Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade

O crossfit é uma modalidade esportiva de alta intensidade que é praticada em academias ou boxes (lugares apropriados para os treinamentos funcionais). É um tipo de exercício que ganhou fama nos últimos anos justamente por ser funcional e servir para vários objetivos.

ANÚNCIO

Quem quer emagrecer pode fazer o crossfit. Assim como quem busca a definição dos músculos. O mesmo vale para quem quer aumentar a capacidade respiratória, a flexibilidade, o equilíbrio do corpo. Agora, imagine só se essa atividade fosse unida ao futebol. Sim, o crossfut.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

O que é o crossfut

A gente não vai precisar perder muito tempo e nem muitas linhas para explicar isso. Basicamente, temos a união dos exercícios do crossfit com o futebol, que é considerado o esporte mais popular do mundo. Só que antes de aderir a ideia, é legal conhecer sobre ela.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Em um primeiro momento, a ideia foi a de encontrar um programa de treinamento físico que tivesse a finalidade de queimar calorias. Ou seja, algo que se aproxima do “emagrecer”. Logo, em 40 minutos de treino dá para perder até 1.200 calorias, dependendo da intensidade.

ANÚNCIO

A partir disso, os exercícios foram pensados e se aproximaram muito do crossfit, que é um treinamento funcional de força, de equilíbrio e de resistência. Logo, houve uma adaptação deles para os fundamentos básicos do futebol. Assim surge a nova modalidade.

O passo a passo para praticar crossfut

Entender o funcionamento da atividade também nos interessa. Por isso, fizemos um estudo para conseguir trazer aqui uma espécie de passo a passo. Afinal, como todo esporte, esse também exige uma espécie de pré-treinamento e pós-treinamento. Veja só. 

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

O primeiro passo seria um aquecimento cardiovascular, que vem seguido de uma corrida em zigue-zague, subidas de escadas, séries de abdominais, pular corda e elevar joelhos. Assim, dá para fechar um dia de treino e uma aula que vai de 40 a 60 minutos.

ANÚNCIO

Dá para notar que é um treino dinâmico, rápido, com baixo impacto para as articulações e que pode ser praticado por toda a família. É bom para o ganho de massa muscular, para o emagrecimento, para dar mais energia no dia a dia.

Entendendo cada um dos passos

A primeira parte do treino acontece para que exista a mobilidade articular e ativação dos músculos do corpo. É natural que isso aconteça antes da prática de qualquer atividade física. Por isso, tende a ser um aquecimento mais lúdico.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Depois, vem a etapa chamada de skills, que são exercícios completos adaptados para o futebol. Aqui é onde entra a ideia de unir os esportes. Mas, observe: nem sempre o atleta vai lidar com bolas, chutes ou cabeceios, por exemplo. 

E por fim, temos a etapa chamada justamente de WOD (workout of the day), que é justamente o ponto mais conhecido do crossfit. Nesse caso, são exercícios de alta intensidade, que podem ser dentro de um tempo, de uma série, de um volume.

A variação dos exercícios em cada etapa

Se você observar bem vai ver que é muito simples entender esse tipo de treino. Ele é dividido em 3 etapas e isso não muda. Porém, os exercícios dentro de cada etapa podem variar. E é isso que deixa o esporte mais dinâmico, sem dar a impressão de sempre fazer a mesma coisa. 

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Há ainda como incluir os exercícios adaptados, que são mais fáceis ou mais difíceis, que vão seguir a ordem e o desejo de cada praticante. Se você não entendeu bem essa questão da variação dos exercícios, vamos à um exemplo prático. 

Na parte do pular corda, dá para fazer também a corrida no lugar, o trote de frente e de costas, saltos como se estivesse esquiando, saltos com agachamento, os famosos polichinelos, entre muitos outros. Ou seja, não é preciso repetir sempre os mesmos exercícios. 

Para quem é o crossfut

Esse tipo de treinamento funcional, por ter fundamentos simples, pode ser praticado por todas as pessoas, mas desde que sigam as orientações médicas e clínicas. Também é preciso respeitar as individualidades de cada praticante, como com a familiarização com esportes.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

De todo modo, hoje em dia, a maioria dos praticantes são jovens que tem 15 anos. Mas, os grupos também são formados por adultos, especialmente, mulheres que buscam uma experiência dinâmica para ter benefícios físicos. Então, é comum que vá dos 15 aos 70 anos.

Ainda que não seja regra, é muito comum que esse tipo de circuito aconteça em lugares ao ar livre, como em parques, praças, clubes. Aliás, também é normal que sejam treinos em grupos, que pode ter entre 5 e 20 pessoas, de forma que todos pratiquem de forma sincronizada.

Onde fazer as aulas de crossfut

Atualmente, as aulas de crossfut podem ser implementadas por várias unidades escolares, por academias, por boxes de crossfit, por professores particulares, por personal trainers e até mesmo por recomendação de médicos. 

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

A curiosidade está no fato de que há agências especializadas nesse tipo de exercício. A gente encontrou uma que atua em São Paulo (SP) e se chama Crossfut – Saúde, Performance e Bem-Estar. Eles oferecem planos mensais com 1, 2 ou 3 aulas na semana. 

Os valores partem de R$ 80 no mês e vão até R$ 200, dependendo da escolha de cada pessoa. Já em boxes de crossfit e academias, o valor das aulas pode estar agregado ao custo da mensalidade – o mesmo vale para os preços cobrados pelos personal trainers. 

Como participar do crossfit games

Para quem não sabe, o crossfit games é o principal evento do crossfit. Ele acontece todos os anos e tem sempre três etapas, sendo as primeiras eliminatórias e a outra é a grande final.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Para se ter ideia, mais do que 99,9% dos participantes ficam no meio do caminho. Já um atleta mediano para na segunda fase. E somente os muito bem treinados chegam na final. Para participar, o melhor caminho é acessando o site oficial do evento.

Outras variações de funcionais para o futebol

Já chegando ao fim do texto, vale mencionar aqui que o crossfut é um tipo de treinamento funcional que pode ser praticado por quem joga futebol ou não. Isso porque apesar dele ter fundamentos que são pensados nesse esporte, o objetivo é o treino físico. 

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Da mesma forma, quem joga futebol não tem que fazer o crossfut obrigatoriamente. Mas, de fato, há uma boa recomendação para quem o esportista tenha um bom preparo físico. E além do crossfut, considere que há diversas outras opções de treinos funcionais. 

A ideia desse treinamento é trabalhar com as capacidades motoras, com a força, a velocidade, a agilidade, a coordenação, o equilíbrio e a flexibilidade de cada pessoa. Assim, a gente ainda pode falar de treinos como o HIIT, o próprio WOD do crossfit e por aí vai. 

O que ainda não te contaram sobre o crossfit

Para constar, saiba que há alguns detalhes do crossfit que pouca gente sabe. Por exemplo, ele não é um esporte. A gente fala em modalidade esportiva porque une vários esportes dentro, como ginástica, atletismo, levantamento de peso, etc. Só que na verdade é uma marca.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

A marca é de Greg Glassman, que fez isso em meados dos anos 2000. Outro fato é que muita gente ouve dizer que o crossfit machuca muito. Ou seja, causa muitas lesões nos atletas. Só que em termos comparativos, ele machuca menos do que futebol e lutas, por exemplo. 

E, por último, saiba que muita gente “brinca”, falando que se trata de um treinamento militar. E a verdade é que há uma relação entre eles. Nos Estados Unidos, por exemplo, academias de polícia e equipes táticas usam o crossfit como forma de condicionamento físico.

O crossfut é para mim?

Seja o crossfut ou o crossfit, considere que para saber se você vai se adaptar, o melhor jeito é considerar uma aula de treino. Além disso, recomenda-se que você tenha objetivos, como emagrecer ou ganhar força muscular ou outros.

Crossfut mistura futebol com crossfit – Entenda essa nova modalidade
Foto: (reprodução/internet)

Também é preciso seguir orientações. Primeiro, dos médicos e depois dos treinadores, que geralmente são personal trainers ou pessoas formadas na área da saúde, como fisioterapeutas. Há ainda de se considerar que são treinos de alta intensidade e individuais.

Assim, acaba sendo uma ótima forma de entender o próprio corpo, conhecer os próprios limites e ir evoluindo de forma gradativa. O mais curioso é que essas modalidades e esses exercícios também são comuns em outros esportes e atividades, como no pilates.

O cuidado com a alimentação 

A gente não pode terminar esse tipo de texto sem comentar sobre a importância que se deve ter com a alimentação. Isso porque esse é um tipo de treino que exige muito do praticante e tem um gasto calórico alto. E o erro está em achar que ficar sem comer é melhor.

A pessoa pensa que ficando sem comer ou comendo pouco, ela vai emagrecer ainda mais. Porém, não é assim que funciona. O ideal é que ela sempre esteja alimentada antes de praticar o exercício e que consuma bons alimentos após o treino. Na dúvida, procure um nutricionista.