O segredo das vitórias de LeBron James

Falar em LeBron James é falar em vitórias e títulos dentro da NBA. Ele tem 4 títulos da competição, foi 4 vezes o MVP e tem várias homenagens de Atleta do Ano por várias instituições. Fora as medalhas em jogos olímpicos. Mas, por que ele tem tanto sucesso?

ANÚNCIO

Talvez o grande segredo de LeBron James seja mesmo o de ser um atleta que sempre joga em alto nível. Só que isso não inclui apenas treinamento e liderança, também podemos falar sobre competitividade, riscos, derrotas e aprendizados. Confira tudo sobre o King James.

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)
  • Quem é o King James
  • O começo do rei
  • Os dados que impressionam
  • O alto nível
  • A liderança
  • A competitividade
  • O risco
  • As derrotas
  • O exemplo fora das quadras
  • LeBron é melhor que Kobe?

Quem é o King James

LeBron James, chamado de King James, é um jogador de basquete profissional considerado por muita gente como o maior e melhor da atualidade na NBA, que é a Liga de Basquete Norte-Americana. Atualmente, ele veste a 23 do Los Angeles Lakers e é um atleta experiente. 

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Em números, saiba que em outubro de 2020, o James jogou pela 10ª vez uma final da NBA. E, aos 35 anos, ele venceu pela 4ª vez. No Lakers ele está desde 2018, sendo que a principal parte da sua carreira foi marcada pelo Cleveland Cavaliers, entre 2014 e 2018. 

ANÚNCIO

Antes disso, também jogou por 4 anos no Miami Heat, só que o seu primeiro clube profissional foi mesmo o Cleveland, em uma passagem inicial que durou 7 anos, sendo de 2003 a 2010. Ele foi escolhido pela primeira escolha geral do Draft da NBA em 2003.

O começo do rei

A estreia dele na NBA aconteceu em 2004 e logo de cara ele levou o prêmio de revelação do ano. Em 2007, liderou os Cavaliers até a final da NBA, o que surpreendeu muita gente, já que a equipe era bastante limitada. Mas quem levou foi o San Antonio Spurs. 

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Entre 2009 e 2010 foi considerado o jogador mais valioso da temporada. Em 2010, anunciou que iria para o Miami Heat para atuar ao lado de Dwyane Wade e Chris Bosh. E conseguiu 2 novos títulos da liga, em 2012 e 2013. Em ambos, ele foi o jogador mais valioso. 

ANÚNCIO

Em 2013 teve um dado histórico: levou o seu clube aos 27 jogos sem perder, sendo considerada a melhor sequência de toda história da NBA. Voltou ao Cleveland em 2014 e em 2016 levou o time ao 1º título da história, acabando com um jejum de 52 anos. Foi o melhor jogador.

Os dados que impressionam

No ano de 2017, enquanto atuava pelo Cleveland, eles venceram o Boston Celtics por 135 a 102. Nesse jogo, ele se tornou o maior pontuador da história dos playoffs (partidas finais da competição, eliminatórias), com 5.989 pontos, acima de Michael Jordan (5.987).

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

No ano seguinte, ele foi para o Lakers e em 2020 liderou o clube, que estava há 10 anos em jejum, ao título da NBA. Além disso, recebeu o título por ser o primeiro jogador a ser campeão e melhor jogador das finais por 3 equipes diferentes dentro da Liga. 

Em 2005, 2013, 2017 e 2019 foi apontado como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, conforme a Times. Dentro do esporte, até hoje ele conseguiu incríveis 41.978 pontos em pouco mais de 1.500 partidas. 

O alto nível

Aqui, a gente começa a falar de todos os pontos que se unem para representar o segredo do atleta: o alto nível dentro das quadras. Para se ter uma ideia da representatividade disso, saiba que ele já jogou por 17 temporadas da NBA e todas em alto nível. 

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Assim sendo, aos 35 anos, ele ainda conseguiu o prêmio de Most Valuable Player (MVP), que é o de jogador mais valioso da temporada. Para quem conhece a história do craque das quadras está claro que ele conseguiu isso por saber “se adaptar” aos jogos, clubes e temporadas. 

O mesmo vale para outros nomes, como de Tim Duncan e Kobe Bryant, que tinham bastante enfoque atlético, velocidade e explosão. Porém, com o tempo e as temporadas, todos precisaram manter o alto nível, mesmo quando o corpo já não respondia tão bem. 

A liderança

Para quem viu um único jogo da NBA, independente da temporada ou do clube, em que o LeBron está jogando fica claro que ele é um líder. De fato, foi isso que fez que os Lakers chegassem a vitória na temporada que acabou agora mesmo, de 2020. 

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Assim, isso também tem a ver com a adaptação, já que ele soube usar a sua técnica e experiência para liderar um grupo que precisava de confiança, inclusive com atletas mais jovens. O King ajudou muito o garoto Anthony Davis a brilhar em 2020.

Aqui, a gente pode comparar a atuação de James com a de Jordan. Isso porque ambos sabiam que trabalhar em equipe era necessário para que o título acontecesse. Ou seja, nem sempre o líder vai conseguir a cesta do jogo, porém, ele vai puxar a marcação para si. Entendeu?

A competitividade

Em qualquer área ou esporte, a competitividade é vista como um diferencial. E isso não é apenas aquela ideia de querer vencer ou vencer a todo custo, como muita gente pensa. Na verdade, grandes astros do basquete, como o James, encaram a competividade de outro modo.

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, é a capacidade de sempre estar preparado para os novos desafios, as novas temporadas. Isso não tem a ver com arrogância ou ganância, por exemplo. A ideia é inovar e se desenvolver, sempre. O que no esporte é traduzido também como treinar constantemente.

Essa ideia de competitividade está muito atrelada ao jogar em alto nível, que sempre estamos falando aqui. Ora, se o jogador está sempre preparado para jogar em alto nível, então, ele sempre será competitivo. Até aqui é isso que tem mostrado o Rei James.

O risco

Errado mesmo é achar que um jogador estrela como LeBron James não viveria arriscando. Mas, arriscando o que exatamente? Talvez podemos pensar em trocar de clube. Afinal, foi um risco que ele correu, mas talvez seja um risco calculado, não é?

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

A ideia é se a gente comparar o Bryant, que foi um jogador que sempre atuou pelo mesmo clube, a gente vai ver que ele era bom sim, um mito, um ícone, mas o LeBron tem esse “correr risco” a mais. O resultado: venceu NBA por 3 times diferentes, o que é incrível. 

Portanto, a dica é observar que não se deve ter medo de arriscar quando você sabe calcular o risco. James é um ótimo exemplo disso para o esporte e até mesmo para o empreendedorismo, entre outras áreas. 

As derrotas

A gente não tem que ir muito longe para analisar um dado que já foi mencionado aqui: LeBron chegou em 10 finais, sendo que venceu 4 delas. Ou seja, ele mais foi derrotado do que venceu, certo? Ainda assim, ter 4 vitórias da NBA é algo que o faz ser excepcional.

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Logo, o que podemos tirar disso? Que a derrota pode e vai acontecer. No entanto, aprender com ela e não desistir é o que fará a diferença. Ao mesmo, é o que fez a diferença na vida profissional de LeBron James. Em nenhum lugar as vitórias são sempre garantidas.

Se a gente avaliar a questão inicial do artigo (o segredo de LeBron James), com certeza, em algum momento, a gente vai ter que falar sobre dedicação e persistência. Esse tópico é para isso, mas chamamos de “derrotas” porque tudo depende de como você lida com elas. 

O exemplo fora das quadras

Agora, ainda que possa parecer que uma coisa não tenha a ver com a outra, você já percebeu o tanto de pessoas que gostam de ver o King jogar e que gostam dele como pessoa também? O resultado disso é porque ele é um ser humano incrível fora das quadras também. 

O segredo das vitórias de LeBron James
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, ele não se contenta em ter uma vida de celebridade. Ao contrário, ele se nega ao luxo algumas vezes, até mesmo porque já foi considerado o “rosto da NBA”. E sabe o que ele fez com tudo isso? Prontificou-se pelas causas sociais e raciais nos Estados Unidos. 

Um dos resultados diretos disso é que ele esteve entre os atletas mais influentes do mundo, conforme a revista Forbes. Também foi o mais popular da NBA. Atualmente, é filantropo e apoiador de várias instituições, como Boys & Girls Club of America.

Curiosidade – LeBron é melhor que Kobe?

Essa parte final do artigo é uma reflexão no sentido ilustrativo, ok? Afinal, não se pode medir qual jogador é melhor do que outro se eles atuaram em épocas, clubes e momentos diferentes. No entanto, no começo de 2020, LeBron tinha passado o Kobe em número de pontos na NBA.

Isso fez com que muita gente o colocasse como melhor jogador. E hoje, quando a gente considerar o total de pontos dele dentro das quadras, a gente vê que está próximo dos 42 mil pontos, o que o leva a ser o maior pontuador de todos os tempos da NBA. O líder era Kareen Abdul-Jabbar, com 38,3 mil pontos. 

ANÚNCIO