Jiu jitsu – Saiba como funciona essa modalidade

O jiu-jitsu é um esporte que entra na linha das artes marciais. Portanto, é uma luta. Mas engana-se quem pensa que a ideia é sair por aí dando socos em todo mundo. Para se ter uma ideia, a tradução da expressão diz algo como a técnica da brandura ou a arte da suavidade.

ANÚNCIO

De todo modo, o que importa mesmo é que a maioria das pessoas conhecem o jiu-jitsu por ser uma das especialidades de grandes nomes do UFC. Ainda assim, a gente tem uma ideia de trazer para vocês, nesse conteúdo, um conteúdo que vai além do UFC. Topa?

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)
  • A história do jiu-jitsu
  • Os principais golpes do jiu-jitsu
  • As regras do jiu-jitsu
  • O maior campeão de jiu-jitsu
  • Os benefícios do jiu-jitsu hoje
  • As principais curiosidades para iniciantes
  • O jiu-jitsu é esporte olímpico?
  • As faixas do jiu-jitsu
  • As armas do jiu-jitsu
  • O autoconhecimento no jiu-jitsu
  • Os melhores do jiu-jitsu no UFC

A história do jiu-jitsu

A criação se deu no Japão como forma de criar técnicas de combate que envolviam o uso de armas pequenas. Ou seja, a ideia era justamente a de buscar o desarmamento. No entanto, como sabemos, hoje temos uma grande variação disso, já que é um estilo de combate. 

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

A palavra original, ao que tudo indica, é ju-jutsu e isso tem o primeiro registro lá no século 14, no período chamado de Sengoku. Para quem não sabe, nesse período os asiáticos viviam em guerra civil. Os enfrentamentos das forças militares podem ter feito uso dessas técnicas. 

ANÚNCIO

Só que um pouco antes, no século 3 há registros históricos sobre uma arte de combate corpo a corpo, que era praticada na China e também se encaixa muito bem com um possível começo de jiu-jitsu. O que importa mesmo é que essa luta surgiu e hoje tem a sua importância. 

Os principais golpes do jiu-jitsu

Ainda fazendo um paralelo com a história que vem do Japão e, possivelmente, do judô, saiba que o jiu-jitsu tem golpes conhecidos hoje em dia. Inclusive, que até os não praticantes conhecem. Vamos falar de 3 deles agora mesmo, veja.

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Quando você ouvir falar em “queda”, saiba que é uma técnica usada para levar o oponente ao chão. Nesse lugar, alguns praticantes possuem mais facilidade para golpear. Inclusive, um dos principais golpes é o mata-leão, que é uma técnica de estrangulamento.

ANÚNCIO

Para quem não sabe o que é, pense na cena: um braço vai por baixo do queixo do adversário enquanto ele segura no bíceps do outro braço. Já o joelho na barriga é uma técnica para dominar o adversário que está deitado no chão. É preciso estar por cima para fazer isso. 

As regras do jiu-jitsu

Para começar a praticar o esporte, o ideal é que você conheça as regras e o funcionamento. Primeiro, considere que as lutas oficiais são fiscalizadas por árbitros. Além disso, a duração vai depender das faixas, mas podem ser de 5 rounds de 3 minutos, por exemplo.

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Durante a luta, os competidores podem ganhar ou perder pontos conforme os movimentos. Assim, no caso de punições, dá para perder pontos e em golpes dados dá para ganhar pontos. Alguns golpes podem finalizar a luta. Se isso não acontecer, ganha quem tiver mais pontos.

Um ponto interessante de se observar é que hoje em dia pouco se fala sobre competições apenas de jiu-jitsu, isso porque o esporte acabou sendo uma opção para a prática de outros, como o MMA, que envolve também o judô, o boxe, a capoeira. 

O maior campeão de jiu-jitsu

Atualmente, não existe um mundial de jiu-jitsu que seja representativo. No entanto, em 1996, antes de o UFC decolar, existia. Nesse caso, a modalidade conseguiu consagrar alguns nomes da categoria. Inclusive, permitia atletas de todos os pesos, desde com quimonos e nos tatames.

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, ainda que não se possa falar em um único nome de melhor do mundo, a gente não pode deixar de mencionar o Roger Gracie, que é um professor carioca que foi radicado em Londres. É faixa preta e fez fama como lutador mais eficiente do esporte. 

Fora ele, o maior campeão do mundial é outro brasileiro, chamado de Buchecha. Ele tem 13 títulos no esporte. Com 31 anos, ele também tem na carreira 4 ouros em Pan-Americano, como em 2011, 2012 e 2013. No ano de 2020, ele anunciou que vai lutar MMA. 

Os benefícios do jiu-jitsu hoje

Mais do que uma forma de atacar os adversários no octógono, o jiu-jitsu traz muitos benefícios para os praticantes. Por exemplo, estamos falando de um esporte completo, que envolve muita força física e técnica. Além disso, dá para se pensar na qualidade de vida também.

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Assim, o lutador, que precisa manter uma rotina de treinos e alimentação, acaba ganhando na melhora do sistema respiratório, auxilia na perda de peso, no ganho de resistência, no autocontrole e até mesmo na consciência corporal. 

Sem contar que pode propiciar também a ideia de disciplina e determinação. Afinal, como vamos ver abaixo é preciso ter experiência com a luta e treinamentos para conseguir faixas de níveis mais altos. O mais interessante é que esse esporte é muito acessível. 

As principais curiosidades para iniciantes

Se você é iniciante no jiu-jitsu ou ainda está pensando em começar com essa luta, saiba que há curiosidades bem legais que precisam ser contadas aqui. A gente vai falar, por exemplo, sobre as faixas que existem, as armas de ataque e a parte mental da luta. 

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Afinal de contas, não estamos falando de um tipo de esporte que só envolve socos e chutes. Muito ao contrário disso, pelo fato de ter origem japonesa, saiba que tem aquele lado todo mental, psicológico e de autoconhecimento também. Vamos ver mais abaixo. 

O jiu-jitsu é esporte olímpico?

A primeiras das curiosidades é sobre o fato desse ser um esporte olímpico ou não. Considere que não por alguns motivos sobre o regimento dele. Por exemplo, o judô tem regras gerais e que são concordantes em vários países onde ele é praticado. Diferente do jiu-jitsu. 

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Para se ter uma ideia, apenas no Brasil, a gente ouve falar do jiu-jitsu brasileiro, do jiu-jitsu olímpico e do jiu-jitsu esportivo. O que quer dizer que ele ainda não é padronizado. Mais do que isso, a mesma ideia vale para outros países, que não tem a padronização. 

De todo modo, fora isso, ele segue as normas do que poderia inserir como esporte olímpico, já que é praticado em 75 países e 4 continentes. O que peca é o fato de não ter uma entidade internacional que dite as regras para todos. 

As faixas do jiu-jitsu

Outra dúvida que muita gente tem é com relação as faixas desse esporte. Assim como no judô, saiba que a vermelha é a que indica mais poder. Só que para chegar até ela é preciso ter mais do que 10 anos de experiência, além de 67 anos de idade. 

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

O primeiro passo é conseguir a faixa branca, que é para iniciantes e não exige idade mínima ou experiência mínima. Depois dela, vem a azul, a roxa, a marrom e enfim a faixa preta. Ela indica uma faixa lisa, o que significa que é totalmente preta e vale para quem tem mais de 19 anos.

A partir dela ainda temos outras que são as listradas ou a inteira vermelha. Entre as listradas, a gente pode considerar a vermelha e preta e a vermelha e branca. Sendo que isso vai variando conforme a idade do praticante e a experiência dele com a luta. 

As armas do jiu-jitsu

Considere que você só tem duas armas para usar nessa luta: a mente e o corpo. Portanto, você tem que afiá-las o máximo que puder. Obviamente, nem sempre os treinos serão empolgantes e muitas vezes, o estresse pode tomar conta, além do nervosismo. E isso é um perigo.

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

É um perigo porque dentro do jiu-jitsu somente um corpo bem treinado e uma mente bem cuidada é capaz de fazer vencedores. Sendo assim, um primeiro passo é tomar cuidados com as lesões e isso se faz com treinos planejados e dentro do nível do atleta. 

Já a parte mental envolve desde uma boa noite de sono até mesmo a forma de se alimentar, o que pode indicar muita coisa sobre o competidor. Fora isso, lembre-se que as outras armas até podem existir, mas serão sempre secundárias.

O autoconhecimento no jiu-jitsu

Por fim, considere que ficar nervoso durante uma luta ou se estressar durante o treino vai totalmente na contramão do que ensina o jiu-jitsu, ainda mais quando a gente considera os primórdios, quando ele foi criado para fins de autodefesa. 

Jiu jitsu - Saiba como funciona essa modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, com o tempo e treinamento você estará mais apto para vencer oponentes e até, quem sabe, entrar em um octógono. Mas saiba que começar pensando nisso não é o ideal. Ao contrário, a ideia de imobilizar o oponente deve vir depois de você se conhecer como lutador.

E não se esqueça de aproveitar tudo o que for possível dentro da rotina de treinos, dos companheiros de equipe até mesmo das lições que tira dos aprendizados diários. Absorver o que pode ser importante para você vencer uma luta fará toda diferença lá na frente. 

Os melhores do jiu-jitsu no UFC

Como mencionamos em boa parte do texto, muitos lutadores de jiu-jitsu, assim como de muay thai, boxe e judô acabam indo para o UFC, que é o evento mais importante e mais conhecido do mundo dentro do MMA.

Hoje em dia, alguns desses lutadores que estão lá são: Demian Maia, Fabricio Werdum, Nate Diaz, Frank Mir, Rodrigo Minotauro e, inclusive, a famosa Ronda Rousey, que foi figura importante entre as mulheres do UFC. Além do aposentado Vitor Belfort.