Lincoln, ex-Flamengo, se transfere para o Japão

Lincoln não é mais jogador do Flamengo. O jovem atacante, de apenas 20 anos, concretizou sua transferência para o Vissel Kobe, do Japão. Com isso, a torcida rubro-negra deve parar de pegar no pé do centroavante, que sempre foi alvo de críticas no Brasil.

ANÚNCIO

O jogador nunca foi unanimidade por aqui, ainda mais por ter surgido junto de Vinícius Júnior, que hoje está no Real Madrid. Com a transferência, Lincoln vai jogar ao lado de Andrés Iniesta, um dos grandes da história do futebol.

Lincoln, ex-Flamengo, se transfere para o Japão
Foto: (Silvia Izquierdo-Pool/Getty Images)

Sucesso nas categorias de base

Lincoln sempre foi um dos nomes mais promissores das categorias de base do Flamengo. O jogador chamava bastante atenção por conta de sua movimentação e habilidade com a bola nos pés, incomum para um centroavante.

Também marcou muitos gols, o que o fez chamar a atenção de diversos clubes gigantes da Europa, como Real Madrid e Inter de Milão. No entanto, o Flamengo fez questão de segurar o atacante no elenco, colocando uma multa milionária em seu contrato.

ANÚNCIO

Dividindo os holofotes e responsabilidade com Vinícius Júnior, Lincoln conquistou diversos títulos pelas categorias de base do Flamengo, além de também ter feito excelentes exibições com a camisa da seleção sub-20. Muita expectativa girava ao seu redor.

Chegada ao profissional não foi como esperado

A torcida esperava um novo fenômeno em campo, já que muitos torcedores já o comparavam a Adriano, mas a verdade foi outra. O estilo de jogo de Lincoln, mais técnico, não agradou a nação, que pegou no pé do jogador desde sempre.

Além disso, o jogador acabou subindo para os profissionais junto de Vinícius Júnior, que não sentiu tanto a pressão dos jogos. Logo, surgiram comparações, e a torcida não queria saber se Lincoln era jovem demais. Ela queria resultados.

ANÚNCIO

O atacante tinha apenas 16 anos quando fez sua estreia, e sempre ficou claro que ele tinha muitos pontos que poderiam ser úteis ao time, além de uma margem enorme para evoluir. No entanto, não poderemos acompanhar essa evolução aqui no Brasil.

Críticas da torcida

O que mais pesou para atrapalhar o desenvolvimento do jogador dentro de campo foram as críticas da torcida. Lincoln nunca lidou bem com as vaias, e a nação rubro-negra também não foi das mais pacientes com o atacante, lhe dando apoio pouquíssimas vezes.

Lincoln, ex-Flamengo, se transfere para o Japão
Foto: (reprodução/instagram)

Nos primeiros jogos entre os profissionais, quando ainda não recebia críticas, Lincoln demonstrava ser um jogador de muita raça, mas após as vaias, muitas vezes se apresentou abatido, perdeu a confiança, e fez algumas exibições preguiçosas, já que estava desmotivado.

O ponto alto das críticas veio quando ele perdeu uma boa chance de gol contra o Liverpool, na final do Mundial de Clubes. A partir daquele momento, a torcida pediu sua saída mais do que nunca, e o jogador, que se sentiu desconfortável com a situação, não quis mais permanecer.

Transferência para o Japão

O Vissel Kobe anunciou, na manhã de quarta (20), a chegada de Lincoln ao elenco do clube. O time japonês pagou cerca de US$ 3 milhões para o Flamengo, que cedeu 75% dos direitos do jogador, que fez um pronunciamento no Twitter, agradecendo a sua nova equipe:

“Olá, torcedores do Kobe! Quem está falando é o Lincoln. Que Deus abençoe o nosso ano. Estou muito feliz com o novo desafio na minha vida. Espero retribuir todo carinho que vocês têm por mim. Obrigado pelo carinho e pelas mensagens. Até breve!”, disse o jogador.

O negócio quase melou, já que a ideia inicial da equipe japonesa era um empréstimo, e o Flamengo não queria isso. A venda foi concretizada como o time brasileiro queria, e Lincoln vai usar a camisa 10 do Vissel.

ANÚNCIO