Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América

A América do Sul é um celeiro de grandes craques, e nada mais justo para eles, do que os recompensar com reconhecimento quando fazem uma grande temporada. Foi assim que surgiu o prêmio de Rei da América, título criado pelo jornal “El País”.

ANÚNCIO

Hoje, o portal conta com tanto prestígio, que a premiação já é considerada mais valiosa do que um prêmio de melhor jogador da Libertadores dado pela CONMEBOL, por exemplo. Para mostrar a força do nosso país em produzir craques, nos últimos anos, alguns brasileiros vêm conquistando esse título.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (Lucas Uebel/Grêmio)

2015 – Carlos Sánchez

Sánchez é um grande conhecido do povo brasileiro, já que hoje atua pelo time do Santos. O uruguaio é um meia completo, e foi reconhecido como o melhor jogador da América em 2015, quando venceu a Libertadores como jogador do River Plate.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (AFP)

O meia é tido como um excelente jogador em seu país, podendo atuar em todas as posições do meio de campo, além de também fazer muito bem o papel de lateral-direito. Toda essa versatilidade em desempenhar todas as funções bem, acabou lhe rendendo o título de Rei da América.

ANÚNCIO

No entanto, hoje o momento do uruguaio não é dos melhores. Perdeu o posto de titular no Santos, sendo mais utilizado no decorrer das partidas do que iniciando os jogos entre os 11 iniciais. Porém, ainda continua sendo uma referência no elenco santista.

2016 – Miguel Borja

Borja não é o jogador mais querido pelo povo brasileiro, mas é inegável que, em 2016, ele teve um ano mágico como atacante do Atlético Nacional. O jogador foi o grande responsável por fazer a equipe colombiana voltar a vencer a Libertadores.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (reprodução/elheraldo.co)

Ficou famoso no Brasil enquanto ainda jogava por lá, já que eliminou o São Paulo da competição com algumas exibições de gala. Seu poder de finalização chamou a atenção de grandes clubes do país, que começaram a brigar pela contratação do craque.

ANÚNCIO

O Palmeiras desembolsou cerca de US $10,5 milhões para contar com o atacante no plantel, mas Borja chegou longe de valor isso tudo em campo. Hoje o colombiano está tentando recuperar o bom futebol no Junior Barranquilla, equipe de seu país natal.

2017 – Luan

Luan teve o melhor ano de sua carreira, até agora, em 2017. O jogador foi o grande craque do Grêmio na conquista da Libertadores, comandando o ataque do time com passes e dribles precisos, sendo essencial para o sucesso do tricolor gaúcho na competição.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (Eitan Abramovich/AFP)

Na decisão, fez um bonito gol contra o Lanús, que acabou rendendo o título para o Grêmio. Foi realmente o grande craque da América no ano, porém, após a competição, o futebol de Luan parece ter desaparecido, pois nunca mais chegou perto de apresentar o mesmo nível de performance.

Depois de más atuações com a camisa do Grêmio, foi parar no Corinthians, onde também não anda agradando a torcida, que cada vez mais pega no pé do jogador. O meia tem 27 anos de idade, e pode ser que ainda consiga voltar a ter seus dias de glória no futebol.

2018 – Gonzalo Martínez

Pity Martínez foi um dos jogadores mais talentosos a surgirem no futebol argentino nos últimos anos, ganhando grande destaque após suas atuações na Libertadores de 2018. O craque era o grande cérebro do ataque do River Plate que conquistou a competição no mesmo ano.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (Getty Images)

A final do torneio foi contra o Boca Juniors, maior rival do River, e por isso, os ânimos das torcidas estavam exaltados. No fim, por conta da falta de segurança, a decisão da competição acabou sendo transferida para Madri, capital da Espanha.

Após a conquista do torneio, Gonzalo se transferiu para o Al Nassr, da Arábia Saudita, e vem fazendo muito sucesso por lá. Porém, o futebol de lá não é do mais alto nível, o que acaba minando possíveis convocações do jogador para defender a seleção de seu país.

2019 – Gabigol

Gabriel Barbosa, o Gabigol, foi o cara do Flamengo em 2019. O time venceu as duas principais competições do ano, e teve o atacante como seu melhor jogador. O esforço do craque foi reconhecido pelo El País, que declarou que o jogador foi o Rei da América no ano.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (Alexandre Vidal/Flamengo)

O astro virou um dos maiores ídolos da história do Flamengo mesmo com pouco tempo de casa, se tornando peça fundamental nas conquistas mais importantes da equipe no ano. Foram deles os dois gols que deram o título da Libertadores para o rubro-negro.

Gabigol ainda joga no Flamengo, e vem conseguindo manter o excelente nível de atuação mesmo hoje em dia. Apesar do momento complicado na competição, o artilheiro vem se destacando por conta de seus gols e assistências na briga pelo título do Brasileirão.

2020 – Marinho

O Rei da América em 2020 foi Marinho. Apesar de ter perdido o título de campeão da Libertadores para o Palmeiras, o camisa 11 do Santos foi o grande destaque da principal competição do continente, e não poderia ter sido esquecido.

Os últimos jogadores que venceram o prêmio de Rei da América
Foto: (Alexandre Schneider/Getty Images)

O time do Santos surpreendeu muita gente, que não esperava que o Peixe fosse chegar tão longe na competição. No entanto, sendo liderados por Marinho no ataque, o ataque santista se tornou poderosíssimo, principalmente com seus chutes de fora da área.

A boa campanha na Libertadores, e as atuações de destaque do atacante no Campeonato Brasileiro, fizeram com que o jogador vencesse o prêmio de maneira justa, mesmo tendo Rony e Soteldo como concorrentes ao posto.