Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante

Gabriel Barbosa, o Gabigol, como é mais conhecido hoje, é um dos nomes mais promissores a surgir no futebol brasileiro nos últimos anos. O atacante é um dos melhores do país em sua posição, e teve uma trajetória surpreendente durante sua carreira.

ANÚNCIO

Chamando atenção desde muito jovem, Gabigol enfrentou alguns percalços antes de conseguir se tornar ídolo do Flamengo, posto que vai ostentar até o fim de sua vida. Mas se engana quem acha que o craque rubro-negro teve seu caminho facilitado até conseguir o que tem hoje.

gabigol
Fonte: reprodução/internet

O começo de Gabigol

Gabriel Barbosa de Almeida foi criado em São Paulo e, desde muito pequeno, demonstrava um amor pelo futebol. Seus pais ao perceberem, logo começaram a investir no menino. Mesmo sendo uma família mais humilde, percebiam o amor do garoto pelo esporte e faziam questão de levá-lo a treinos.

gabigol
Fonte: (reprodução/internet)

Com isso, Gabriel tinha apenas 8 anos quando seu ídolo, Zico, o viu jogar pela primeira vez e já conseguiu enxergar talento no garoto. Na partida em que estava jogando contra seu time do coração, o Santos, ele marcou 6 gols.

ANÚNCIO

Então, a diretoria do Santos fez questão de procurar o garoto pessoalmente e convidá-lo a fazer parte do time de base.

Por ali, mesmo sendo muito novo, já começou a se destacar de forma incrível. Aliás, o apelido Gabigol não é de agora e sim dessa época, pois ele sempre foi um jogador que se destaca pela quantidade de gols nas partidas.

Sucesso nas categorias de base

Gabigol faz sucesso no mundo do futebol desde muito jovem. Quando ainda jogava nas categorias de base do Santos, o craque já chamava a atenção da mídia, por conta de seus números assustadores, e por conta de suas frequentes convocações para a seleção.

ANÚNCIO
Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (divulgação/Santos FC)

Gabriel, de acordo com Wagner Ribeiro, empresário do atleta, chegou a marcar 600 gols nas categorias de base do Peixe. Isso sem falar nos gols pela seleção, logo, o número real alcançado pelo atleta deve ser bem maior.

Falando em seleção, o atleta participou de diversas competições com a camisa do Brasil, conseguindo números expressivos com ela. No entanto, o único título conquistado foi o Torneio Internacional de COTIF, em 2014.

Começo avassalador no Santos

Por ironia do destino, Gabigol fez sua estreia no profissional em partida contra o Flamengo, clube que se tornaria sua casa no futuro. Rapidamente virou titular do Santos, e logo a torcida santista percebeu que estava lidando com um jogador de grande futuro ali.

Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (reprodução/goal.com)

Colecionou troféus de artilheiro de competições importantes do futebol brasileiro com a camisa santista, como a Copa do Brasil e o Paulistão. Além disso, começou a ser chamado para a seleção brasileira, onde brilharia no futuro.

Por conta dos números excelentes alcançados ainda muito jovem, Gabigol começou a chamar a atenção de gigantes europeus. Como é o sonho de muitos jogadores jogar na Europa, o atacante não pensou duas vezes ao aceitar o desafio.

Não conseguiu se firmar na Europa

Apesar de todo o talento, a vida de Gabigol na Europa não foi nada fácil. Foi vendido por quase 28 milhões de euros para a Internazionale de Milão, um dos maiores times do planeta. Porém, não obteve muito sucesso por lá.

Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (Giuseppe Cacace/AFP)

Não teve muitas oportunidades com a camisa da equipe italiana, e quando teve, não fez boas exibições. Foi emprestado para o Benfica, mas também não teve muito sucesso por lá, conseguindo fazer apenas um gol pelo time português.

Para recuperar o bom futebol, o jogador conseguiu ser emprestado para o Santos, em 2018, onde voltou a jogar bem. Foi artilheiro da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro no mesmo ano, como prova das boas exibições que vinha fazendo.

Chances na seleção brasileira

Durante esse período, foi chamado para defender a seleção brasileira. Em 2016, período em que teve mais convocações, fez 4 jogos com a camisa do Brasil, marcando 2 gols nessas oportunidades. Mal sabia ele o que o futuro o reservava.

Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (Ailton de Freitas/Agência O Globo)

Ainda no mesmo, Gabriel foi chamado para fazer parte do time que jogaria as Olimpíadas Rio 2016. Como sabemos, nessa edição da competição, o Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro na modalidade. Gabigol fez história com a amarelinha.

Fez boas exibições e foi importante para a conquista do torneio, principalmente no jogo contra a Dinamarca. Porém, mesmo depois desse período de glória, só voltaria a ter chances na seleção principal em 2019, como jogador do Flamengo.

Chegada ao Flamengo – se tornou ídolo

Em 2019, Gabigol foi emprestado ao Flamengo, e enfrentou certa desconfiança da torcida no início, por conta de seu passado na Europa. No entanto, não foi necessário que o jogador fizesse muitos jogos com a camisa do clube para ganhar de vez a nação.

Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (reprodução/mundorubronegro.com)

Gabriel se identificou com a torcida rubro-negra, fez exibições memoráveis com a camisa do clube, e fez parte do time que venceu o Brasileirão e Libertadores no mesmo ano, momento histórico para o Flamengo. O detalhe é que Gabigol foi o artilheiro das duas competições.

Apesar do pouco tempo de casa, Gabriel Barbosa é um dos maiores ídolos da história do Flamengo. Não conseguiu vencer o Mundial de Clubes, mas isso não diminui o que já foi conquistado. Hoje, Gabriel está abaixo apenas de Zico e de outros pouquíssimos nomes.

Transferência mais cara da história do futebol brasileiro

Porém, o empréstimo para o Flamengo acabou no fim da temporada. O time rubro-negro teve que desembolsar R$ 79 milhões para contar com o atacante no elenco de forma definitiva. Isso fez de Gabriel o jogador mais caro da história do futebol brasileiro.

Ídolo do Flamengo, Gabigol tem trajetória impressionante
Foto: (reprodução/Pedro Martins)

O posto pertencia a outro jogador que veste a camisa do Flamengo junto de Gabigol: Giorgian de Arrascaeta. O uruguaio foi ultrapassado por seu companheiro de equipe, mas temos certeza que nenhum deles se importa muito com isso, e a torcida do rubro-negro carioca só tem a comemorar.

Vídeo – 10 gols mais bonitos do Gabigol

Muitas oportunidades foram dadas e tiradas desse garoto, mas uma coisa está clara: talento é algo que não falta para Gabigol. Então, espera-se que com o vídeo acima tenha sido possível ver um pouco mais sobre a atuação do craque no Flamengo.