Tiro Esportivo – Entenda tudo sobre essa modalidade esportiva

ANÚNCIO

No início de tudo, as armas não tinham um cunho esportivo como têm hoje. Elas surgiram com um único propósito: o de ajudar a ganhar guerras. O período que elas tiveram mais ascensão foi na Guerra Fria. O nome do evento já levava o objetivo da guerra, uma disputa sem lutas corpo a corpo, mas as nações brigavam para medir o seu poder de fogo. 

Neste período, muitas armas foram criadas, originando muitas armas que temos hoje. O primeiro registro de arma de fogo sendo utilizada em guerras foi em 1345, durante um confronto entre ingleses e franceses. É claro que nessa época as armas não tinham a tecnologia que temos hoje e eram bem grandes. Foram ao longo dos anos diminuindo e ganhando mais espaço nos combates. 

ANÚNCIO

O tiro se misturou muito com práticas militares e isso pode ser considerado a origem dessa modalidade. Mas, além dos militares, clubes de caça deram sua contribuição para a criação do tiro esportivo. O esporte esteve presente nos jogos olímpicos em 1846

Tiro Esportivo - Entenda tudo sobre essa modalidade esportiva
Foto:(reprodução/internet)

Até 1964, somente os homens participavam. Depois de 1968 houve a inserção das mulheres no esporte, que hoje conta com 15 categorias. Nove delas são disputadas somente por homens e seis por mulheres. Conheça mais sobre tiro esportivo aqui neste artigo. 

Como funciona o tiro esportivo? 

Hoje existem 3 categorias, que são pistola, carabina e tiro ao prato. Mas no geral são 17 provas que exigem do competidor muita atenção e concentração. Nas duas primeiras categorias, que são pistola e carabina, os competidores têm como objetivo acertar um alvo que é dividido em vários círculos. 

ANÚNCIO

Cada parte do alvo vale uma pontuação e, consequentemente, quanto mais perto do alvo o tiro for, maior é a pontuação. Há uma diferença entre a forma do homem e da mulher competir, como a quantidade de tiros. O homem, por exemplo, faz séries de 40 tiros deitados, em pé e agachado e para as mulheres são feitas séries de 20 tiros.

Para o tiro ao prato, quem está atirando deve atirar com o prato lançado no ar, e o participante só ganha um ponto, quando o prato se quebra. No Brasil, o tiro é um esporte regulamentado pela Confederação Brasileira de Tiro.

Há algum requisito para participar? 

Se o seu desejo é participar de competições de tiro, você primeiramente deve se tornar filiado a um clube. E quando você estiver associado, aprender sobre técnicas e normas de segurança é sempre muito importante para cada competição. 

Cada clube funciona de uma forma mas, geralmente, cada clube oferece dicas e suporte com aulas práticas e teóricas. Eles organizam também competições amadoras para aumentar a experiência de cada aluno.

Você será ensinado a manusear armas, além de aprender várias técnicas, tudo para que você possa praticar de forma saudável o tiro esportivo. 

Equipamentos de segurança

Quando se fala de armas, não se pode esquecer de estar bem seguro. Por isso, são ministradas várias aulas para que o aluno aprenda a manusear a arma e a colocar o equipamento necessário. Essa é uma da primeiras coisas que se aprende no clube 

Usar óculos de proteção, tampões de ouvido anuladores de ruído e colete à prova de balas, para caso ocorra algum acidente. Ele também serve para armazenar munição durante o treino. 

ANÚNCIO