Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar

Você já sabia que o Brasil é o país do futebol. Talvez, o que não sabia ainda é que nós temos alguns dos jogadores mais velhos a se aposentar dos gramados. Inclusive, eles estão ao lado de grandes figuras do futebol internacional, como o africano Milla. 

ANÚNCIO

Uma próxima curiosidade é que, entre os atletas de outros países que jogaram por mais tempo, a gente vai ter uma grande maioria formada por goleiros. Inclusive, que disputaram as últimas Copa do Mundo. Aliás, considere que o jogador mais velho a se aposentar tinha 50 anos.

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

10 – Zé Roberto (Brasil) – 43 anos

O primeiro atleta que vamos trazer nessa listagem é muito conhecido dos brasileiros. O Zé Roberto marcou presença nos últimos anos por mostrar uma “saúde de ferro” enquanto participava de competições pelo Palmeiras e Grêmio.

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

E a história dele no futebol começou na Portuguesa, em 1994. Depois, foi para o Real Madrid, jogou também pelo Bayer de Munique, Hamburgo e até no Qatar. Atuou ainda pela Seleção Brasileira entre os anos de 1995 e 2007.

ANÚNCIO

A despedida aconteceu aos 43 anos pelo Palmeiras contra a Portuguesa, que foi o clube que fez nascer o Zé Roberto. Isso aconteceu em 2018 e na ocasião, devido à saúde do atleta, muita gente nem acreditou que ele pararia de jogar mesmo. Tem 95 gols na carreira. 

9 – Faryd Mondragón (Colômbia) – 43 anos

Mais um goleiro para a nossa lista de jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar da carreira. O Mondragón quebrou o recorde da Copa do Mundo como jogador mais velho em campo em 2014. Mais tarde, o recorde foi batido (veremos abaixo).

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Na carreira, Faryd tem títulos pelo Club Atlético Independiente (como Recopa e Supercopa), além daqueles pelo Galatasary (campeonato turco e copa da Turquia), além de um campeonato colombiano pelo Deportivo Cali. 

ANÚNCIO

Começou a vida profissional em 1990 pelo Cali e passou por diversos clubes, como o Cerro Porteño, o Argentinos Juniores, o Santa Fé, o Independiente, o Koln e terminou a carreira onde começou, no Deportivo Cali. 

8 – Roger Milla (Camarões) – 45 anos

O atacante camaronês tem história que data de 1970 no futebol profissional. Ele começou pelo Léopard de Douala. Só que depois, ainda na década de 70 e 80 jogou por grandes clubes internacionais, como Mônaco, Saint-Étienne, Bastia. 

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Foi destaque na Copa do Mundo de 1990 na Itália e levou a Seleção Camaronesa até as quartas-de-final. Nessa Copa, marcou 4 vezes. Aos 42 anos, em 1994, nos Estados Unidos, ele se tornou o atleta mais velho a disputar a Copa do Mundo – depois, o recorde foi quebrado.

Ele terminou a carreira aos 45 anos, em 1997, pelo Putra Samarinda, da Indonésia. Até hoje, ele é uma referência no ataque do futebol africano, sendo chamado de “excelência” pelos conterrâneos. Venceu a Copa das Nações Africanas e a Copa da França.

7 – Marcelinho Paraíba (Brasil) – 45 anos

O brasileiro Marcelinho Paraíba é conhecido pelo visual extravagante. Mas, não, é só isso. Ele jogou em mais de 20 clubes do país todo e marcou mais de 300 gols na carreira. No dia 5 de dezembro de 2020 fez o último jogo, pelo Treze, de Campina Grande (PB).

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Depois, ele foi convocado para ser o treinador desse mesmo clube. Entre os principais títulos da carreira, Marcelinho tem estaduais e uma Copa da Liga Alemã, pelo Hertha Berlim. Já entre prêmios individuais, ele tem os melhores da bundesliga, Craque do Brasileirão e Top de Bola.

Entre os maiores clubes da sua carreira, está o Wolfsburg, também da Alemanha. Além do São Paulo, onde fez muita história. Mas foi no Coritiba que ele conseguiu os maiores prêmios. Jogava no meio-campo e por isso ficou sendo chamado como MP10.

6 – Óscar Pérez Rojas (México) – 46 anos

Chamado de El Conejo, o Óscar tem muita história para contar. A se começar pelo fato de que era goleiro e jogou até 2019, pelo Pachuca, do México. Após essa temporada, ele se aposentou aos 46 anos. Assim, foi o goleiro mais velho do futebol mexicano.

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Até mesmo porque ele começou a vida profissional em 1991, atuando pelo Cruz Azul, que também é do México. Ficou no mesmo clube até 2013 e depois foi para outros, do mesmo país, como Tigres, Jaguares de Chiapas, Necaxa e San Luis. 

Óscar também atuou pela Seleção Mexicana, como na Copa do Mundo de 1998, a Copa das Confederações de 1999 (campeão), a Copa do Mundo de 2002 (titular) e a Copa América de 2004, além da Copa do Mundo de 2010 (titular).

5 – Viola (Brasil) – 47 anos

O Viola é o Paulo Sérgio Rosa, que fez muita história em clubes paulista, como no Corinthians e no Palmeiras. Mas também jogou na Turquia. O ex-atacante, que era canhoto, começou a carreira em 1986 pelo Timão e só parou em 2016 pelo Taboão da Serra, de São Paulo. 

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Pela Seleção, esteve na Copa do Mundo de 1994 e chegou a jogar os minutos finais da prorrogação na final contra a Itália. Atualmente, tem 52 anos e ninguém sabe exatamente por onde anda o ex-futebolista. 

4 – Essam El-Hadary (Egito) – 48 anos

A história do Essam também é muito boa. Inclusive, ele também é goleiro. Ele foi considerado o jogador mais velho a ser convocado para a Copa do Mundo, em 2018. Isso aconteceu quando tinha 45 anos. E depois ele jogou por mais 3 anos, especialmente, no Nogoom.

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, na Copa de 2018, ele chegou a pegar um pênalti e, por isso, também ficou com o título de goleiro mais velho a pegar uma cobrança de pênaltis em Copa do Mundo. E além de tudo isso, ele tem 2 gols na carreira, mesmo sendo goleiro. 

Isso aconteceu em 2002, quando jogava pelo Al-Ahly e o outro foi em 2017, em uma cobrança de pênalti. Essam tem muitos títulos na carreira, como a Copa da Suíça, a Supercopa CAF, a Liga dos Campeões CAF, o Campeonato Egípcio, a Copa das Nações Africanas. 

3 – Túlio Maravilha (Brasil) – 49 anos

E o nome que temos aqui é do nosso brasileiro, um tanto quanto polêmico, Túlio Maravilha. Ele foi artilheiro do campeonato brasileiro por 3 vezes e não desistiu da sua carreira até marcar o seu milésimo gol. Isso aconteceu pela Série A3 do Futebol Paulista, em 2019. 

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, após isso foi que ele anunciou a aposentadoria. Nesse meio tempo, ainda se tornou vereador em Goiás, no ano de 2008. Entre os principais títulos dele na carreira, a gente tem os campeonatos brasileiros, além de uma copa Aersol, pelo Jorge Wilstermann.

Quanto aos prêmios individuais, Túlio tem na carreira Bola de Prata, Chuteira de Ouro, Melhor Atacante do Brasil, Prêmio Sharp, Prêmio Sony, Jogador Brasileiro do Ano, etc. Atualmente, Túlio é comentarista de um programa de futebol da TV Band.

2 – Muller (Brasil) – 49 anos

Vamos com calma que aqui a gente precisa pontuar algumas coisas. O Muller é aquele jogador do São Paulo que todo brasileiro conhece. Ele também passou pelo Torino, Kashiwa Reysol, Cruzeiro, Corinthians, Perugia, Palmeiras e em 2005 jogou pelo Fernandópolis. 

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

E até aqui tudo bem. Esse último clube foi em 2005. Porém, ainda que tenha se tornado técnico de futebol alguns anos, passados 10 anos, o Muller voltou ao futebol. É isso mesmo: em 2015, ele assinou contrato com o Fernandópolis, retornando ao futebol, com 49 anos.

Só que isso não durou muito, é verdade. Em pouco menos do que 90 dias, ele assinaria um novo contrato, mas agora para ser técnico do Blumenau, para a disputa da Série B de Santa Catarina. Portanto, nem dá para considerar o caso do Muller, dá?

1 – Stanley Matthews (Reino Unido) – 50 anos

O nosso troféu de ouro vai para o Stanley. Ele jogou pela última vez quando tinha 50 anos. Sendo que o fato aconteceu há bastante tempo, em 1965. Ao todo foram 701 jogos. O atleta morreu em 2000 aos 85 anos. Stanley jogou pelo Stoke City, Blackpool, Toronto City. 

Conheça os 10 jogadores de futebol que mais demoraram para se aposentar
Foto: (reprodução/internet)

Foi chamado de mago do drible e é até hoje o único jogador com mais de 50 anos a jogar a primeira divisão da Inglaterra. O seu título de jogador mais velho foi até 2017, quando Kazuyoshi Miura, japonês, o ultrapassou. O Kazu ainda joga e não se aposentou. 

Stan também jogou pela seleção inglesa, marcando 11 gols em 54 partidas. Foi o jogador que mais jogou pela seleção, sendo 23 anos. E esteve na massacrante vitória sobre Portugal, por 10 a 0. Em 1956 foi o Bola de Ouro da France Football e o melhor da Europa. 

O caso de Kazu Miura

A gente falou um pouco dele agora pouco, acima. Para quem não sabe, Kazuyoshi Miura já defendeu clubes brasileiros, como o Santos e o Palmeiras, bem no começo da carreira, em 1986. Depois, ainda passou pelo CRB, Coritiba, XV de Jaú. E vários outros clubes estrangeiros.

Atualmente, tem 53 anos e ainda está em atividade, o que prova que é e será o jogador mais velho a se aposentar no futebol mundial. O título ele deteve em 2017, passando o Stanley Matthews. E uma semana depois marcou um gol, conseguindo outro recorde.

ANÚNCIO