Sergio Perez vai correr ao lado de Max Verstappen em 2021

Sergio Perez assinou contrato para correr pela Red Bull ao lado de Max Verstappen em 2021. O mexicano de 30 anos conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1 no Grande Prêmio de Sakhir neste mês, substitui o britânico-tailandês Alex Albon, que ficará com a equipe como piloto reserva.

ANÚNCIO

A Red Bull decidiu que Albon não teve um desempenho forte o suficiente em seus 18 meses com a equipe para justificar a continuação na corrida. Perez foi preferido a outro candidato experiente, Nico Hulkenberg. Vale lembrar que é a primeira chance de Perez em um verdadeiro carro de corrida em uma carreira de uma década na F1.

Perez corria o risco de perder seu assento no esporte após a decisão do Racing Point de assinar o tetracampeão Sebastian Vettel em um contrato de três anos a partir de 2021 para o parceiro Lance Stroll, filho do dono do time Lawrence Stroll.

Sergio Perez vai correr ao lado de Max Verstappen em 2021
Foto: (reprodução/internet)

O assento da Red Bull ofereceu-lhe uma tábua de salvação que muitos consideram justificada pelo seu desempenho nesta temporada: ele perdeu duas corridas no verão após contrair o coronavírus, mas ainda terminou em quarto lugar no campeonato de pilotos, atrás de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas da Mercedes, além de Verstappen.

ANÚNCIO

Sua vitória no Bahrein veio após uma excelente pilotagem na qual ele foi o último na primeira volta após ser colidido por Charles Leclerc, da Ferrari, mas lutou para se recuperar antes de se beneficiar de problemas que tiraram a Mercedes de George Russell, substituindo Hamilton e Bottas. Ele também conquistou o segundo lugar no Grande Prêmio da Turquia em novembro.

Veja também: Programação da F1 2021: Fórmula 1 anuncia calendário completo para a próxima temporada

Perez fez sua estréia na F1 pela Sauber 2011

Em sua primeira aparição, o piloto levou o segundo lugar no Grande Prêmio da Malásia de 2012. Suas atuações lá renderam a ele um lugar na McLaren em 2013, mas a equipe estava começando um declínio competitivo e ele foi dispensado após um ano, em parte como resultado de uma briga política entre o presidente Ron Dennis e o diretor-gerente Martin Whitmarsh.

ANÚNCIO
Sergio Perez vai correr ao lado de Max Verstappen em 2021
Foto: (reprodução/internet)

Perez ingressou na então chamada Force India em 2014 e tem permanecido lá desde então, e foi fundamental para forçar o processo de administração que expulsou o ex-proprietário Vijay Mallya e permitiu que Stroll comprasse a equipe. Apesar de dirigir por times de meio-campo em toda sua carreira, Perez conquistou um pódio em seis de suas nove temporadas na F1.

Perez X Verstappen

A Red Bull deu a Albon todas as oportunidades para justificar sua manutenção no assento, mas a equipe não se convenceu: ele foi superado por Verstappen em todas as corridas em 2020 e foi em média 0,523 segundos por volta mais lento.

foto: (reprodução/internet)

Enquanto Verstappen obteve duas vitórias e nove outros pódios em 17 corridas, os melhores resultados de Albon foram dois terceiros lugares nos Grandes Prêmios da Toscana e Bahrain. Ele também girou ao lutar por bons resultados nas corridas da Emilia Romagna e da Turquia.

Leia também: Hamilton, Vettel, Verstappen: Quanto ganham os pilotos de Fórmula 1?

Traduzido e adaptado por equipe Ao Vivo Esporte

Fonte: BBC