Cave diving – Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte

Cave diving é um termo em inglês que quando traduzido quer dizer “mergulho na caverna”. Então, é um esporte em que atletas fazem mergulho subaquático em cavernas incríveis e que, na maioria dos casos, são perigosas. O interessante não está apenas no mergulho, mas na exploração desses ambientes aquáticos. 

ANÚNCIO

Por se tratar de um esporte perigoso, é necessário utilizar equipamentos de segurança e tomar todos os cuidados possíveis. Prova da radicalidade desse tipo de esporte é que já foram registradas mortes de atletas que praticavam o mergulho na caverna. Então, já viu que todo cuidado é pouco né? Confira algumas curiosidades sobre o cave diving. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Como surgiu o cave diving 

Apesar de não ser um esporte tão falado, o cave diving existe há muitos anos. O primeiro grupo do esporte apareceu no Reino Unido, no ano de 1935. No início, o objetivo era apenas organizar os equipamentos e treinamentos para o estudo de cavernas, o qual era feito através do mergulho e respectiva exploração. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Claro que antes da criação de todos os aparatos já tinham pessoas que realizavam mergulho nas cavernas, por meio do uso de compressores e mangueiras. Antes da prática se expandir, os Estados Unidos, mais especificamente a Flórida, e o Reino Unido foram considerados as principais regiões do cave diving.  

ANÚNCIO

Em 1936, Jack Sheppard se tornou o primeiro homem a mergulhar utilizando uma superfície de banho suprida através de uma bomba de bicicleta. Com o passar dos anos, os equipamentos foram sendo aperfeiçoados e ficando mais modernos. O responsável por co-inventar o primeiro equipamento de mergulho foi Jacques-Yves Cousteau. 

Qual a diferença entre cavern e cave diving?

Existem vários tipos de mergulho, certo? No caso, tanto o cavern quanto o cave diving são termos relacionados ao mergulho e à caverna. Todavia, o primeiro tem a ver com a exploração em águas abertas perto dessas rochas. Ou seja, irá nadar próximo à caverna, mas pode ficar pela superfície. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Pode parecer tranquilo, mas o cavern também apresenta perigos já que o atleta pode enfrentar severo influxo de água. Por outro lado, o cave diving acontece nas profundezas, explorando com detalhes a estrutura rochosa subaquática. No cavern é possível ter iluminação, no cave o mergulhador chega a um nível de profundidade que precisará de iluminação artificial.

ANÚNCIO

Os principais riscos do cave diving

Se está acostumado com mergulhos em piscinas naturais, o mergulho em cavernas é bem mais complexo que isso. A periculosidade é comparada ao mergulho em naufrágios e no gelo, o que requer técnicas de mergulho precisas para evitar acidentes. Afinal, o atleta não conta com qualquer superfície, o que torna o gerenciamento do oxigênio ainda mais importante.

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Além disso, as cavernas são escuras, o que dificulta a prática do esporte. Por isso, é recomendado que o atleta leve uma luz de mergulho para melhorar a visibilidade do ambiente. O tempo em que os mergulhadores passam nas profundezas também é um dos principais riscos do cave diving. Já pensou se o oxigênio acabar lá embaixo?

Nas cavernas, os exploradores encontram passagens difíceis entre as rochas e pedras, podendo até mesmo ficar preso nos labirintos. Como se já não fosse perigoso o suficiente, os mergulhadores têm que ter cuidado com as pedras que podem cair e acabar afetando eles mesmos ou seus equipamentos. 

Quais são os equipamentos de segurança 

Os equipamentos de mergulho podem variar no cave diving, podem ter arranjos mais complexos que dão mais liberdade para os mergulhadores se movimentarem. Ainda assim, o cave diving pode exigir recursos como arneses de montagem lateral, plataformas, cilindros de oxigênio, máscara de mergulho e reguladores.

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Existem alguns itens que não podem faltar na lista de verificação dos mergulhadores Veja quais  são: guia, ar, luz e treinamento. Todo mergulho precisa ter um líder à frente da equipe. A comunicação entre os membros precisa estar muito bem alinhada, além de ser imprescindível ter uma linha guia entre o líder e os demais mergulhadores.

Da mesma forma, o ponto em águas abertas, fora da caverna, é importante para a segurança. Assim, é possível amarrar a linha guia na entrada da caverna como um backup de segurança. Existem recursos que ajudam os atletas a explorarem melhor a experiência, como os veículos de propulsão. Reduzem o esforço do atleta, ampliando o seu alcance embaixo da água. 

Como utilizar o oxigênio 

Os especialistas recomendam que os mergulhadores utilizem apenas um terço do ar ao descer às profundezas e um terço ao voltar, deixando o mesmo percentual para emergências. Um exemplo de imprevisto é quando um atleta ultrapassa a profundidade ideal. Nesse caso, um terço do oxigênio será mais que necessário para evitar a síndrome de descompressão. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

É válido informar que nem sempre o uso do oxigênio vai ser distribuído da forma citada acima. Pode variar de acordo com o fluxo de água da caverna. Caso a caverna apresente corrente que flui na parte interna da caverna, pode ser que o oxigênio de urgência precise ter mais volume. Afinal, o atleta precisará de mais ar para se livrar da corrente e sair da caverna. 

Falamos de descompressão, mas o que seria isso? É o efeito de sair da pressão. Quando o atleta não tem oxigênio suficiente para evitar a descompressão inadequada, pode sofrer de síndrome da descompressão ao voltar à superfície de forma abrupta. Ao gerar bolhas de nitrogênio em grandes proporções, causa a obstrução da corrente sanguínea. 

Cuidados com a profundidade 

Pensou que era fácil fazer o cave diving? Se enganou, existem diversas regras justamente por ser um esporte perigoso. Normalmente, os mergulhos acontecem em profundidades baixas e esse fator também influencia no modo como vai fazer a subida. Para não ter a descompressão inadequada, é necessário subir aos poucos.

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Logo, quanto mais profundo estiver, mais cuidado deverá ter. Os especialistas chamam atenção para que os mergulhadores que estejam iniciando não se distraiam durante o percurso, de modo que percam a noção de profundidade. Portanto, é essencial ter cautela para não ir mais baixo do que o estabelecido anteriormente. 

Caso aconteça, não é hora de se desesperar, é ter calma e paciência enquanto faz uma subida segura e mais lenta. Por isso, falamos sobre deixar uma reserva de oxigênio para momentos de emergência como esse. Provavelmente, será necessário utilizar mais ar do que o previsto. Está aí o porquê de pensar em todos os cenários antes de mergulhar. 

A importância das luzes de mergulho 

As profundezas das cavernas são extremamente escuras, logo não é nada recomendado ir até lá sem qualquer iluminação. O recomendado é que o atleta tenha três luzes para conseguir mergulhar em segurança. Não é necessário que as três luzes estejam na mesma intensidade, uma delas pode ser a principal para o percurso. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Na verdade, as outras duas servem mais como opções caso a primária fique comprometida. Ainda assim, as três luzes precisam ter energia para durar todo o mergulho. Os maiores especialistas do cave diving utilizam a Nova 850 Tec. É considerado um recurso simples para a iluminação subaquática, mas que atende bem às explorações que acontecem à noite. 

Quais são as técnicas de mergulho utilizadas

Não vai achar que para fazer cave diving é só chegar com as roupas e equipamentos corretos. É necessário conhecer as técnicas de mergulho para não se dar mal. Dominar o controle de flutuação é preciso, bem como entender os métodos de locomoção embaixo da água e entender como manter a postura durante o mergulho. Cansou só de ler, né?

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Por que é importante saber flutuar na água? O cave diving abrange lugares apertados e encontros com correntes de água fortes. Uma pessoa que não tem experiência iria lutar para continuar na posição, sendo que o certo é flutuar para não cansar e se arriscar levantando lodo. 

Ainda tem os assoreamentos que costumam causar problemas aos mergulhadores, pois atrapalham a visibilidade. Por essa razão, seguir as diretrizes é fundamental, já que pode acontecer do mergulhador não conseguir ter visibilidade e precisar retornar sem se quer ver o percurso. Veja outras técnicas referentes à postura durante o mergulho:

  • Deixar as nadadeiras acima do corpo;
  • Nadar de bruços;
  • Manter os joelhos dobrados.

Precisa ter curso para mergulhar?

Para se tratar de um tipo de mergulho altamente complexo, é necessário ter certificação para fazer o cave diving. A maioria dos cursos exigem que o participante tenha pelo menos 18 anos. Durante as aulas, o aluno aprende a usar a linha guia, os equipamentos e como realizar procedimentos de emergência. 

Cave diving - Veja curiosidades sobre esse lindo e perigoso esporte
Fonte: (Reprodução/Internet)

Após esses ensinamentos introdutórios, as aulas passam a ser praticadas dentro da caverna. Nesse momento, o aluno tem a chance de pôr em prática o que aprendeu de forma teórica. Durante a exploração, é ensinado como manusear os equipamentos de respiração e as luzes. Ainda, é ensinado como evitar colisões em sedimentos. 

Qual é a roupa de mergulho ideal

O traje de mergulho é feito por materiais que compõem o pneu, ou seja, é emborrachado. Deve ser uma roupa que suporte o frio, geralmente as águas dessas regiões são geladas pois não há o alcance da luz solar. É importante ter uma proteção a mais feita por vestimentas secas.