Lionel Messi quer “felicidade” e não dinheiro no Barcelona

O Barcelona precisa ajudar Lionel Messi a se divertir novamente. Lionel Messi foi recentemente indicado para ingressar em clubes como Manchester City e Paris Saint-Germain.

Com a situação financeira do Barcelona no momento, muitos fãs e críticos correlacionam as duas situações e chegam ao entendimento de que alguns membros do conselho podem tentar vender Messi em janeiro.

Enquanto isso, o Barça não: o próprio 10 revelou ter vontade de deixar o Nou Camp para permitir que os jovens desenvolvam e preparem o clube para o futuro.  No entanto, alguns afirmam que o argentino está se afastando em busca de ganhos monetários, mas o candidato à presidência, Joan Laporta, sugere que não é o dinheiro que Messi quer, mas uma equipe competitiva.

Lionel Messi quer "felicidade" e não dinheiro no Barcelona
Foto: (reprodução/internet)

O capitão argentino é um vencedor nato, desde os primeiros dias, podia-se ver sua decepção se não conseguissem vencer os jogos.

Leia também: Neymar quer Lionel Messi no Paris St-Germain- isso poderia acontecer?

O motivo da decisão de Messi

Por isso, ao ver o seu querido clube entregar o trono ao arquirrival Real Madrid e ver outros clubes ganharem a UEFA Champions League ano após ano, Messi sentiu que o seu clube o estava o traindo.

Durante o enervante drama da transferência de Messi este ano, o jogador de 33 anos revelou o motivo pelo qual queria se mudar de casa. O jogador disse que está farto da forma como a direção está gerindo o clube. 

Lionel Messi quer "felicidade" e não dinheiro no Barcelona
Foto: (reprodução/internet)

O conselho apenas jogou muito dinheiro no clube na esperança de que as coisas se consertassem. No entanto, as coisas não funcionam assim e mesmo depois de gastar mais de um bilhão de euros em transferências, a última vez que conseguiram vencer a Liga dos Campeões foi em 2015.

A decepção do jogador do Barcelona

Messi merece um clube que lutará pela Liga dos Campeões e pelo campeonato nacional todos os anos. Ele está muito emocionado e até abandonou a seleção nacional uma vez por acreditar que decepcionou seu país. Desta vez, seu clube o está decepcionando e pode ser o suficiente para o mágico realmente sair.

O primeiro trabalho do novo presidente será persuadir Messi a ficar. Joan Laporta disse que conversou com Messi em outubro e sentiu a decepção que o argentino estava sentindo.

Lionel Messi quer "felicidade" e não dinheiro no Barcelona
Foto: (reprodução/internet)

O Barcelona teve um péssimo início de temporada e suas chances de título foram ainda mais prejudicadas após a partida de hoje contra o Cádiz. A derrota por 2 a 1 significa que os catalães estão na 7ª posição após 10 jogos, doze pontos atrás do líder da liga, o Atlético de Madrid.

Você concorda com Laporta?

Veja também: ‘La Liga sobreviveria sem ele’ – diz Javier Tebas sobre a saída de Messi

Traduzido e adaptado por equipe Ao Vivo Esporte

Fonte: Fansided