Felipão dá a volta por cima e retorna vencedor

Após a copa do mundo de 2014, Felipão retorna e dá a volta por cima. Ele foi massacrado por torcedores e pela imprensa brasileira depois da derrota para a Seleção Alemã. Por isso, o brasileiro decidiu ir trabalhar no futebol Chinês, mostrando para todos sua capacidade dentro das quatro linhas.

Em junho de 2015, o técnico brasileiro assume o comando técnico de Guangzhou Evergrande. Além disso, enfileira vários títulos no futebol Chinês e no Continente Asiático.

Destacar a figura de Felipão
Felipão e a volta por cima.

Abel Braga também foi massacrado pela torcida do Flamengo. Confira nossa reportagem especial.

As conquistas na volta de Felipão

Na equipe asiática Felipão ganhou, em primeiro lugar, o Campeonato Chinês e a Liga dos Campeões da AFC. Além disso, com o título da Liga dos Campeões, o Guangzhou, se classificou para o Mundial de Clubes da Fifa. A equipe acabou terminando a competição em 4° lugar.

Depois de vários títulos, o nome de Felipão passou a ser ventilado em grandes seleções e em grandes clubes Europeus. Por exemplo, a Seleção da Inglaterra e o Valencia da Espanha. Mas sua redenção mesmo foi o retorno ao Palmeiras.

ANÚNCIO

O Palmeiras

Em Julho de 2018 ele acerta seu retorno ao Palestra Itália e, no final de novembro, sagrou-se Campeão Brasileiro.

Seu estilo, muitas vezes controverso, é vencedor. Gosta de ter o grupo na mão, em outras palavras, não se importa de sacar do time as grandes estrelas. No time dele joga quem estiver bem. Assim, por onde passa, conquista credibilidade.

As polêmicas

Antes da Copa de 2002 a imprensa e a torcida brasileira clamavam por Romário. Felipão “abriu mão” do baixinho e assim conquistou o penta campeonato mundial pela Seleção Brasileira. Djalminha era um dos cotados para ir à copa, mas uma agressão ao treinador do La Coruña, seu time na época, fez Felipão mudar de ideia e deixar o armador fora da lista final.

Seu estilo conservador gera também várias polêmicas. Em outubro de 1998 em uma entrevista para a Rádio Jovem Pan de São Paulo, ele declarou:

Pinochet fez muita coisa boa também. Ajeitou muitas coisas lá (no Chile). O pessoal estava meio desajeitado. Ele pode ter feito uma ou outra retaliaçãozinha aqui e ali, mas fez muito mais do que não fez.” 

Posteriormente foi questionado sobre documentos que provam torturas, desaparecimento e execução de alguns opositores a Pinochet, continuou:

há determinados momentos que ou o pessoal se ajeita ou a anarquia toma conta“.

Mesmo recebendo críticas por causa do futebol considerado pragmático, pautado de forte marcação e saídas de bola rápida, Felipão continua, acima de tudo, conquistando títulos e deixando a torcida do Palmeiras satisfeita.

ANÚNCIO