Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles

A expressão é nova para muita gente. No entanto, não é difícil entender do que se trata. Esportes de invasão são aqueles que consideram equipes que possuem um objetivo em comum. Por exemplo, fazer a bola passar pelas traves e marcar um gol. 

ANÚNCIO

Além disso, há regras para serem seguidas e há um espaço onde o jogo é compartilhado. Ao mesmo modo em que atacam, essas equipes também devem saber se defender dos jogadores da equipe adversária para que eles não marquem pontos ou gols. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Como saber se é um esporte de invasão

A verdade é que não há uma regra geral que dita sobre isso. No geral, a ideia de invasão vem de invadir o campo adversário. Por exemplo, no futebol a gente tem um único campo dividido em dois lados. O lado defensivo é onde você deve evitar tomar gols.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Já o lado ofensivo é o seu ataque, onde você tem que marcar os gols. O mesmo vale para a maioria dos esportes que vamos mencionar abaixo. A ideia de ataque e defesa ou invadir e proteger é justamente o que faz esse esporte ser considerado de invasão. 

ANÚNCIO

Esse tipo de esporte também é chamado de território. Ou seja, esporte de território. Desse modo, a ideia está justamente em conseguir chegar ao território adversário, só que além disso é preciso acertar o gol, a cesta, as traves ou dar um jeito de pontuar de alguma forma. 

Os esportes que não são de invasão

Eles são diferentes, por exemplo, dos esportes de combate, que incluem, especialmente, as lutas, como é o caso do judô, do MMA, do caratê. Já os esportes de precisão são aqueles como tiro ao alvo e bocha. Tem ainda os de taco, como beisebol e críquete. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Outro exemplo é o voleibol, além de não ter contato físico, ele não permite que um time invada o espaço do outro. O vôlei é um esporte de rede. Já o skate e a ginástica são esportes técnico-combinatórios e também não entram como invasivos. 

ANÚNCIO

Assim como acontece com o tênis, o tênis de mesa, entre outros. Já no caso de esportes individuais, eles também não são de invasão, como é o caso da natação, que é chamado de esporte de marca. Abaixo, você vai ver os principais esportes de invasão da modernidade. 

O futebol

O futebol é um dos melhores modelos para entender o esporte de invasão. Afinal, é muito popular no mundo todo, sendo que surgiu no século 19, na Inglaterra. Apesar das suas variações, o formato mais conhecido considera 11 jogadores de cada time.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

E o campo de futebol tradicional é um gramado. E o motivo pelo qual é considerado um esporte de invasão, você sabe: os times devem levar a bola, usando os pés, até o campo adversário e marcar gols. Ganham o time que marcar mais gols em determinado tempo.

O futsal

O futsal é um esporte muito próximo ao futebol. É, na verdade, uma variante dele. O que muda é que é praticado em quadras fechadas e tem outras características, ainda que o objetivo seja o de marcar gols. Ele foi criado no Uruguai na década de 1930.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

A bola é mais pesada do que no futebol tradicional e a duração da partida é menor. O jogo tende a ser mais rápido e com os recursos mais rápidos também. Por exemplo, passas, dribles e chutes são mais ágeis. As equipes possuem 5 jogadores e mais o goleiro.

O handebol

O próximo esporte de invasão que temos como exemplo é o handebol. Ele é bem parecido com o futebol, só que há diferenças. Primeiro, que é jogado com as mãos e não com os pés. Depois, que acontece em uma quadra de chão e não gramado. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, o espaço é muito menor e as equipes são formadas por 7 jogadores de cada lado, apenas. O esporte surgiu na Alemanha no fim da década de 1910. No surgimento, sim, era jogado em gramados. A ideia é marcar gols, também. 

O basquete

Agora a gente tem outro esporte de invasão, mas que é um tanto quanto diferente de tudo o que falamos acima. Isso porque a ideia não é marcar gols e sim pontos. Além disso, não tem que jogar a bola dentro de uma trave e sim acertar na cesta, arremessando. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Para fazer isso, usa-se uma bola maior, que pode ser batida no chão e para cada distância da quadra, ao acertar a cesta, a equipe ganha uma variável de pontos, sendo até 3, no máximo. Devido ao fato de a cesta ser alta, os jogadores de basquete costumam ser mais altos também.

O rúgbi

O esporte é inglês também, sendo criado no começo de 1820. Ele é formado por duas equipes de 7 ou 15 participantes. O objeto usado também é uma bola, só que oval. Ela pode ser conduzida com os pés ou com as mãos. A meta não é marcar gols e nem fazer cestas.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

E sim chegar até uma trave em formato de “H”, que fica no fundo da quadra. As jogadas valem pontos diferentes. O jogo envolve muita força física. Por isso, é necessário fazer o uso de acessórios de proteção, como os protetores bucais, que mais se parecem com máscaras. 

O futebol americano

Mais conhecido do que o rúgbi, o futebol americano é outra variação do futebol. Só que é bem diferente do futebol de campo e do futsal. Ele surgiu nos Estados Unidos no século 19 e teve como maior influenciador o rúgbi, que citamos no tópico acima. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, em solo americano ele é chamado de football, sendo o principal esporte de lá. O jogo acontece em campo aberto, tem uma zona de gol, uma trave em formato de “Y” e são 11 jogadores de cada lado. Também há contato corporal e roupas especiais. 

O hóquei no gelo

Há o hóquei de grama, de quadra e outros. Mas o do gelo é o mais conhecido de todos. Ele também é de invasão porque tem as características de ser formado por equipes que possuem objetivos em comum. Nesse caso, também estamos falando sobre marcar gols. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Os times possuem 6 jogadores. E uma grande diferença é que para tocar na bola ou no disco é preciso usar o stick, que é uma espécie de taco. Sendo assim, não se pode pegar o disco com as mãos e nem com os pés – apenas o goleiro pode fazer isso. 

O polo aquático

E já que comentamos sobre um esporte que não aconteceu no gramado e nem no chão e sim no gelo, agora vamos falar de outro que é na água. O polo aquático é uma espécie de handball das águas. Ele surgiu em 1876 na Inglaterra e era chamado de futebol aquático.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Cada time tem 7 jogadores. Eles podem conduzir a bolsa nadando e usando a testa. Além disso, a bolsa só pode ser segurada com uma única mão. O goleiro pode pegar com as duas. Atualmente, também é um esporte olímpico, que faz fãs em boa parte do mundo. 

O frisbee

O último esporte de invasão que é considerado assim é o frisbee. Ele é bem menos comum e, inclusive, não é visto de forma profissional. Atualmente, os campeonatos que existem são todos amadores. Ele surgiu na década de 1940 nos Estados Unidos e é um dos mais novos.

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

A ideia é usar um disco que deve ser levado à zona do gol através de passes. Cada jogador, sendo que são 7 em cada equipe, só pode ficar com o disco nas mãos por 10 segundos. Depois, é preciso passar para os colegas ou “chutar” a gol. 

Todas divisões dos tipos de esportes

Acima, a gente mencionou alguns esportes que não são de invasão. Porém não explicamos, exatamente, quais são eles. Hoje em dia, eles são divididos entre os de invasão, de rede, de campo/taco, de combate, de marca, de precisão e os técnicos-combinatórios. 

Esportes de invasão: entenda o que são e conheça 7 deles
Foto: (reprodução/internet)

Assim sendo, todo esporte deve se enquadrar em alguma dessas categorias. Vamos pensar de um jeito simples: o que são individuais tendem a não ser de precisão. Canoagem, por exemplo, é de marca porque tem um tempo a ser batido. E o golfe é de precisão porque exige isso.

Já os de rede usam redes, obviamente, como squash, vôlei, badminton. Os de combate envolvem lutas. Os de campo e taco também são fáceis de serem reconhecidos. E todos os outros, que são individuais, mas não por tempo, são técnicos, como slackline, surfe, saltos.

As fases dos esportes de invasão

Um ponto legal de ser observado, que é tático, tem a ver com as duas fases que existem no esporte de invasão. Geralmente, quando uma equipe está com a posse da bola, ela vai atacar. Nesse caso, o time adversário acaba ficando todo na sua defesa, do seu lado do campo.

Já o que vai atacar tende a levar mais jogadores para o lado adversário. Aí vem a ideia de invadir o território. Mas claro que essa técnica pode variar dependendo do esquema tático e estratégico de cada equipe. No geral, porém, é assim que acontece.