12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão

Esse texto é muito sério. Atualmente, muito tem se falado da depressão no futebol. Mas, nem sempre se dá a atenção que o tema merece. Hoje, a gente foi afundo. Nós vamos falar de casos reais de brasileiros que sofreram com a doença e contaram sobre isso.

ANÚNCIO

A gente conseguiu reunir aqui uma lista de 12 jogadores que vai entre os mais conhecidos e os menos conhecidos, aqueles que tiveram que largar o futebol, os que voltaram aos gramados, os que foram campeões, os que se aposentaram cedo e muito mais. Leia com atenção!

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Os casos de depressão no futebol

O futebol começou a ver a doença da depressão com outros olhos no ano de 2017, quando o Nilmar pediu afastamento do seu atual clube, o Santos, para tratar a doença. Diagnosticado com a doença, ele se tornou um dos primeiros a serem citados, mas não foi o único.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

O que é importante notar é que a partir disso, os clubes de todo o país começaram a investir mais na área da psicologia em seus elencos, já que isso ajudar no tratamento dos jogadores e também na prevenção de doenças como essa.

ANÚNCIO

Bons exemplos são do Atlético Paranaense, do São Paulo, do Santos e do Sport. A ideia não que os jogadores sejam obrigados a conversar, mas os profissionais estão lá para ajudar na tomada de decisão e até mesmo em outras áreas da vida.

12 – Pedrinho

É bacana a gente começar falando do Pedrinho porque ele tem uma história de superação. Ele é aquele meio-campista que venceu vários títulos pelo Vasco da Gama. Porém, sempre foi visto pelo número excesso de lesões, que os tiravam dos jogos mais importantes.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Assim, de tanto machucar, ele ficou depressivo. Em toda a vida, ele ficou praticamente 3 anos no departamento médico e, por isso, era visto como um jogador que “fugia” dos embates. Porém, após sair do futebol, ele encontrou em outros esportes uma qualidade de vida melhor.

ANÚNCIO

11 – Ronaldo

Sim, estamos falando do “Fenômeno” e trouxemos ele aqui no começo do texto para você saber que até o melhor jogador do mundo pode sofrer com a doença. A história do Ronaldo tem a depressão como enredo logo após a lesão no joelho, que chocou o mundo.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Isso gerou um desgaste psicológico bem grande no atleta que só conseguiu voltar ao alto nível mais tarde. Porém, dá para notar que essa doença pode ser revertida, já que após voltar ao futebol, ele venceu títulos, marcou gols e conseguiu se aposentar “em paz”.

10 – Diego Tardelli

Não faz muito tempo que a história triste de Diego Tardelli saiu na mídia. Em 2019 ele contou que sofreu depressão enquanto estava em Porto Alegre (RS). O curioso é que ele contou isso após ser entrevistado no intervalo de um jogo, sendo que havia marcado um gol.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

“Passei por um momento muito triste, conturbado nesses últimos meses”. Mais tarde, em novas entrevistas, ele chegou a dizer que não sabe explicar se estava com depressão de fato. Porém, os sentimentos eram realmente verdadeiros, de tristeza e lágrimas. 

9 – Nilmar

Ele já jogou a Copa do Mundo, foi ídolo no Internacional (RS) e admirado no Corinthians. Fez sucesso na Europa e sempre esteve na lista de sondagens dos grandes clubes do Brasil. E parecia que o futuro do Nilmar seria promissor. Cada vez mais.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

O problema é que após ser contratado pelo Santos em 2017, ele jogou poucas vezes e decidiu abandonar a carreira de jogador de futebol justamente para tratar a doença. O motivo da depressão, ele chegou a dizer mais tarde, pode ter sido a sequência de lesões.

8 – Thiago Ribeiro

Se você avaliar o currículo do Thiago Ribeiro também não vai ter muitas dúvidas de que ele teve sucesso enquanto jogador de futebol. Afinal, foi o artilheiro da Libertadores da América, passou pela Europa e fez sucesso no futebol nacional.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Mas, não escapou da depressão. Atualmente, diferente do Nilmar, ele voltou a campo após o tratamento. Hoje, é um dos líderes do Bragantino. E chegou a dar várias entrevistas comentando sobre a doença: “tem gente que acha que é frescura, mas não é”.

7 – Alex

Sabe aquele Alex, que foi campeão de diversos campeonatos pelo Internacional (RS)? Então, mesmo com a Libertadores da América no currículo, com passagens pelo Corinthians e até mesmo pela Seleção, ele viu a sua vida mudar por conta da doença.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Isso começou a acontecer quando ele deixou o colorado, lá no fim de 2016. A partir disso, ainda que tenha passado por outros clubes, ele viu que o futebol já não lhe servia mais e que cuidar da saúde era o que importava naquele momento. Hoje, ele é comentarista de TV.

6 – Kaká

E quem diria que o jogador de seleção, que fez sucesso no Brasil e no mundo, Kaká sofreria de depressão, não é mesmo? Essa é mais uma das histórias que precisam estar aqui para você ver que ninguém está imune.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Ele contou que viveu o seu pior momento da vida quando saiu do Real Madrid, em 2013. Ele foi para o Milan, mas se lesionou no primeiro jogo. “Não tinha ânimo e acordava chorando. Só comecei a melhorar quando me abri para profissionais e para a família”. 

5 – Cicinho

Esse é um dos casos mais impressionantes porque pouca gente ficou sabendo sobre a depressão do Cicinho, aquele lateral direito que fez muito sucesso no São Paulo e, posteriormente, no Real Madrid, da Espanha.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, após a boa temporada de 2005-2006, ele foi convocado para atuar pela seleção brasileira. Porém, sem vontades de treinar, ele acabou optando pela bebida exagerada e entrou na depressão. Mais tarde, ele disse que se recuperou com a ajuda da religião.

4 – Allan

O título da matéria que saiu na internet é o seguinte: “com depressão na Europa, Allan voltou ao Brasil”. O meio-campista voltou para jogar no Fluminense, em 2019. O que pouca gente sabia é que a ida dele para a Europa foi bem diferente do que poderia imaginar.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Ele foi revelado na base do Internacional (RS), sendo um volante de marcação, que foi contratado pelo Liverpool, da Inglaterra. Com 18 anos e sem visto foi emprestado para Finlândia, Bélgica, Alemanha, Chipre. E passou dias difíceis até voltar ao Brasil.

3 – João Pedro

O atleta não é dos mais conhecidos entre todos aqui da lista. Atualmente, ele não é aposentado como a maioria dos outros. Na verdade, ele ainda joga. O que pouca gente sabe é que o JP ficou 10 meses afastado dos gramados para tratar a doença.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, ele chegou a pensar em suicídio. Agora, ele voltou a jogar, pelo FC Cascavel. O meio-campista fala em “doença silenciosa”. O afastamento aconteceu em 2020, quando ele estava emprestado ao Atlético de Goiás. “Eu tinha crise de pânico. Achava que ia enfartar”.

2 – Sidão

Já para ir terminando o texto com os jogadores brasileiros, vamos falar de outro jogador em atividade e de um caso bastante recente. Sidão, o goleiro que atuava pelo São Paulo. O fato marcante foi em 2019, quando após falha, o goleiro levou um prêmio de internautas.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Visivelmente, a ideia era “trollar” o jogador. Porém, o que ninguém sabia é que ele sofria com a depressão. Assim, o narrador da partida, Luis Roberto, marcou um encontro no dia seguinte para se retratar com o jogador. A luta de Sidão começou quando ele tinha 17 anos.

1 – Henrique Azevedo

Esse é outro daqueles jogadores que você pode não conhecer. Afinal, ele ficou conhecido muito mais no Avaí, de Santa Catarina, e por pouco tempo. O fato é que após sofrer depressão dentro do futebol, ele ficou doente e engordou 20 quilos.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

O motivo, ele diz, pode ter sido o histórico de lesões. Porém, a história dele merece ser contada já que ele deu a volta por cima, em outro esporte e hoje é campeão de fisiculturismo. O atleta começou a jogar bola com 5 anos, porém, diz que o novo esporte foi o que o salvou.

Os dados da depressão no futebol no Brasil

Conforme a FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol), esses trabalhadores sofrem mais de doenças psiquiátricas do que o público em geral. Assim, entre mais de 600 atletas entrevistas, 38% disseram que sofrem com sintomas da depressão.

12 personalidades do futebol brasileiro que afirmam ter sofrido depressão
Foto: (reprodução/internet)

Isto é, em um grupo de 25 jogadores, 9 deles sofrem com a doença ou com alguns sintomas. Entre os sintomas, aliás, a pesquisa fala sobre “angústia”, “ansiedade” e a própria depressão.

Outros casos de jogadores estrangeiros

A ideia do texto era a de falar de jogadores brasileiros e fizemos isso. Agora, para finalizar o texto, a gente vai deixar aqui mais alguns nomes, de jogadores de outros países, que também já anunciaram que sofrem dessa doença.

Entre eles, nós temos o atacante Cristaldo, conhecido por ter jogado no Palmeiras. E o que está atualmente no São Paulo, o Gonzalo Carneiro. Além do famoso Iniesta, que foi um ícone do Barcelona. E o caso mais recente, do Dennis Hoins, de 27 anos, que se aposentou por conta da depressão.