Morre Paolo Rossi, herói da Itália na Copa do Mundo de 1982

O herói italiano da Copa do Mundo de 1982, Paolo Rossi, morreu aos 64 anos, diz sua família. Rossi se tornou um nome conhecido depois de liderar os azzurri à vitória no torneio na Espanha, terminando como artilheiro e sendo eleito o melhor jogador.

ANÚNCIO

Nos clubes, ele se destacou pela primeira vez como um artilheiro do Vicenza, sendo transferido para a Juventus e, mais tarde, jogando pelo AC Milan.  Sua morte foi anunciada na quinta-feira, após uma reportagem da mídia italiana sobre uma longa doença.

A esposa de Rossi, Federica Cappelletti, postou uma foto deles juntos nas redes sociais com as palavras “Per sempre” (“para sempre”). Ela não revelou a causa de sua morte.

Paolo Rossi: morre herói da Itália na Copa do Mundo de 1982 aos 64 anos
Foto: (reprodução/internet)

A carreira de Paolo Rossi

Rossi marcou 20 gols em 48 partidas pela seleção italiana, e mais de 100 gols na Série A durante passagens pelo Vicenza, Perugia, Juventus, Milan e Verona. “Às vezes, simplesmente não há palavras para expressar a dor que todos sentimos”, disse um comunicado de Vicenza, que Rossi ajudou a conquistar a promoção para a Série A em 1977.

ANÚNCIO

Após suas atuações na Copa do Mundo de 1982, ele recebeu a Bola de Ouro, que na época era dada ao jogador de futebol europeu do ano. Depois de se aposentar do futebol no final dos anos 1980, Rossi trabalhou como analista para Sky, Mediaset e Rai.

O sucesso na Copa do Mundo foi sua ‘redenção pessoal’

Rossi escreveu seu nome no folclore do futebol com suas exibições na Copa do Mundo de 1982 – embora quase tenha perdido a competição depois de ser implicado em um escândalo de manipulação de resultados.

Embora Rossi tenha mantido sua inocência, ele foi banido do futebol por três anos após ser acusado de participar do escândalo do Totonero em 1980. Esta suspensão foi reduzida para dois anos na apelação, o que significa que ele estava disponível para jogar a Copa do Mundo na Espanha.

ANÚNCIO
Paolo Rossi: morre herói da Itália na Copa do Mundo de 1982 aos 64 anos
Foto: (reprodução/internet)

Rossi mais tarde descreveu a vitória do torneio como uma “redenção pessoal”. O torneio começou com uma choradeira para Itália e Rossi. O atacante da Juventus não conseguiu marcar na primeira fase de grupos, já que a Itália empatou os três jogos para se apurar.

Os italianos pareciam longe de ser candidatos à Copa do Mundo – até que Rossi, cujas atuações haviam sido criticadas, encontrou sua pontaria na hora do gol no decisivo encontro com o Brasil na segunda fase de grupos.

A vitória na Copa do Mundo

Rossi marcou três gols na vitória da Itália por 3-2 para chegar às semifinais, depois marcou os dois gols contra a Polônia na partida final da Itália com a Alemanha Ocidental.

Uma final tensa abalou o caminho da Itália, quando Rossi marcou o gol inaugural no segundo tempo, com os azzurri vencendo por 3-1 e se tornando campeões mundiais pela terceira vez.

Segundo ele “Por um lado, senti-me realizado. Disse a mim mesmo: ‘Você conseguiu'”, disse Rossi mais tarde sobre o triunfo. Por outro lado, fiquei desapontado porque tudo isso acabou. A Copa do Mundo acabou. [Mas] quando você ganha algo importante não é apenas sobre o troféu. É sobre o grupo com o qual você venceu, é sobre toda a sua carreira que o levou até lá.”

‘Ícone Rossi parte da história italiana’

O triunfo da Itália provocou uma onda de emoção em casa, proporcionando unidade nacional e alegria em um momento em que o país era assolado por distúrbios políticos e sociais. As imagens de Rossi e seus companheiros se tornando campeões mundiais ficarão para sempre arraigadas na cultura do país, diz o jornalista italiano Daniele Verri.

Paolo Rossi: morre herói da Itália na Copa do Mundo de 1982 aos 64 anos
Foto: (reprodução/internet)

“Estamos todos chocados aqui porque Paulo Rossi é uma figura tão icônica para o futebol italiano”, disse Verri à BBC World Service. E completou que “Ele faz parte da história italiana que vai além do futebol. Para aqueles que tiveram a sorte de vê-lo jogar na Copa do Mundo de 1982, não podemos esquecer o que ele fez. As imagens da Espanha 82 fazem parte da cultura italiana.”

Leia também: Saiba tudo sobre a copa do mundo de 2022

Traduzido e adaptado por equipe Ao Vivo Esporte

Fonte: BBC