi esperada pelo mundo inteiro. Ela aconteceu em 1989 em Nova Jersey. Carl, assim como Tyson, era americano. O primeiro era chamado de “ferro” e o outro de “a verdade”. E foi o Ferro quem ganhou, por nocaute. 

O que você precisa saber é que Tyson havia vencido Frank Bruno 5 meses antes. Só que bem antes disso, há 4 anos atrás, o Carl já havia desafiado outro campeão dos pesos pesados, o Larry Holmes. Antes de lutar com Tyson, Carl havia vencido 5 lutas, inclusive, o Trevor Berbick. 

Porém a luta com Tyson foi bem mais rápida do que ele esperava. E com um resultado bem diferente também. Em 93 segundos, Tyson fez uma das suas lutas mais rápidas. E foi assim: Williams tentou um jab de esquerda e levou um gancho de esquerda. Nocaute técnico. 

3 – Mike Tyson vs Henry Tillman (julho de 1990)

Mais um norte-americano na lista de Tyson que foi nocauteado. E o legal é que essa luta recebeu o apelido de “The Road Back” antes mesmo de acontecer. E aqui há uma história rara: Tyson havia perdido o seu título dos pesos pesados para James Douglas na última luta. 

Inclusive, essa foi uma novidade para todo esporte e mundo. De todo modo, o que importa é que Tyson não conseguiu uma revanche e precisou dar um passo a atrás, encontrando Tillman como opção, que era medalhista olímpico (ouro) de 1984.

Curiosamente, Tillman já havia derrotado o Tyson duas vezes no amador. A luta foi a 2ª do evento doubleheader. Logo no começo, Tyson investiu contra o adversário. Henry apenas circulou pelo ringue para evitar os socos. O nocaute aconteceu antes dos 3 minutos do 1º round. 

2 – Mike Tyson vs Francois Botha (janeiro de 1999)

Botha, ou Búfalo Branco, sem dúvidas era um lutador à altura de Tyson. Nessa época, Tyson era o 10º no peso pesado enquanto que o adversário ocupava a 2ª posição do ranking. E aqui a gente não pode esquecer da mordida do Tyson. Calma que a gente explica. 

Em 1997, ou seja, 2 anos antes da luta, Tyson havia lutado contra o Evander Holyfield e foi desqualificado no 3º round ao morder a orelha do adversário. Com a multa de US4 3 milhões e a licença do boxe, Tyson ficou fora dos ringues por mais de 15 meses. 

Depois de especulações, o adversário foi escolhido. A luta teve um enredo interessante demais. Então, no 5º round, faltando 12 segundos para o fim, Tyson acertou uma direita curta que derrubou Botha, um sul-africano de respeito, mas que não resistiu aos golpes de Tyson. 

1 – Mike Tyson vs Clifford Etienne (fevereiro de 2003)

Já em uma nova década, a gente teve uma luta que aconteceu no Tennessee e ficou para a história. O 4º dos pesos pesados enfrentaria o 7º. Isso porque em uma luta anterior, Tyson havia perdido para Lennox Lewis.

Apesar disso, Tyson teve uma das lutas mais rápidas da vida também. Isso porque começou, desde cedo, a lançar golpes poderosos em Etienne. Em uma queda entre ambos, o árbitro pediu intervalo e quando houve a retomada, Tyson voltou no mesmo ritmo.

Tysou emendou uma série de jabs de esquerda e com a mão direita. Chegou a falhar um gancho de esquerda, mas a mão direita funcionou bem e mandou Etienne para o chão. Essa foi mais uma vitória por nocaute, em 49 segundos e foi a última da carreira do lutador. 

As lutas de Mike Tyson contra estrangeiros

Uma das primeiras curiosidades que queremos trazer aqui é que Tyson lutou poucas vezes contra estrangeiros. A sua estreia no profissional, em 1985, foi contra o porto riquinho Hector Mercedes, que acabou em uma vitória por TKO (Nocaute Técnico).

Esses foram os 6 melhores nocautes de Mike Tyson
Foto: (reprodução/internet)

Depois, no mesmo ano, ele ainda lutou contra o Sterling Benjamin, que é de Trindade e Tobago, vencendo também por nocaute técnico. No mesmo ano, venceu Conroy Nelson, do Canadá, por nocaute. No ano seguinte também enfrentou estrangeiros.

O primeiro foi José Ribalta, de Cuba e depois o Trevor Berbick, que mencionamos acima. Ambas foram vitórias por TKO. Mais tarde, no fim da carreira, ele perderia as últimas lutas para estrangeiros, sendo Kevin McBride da Irlanda e Danny Williams do Reino Unido.

Tyson é o maior pugilista de todos os tempos?

Essa é uma boa reflexão para fechar o artigo. Mas saiba que encontrar a melhor resposta ou o melhor lutador não é tarefa fácil. Para muita gente, Tyson é sim o melhor de todos os tempos. Isso porque ele tem 21 finais, por exemplo. 

Por outro lado, o único ex-boxeador que ganha dele é Muhammad Ali, com 61 finais. E enquanto Tyson tem 58 lutas, 50 vitórias e 44 nocautes, o Ali tem 61 lutas, 56 vitórias e 37 nocautes. Tem mais vitória e menos nocautes. Porém tem o ouro dos Jogos de Roma (1960).

ANÚNCIO