Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo

É claro que não é fácil citar o melhor jogador ou o melhor atleta do mundo em qualquer que seja o esporte. No entanto, a gente pode criar parâmetros para fazer isso. Como os títulos conquistados, os prêmios recebidos, os recordes batidos. E assim fizemos.

ANÚNCIO

Se a gente considerar as provas mais disputadas dentro das piscinas no mundo, a gente vai ver que tem um monte de competidor que se tornou lenda da natação, seja por vencer em mundiais de esportes aquáticos, em Olimpíadas e outras competições. E um deles é do Brasil.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Os 10 maiores nadadores do mundo

Desse modo, a gente fez um grande estudo para conseguir alavancar 10 nomes, que talvez sejam os maiores nomes da natação mundial. E já pedimos desculpas se falharmos porque pode ser que algum nome tenha ficado de fora desse ranking.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

De todo modo, a gente conseguiu uma seleção bem impressionante e que faz jus aos campeonatos vencidos por ele. Agora, não dá para criarmos a lista por ordem porque isso seria injusto demais. Então, optamos por trazer a ordem do nascimento –  mais velho ao mais jovem.

ANÚNCIO

E lembre-se que você pode discordar se quiser. Também pode trocar nomes, se achar mais digno. O que não dá é para dizer que um desses atletas citados foram ou são referências até hoje quando o assunto é a natação. Confira mais!

10 – Johnny Weissmuller (Estados Unidos)

Esse talvez seja um dos pontos mais polêmicos desse texto. Afinal, o Johnny só tem 5 medalhas olímpicas de grande importância na carreira. E mesmo que sejam todas de ouro, você pode achar que é muito pouco perto do número de outros competidores.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Mas, vamos lá. Johnny é o ator que fez “Tarzan” nos cinemas, sabia dessa? Porém, o que pouca gente sabe é que ele foi considerado um dos nadadores mais rápidos da década de 20, sendo que jogou as Olimpíadas de Paris e Amsterdam e conseguiu 5 ouros.

ANÚNCIO

Ele nasceu no antigo império Austro-Húngaro e se naturalizou norte-americano bem cedo. Ao todo, ele tem 22 torneios na carreira em âmbito nacional e mais 50 recordes mundiais em provas de nado livre e costas. Ele nasceu em 1904 e morreu em 1984, aos 79 anos.

9 – Mark Spitz (Estados Unidos)

Impossível. De fato, é impossível ter uma lista dos melhores nadadores do mundo sem falar do Spitz. O norte-americano dominou o mundo em 1970 e somou 11 medalhas em Jogos, sendo 9 ouros. Em Munique, foram 7 medalhas de ouro sendo o mais bem-sucedido em única edição.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

A especialidade dele tinha a ver com as provas de nado livre e na modalidade borboleta. Agora vem a grande curiosidade: ele se aposentou aos 22 anos e mais tarde, em 1992, até voltou a competir, porém, sem forma física ideal, acabou não tendo sucesso.

O fato é que entre 1965 e 1972, ele venceu quase tudo o que disputou, como o Pan-Americano. O nascimento dele foi em 1950 e, por isso, ele tem hoje 71 anos. Incrível, que em 5 anos tenha vencido tantas competições, não é mesmo?

8 – Matt Biondi (Estados Unidos)

Aqui, os números são bem interessantes: 11 medalhas em Jogos Olímpicos, sendo 8 de ouro e mais 11 em mundiais, sendo 6 ouros. O Matt foi destaque nas piscinas durante a década de 80 e 90, sendo que esteve em três Olimpíadas e era bom nos 50 metros e nos 100 metros livres.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O fato mais curioso sobre ele é que ele foi revelado na Universidade da Califórnia e um dos poucos a entrar no Hall da Fama da Natação. A aposentadoria aconteceu em 1992, por isso, muita gente que está lendo não vai se lembrar dele.

Matthew Nicholas Biondi também participou de eventos coletivos, como no medley. Ele nasceu em Moraga, na Califórnia, em 1965 e hoje tem 55 anos.

7 – Aleksandr Popov (Rússia)

O Popov é um dos nomes mais incríveis da natação nos últimos anos. Ele soma 9 medalhas olímpicas, sendo 4 ouros e 5 pratas. Fora isso, tem também mais 13 mundiais, sendo 6 ouros, 4 pratas e mais 3 bronzes. Em campeonatos europeus, ele soma mais de 20 ouros.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Hoje ele não atua mais. No entanto, entre a década de 1990 e o começo dos 2000 ele dominou as piscinas, ainda mais nas provas curtas de velocidade, como os 50 metros livres ou os 100 metros livros. Ele bateu recordes em ambas as disputas.

A aposentadoria aconteceu em 2005 e ele deixou um grande legado no esporte. O nascimento dele aconteceu em novembro de 1971 e hoje ele possui 49 anos.

6 – Gary Hall Jr. (Estados Unidos)

O Gary é um norte-americano que se destacou muito nas piscinas do mundo todo. Aliás, é um dos poucos nadadores a se destacar também fora delas. Ele sempre foi visto como muito simpático quando não estava nadando.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O fato é que somou 10 medalhas olímpicas, sendo 5 ouros. Depois, vieram amis 6 mundiais, sendo metade deles dourados. Ele era muito bom em provas de revezamento e ajudou os Estados Unidos a quebrar vários recordes em duas modalidades. E tem 1 ouro no Pan. 

Atualmente, ele é aposentado, sendo que possui 46 anos. O nascimento foi em setembro de 1974 em Cincinnati, Ohio. Curiosamente, os seus melhores anos foram no início dos anos 2000, mas já em 2008 ele não conseguiu a classificação para Pequim. 

5 – Ian Thorpe (Austrália)

Com 9 medalhas olímpicas e mais 16 mundiais, o Ian jamais ficaria de fora desse ranking. O australiano é especialista no nado livre e o que mais ganhou medalhas em Sidney. Fora isso, é o atleta desse país que mais tem medalhas acumuladas em Jogos Olímpicos.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Fora tudo isso, ele foi eleito o melhor nadador do mundo por 4 vezes e, por isso, ganhou o apelido de “Thorpedo” no auge da sua carreira. Obviamente, era muito veloz em provas curtas e conseguiu 13 recordes individuais e 5 coletivos. Venceu nos 200 metros e nos 400 metros.

Além disso, tem 10 ouros nos Jogos da Commonwealth e mais 9 ouros no campeonato Pan-Pacífico. A aposentadoria das piscinas aconteceu em 2012. Ele nasceu em outubro de 1982 em Sidney. Hoje, possui 38 anos.

4 – Ryan Lochte (Estados Unidos)

Anote aí esses dados: são 12 medalhas em Olimpíadas e mais 65 em mundiais. É isso mesmo, você leu certo: 65 medalhas em mundiais, sendo que são 39 ouros nesse tipo de campeonato. O cara dominou as piscinas enquanto participava dos eventos.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ryan é especialista em provas mistas e ótimo nos revezamentos, sendo considerado um dos melhores de todos os tempos. Tanto é que ele tem mais medalha que o Phelps em mundiais, né, o que prova o tamanho e a importância dele para o esporte aquático.

Inclusive, esse norte-americano é considerado o segundo maior medalhista olímpico da natação masculina, somente atrás do seu compatriota. Ele nasceu em 1984, no mês de agosto e, portanto, hoje tem 36 anos, como o próprio Phelps.

3 – Michael Phelps (Estados Unidos)

Em algum momento você estava esperando por esse nome, não é verdade? Phelps é visto hoje em dia como o maior nadador de todos os tempos. Ele tem 28 medalhas olímpicas, sendo 23 ouros. São mais 27 mundiais, sendo 21 ouros. E tem ainda recordes em ambas competições.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ele já participou de 4 edições dos Jogos e é uma verdadeira lenda da piscina. Também é visto com um dos mais bem-sucedidos do esporte hoje em dia e tem uma história de superação por trás que deixa muita gente surpreendida.

O fato é que ele tem somente 36 anos, já que nasceu em 1985 em Baltimore, Maryland. Esteve em atividade entre 2000 e 2012. Depois, voltou a competir em alto padrão entre 2014 e 2016. Entre esses anos, tem também mais de uma dezena de ouros no Pan-Pacífico.

2 – César Cielo (Brasil)

Assim, a gente chega no nome brasileiro. O Cielo que nós todos conhecemos. Ele é recordista mundial dos 50 metros livres e também dos 100 metros livres. Para o Brasil, é considerado um dos maiores de toda a história – sendo o maior para muitos estudiosos do esporte.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ele ainda compete, mas não no mesmo nível. O atleta ficou famoso no mundo todo ao apresentar uma alta performance nas Olimpíadas da China, Pequim, em 2008, quando ganhou um ouro inédito para o país nos 50 metros e depois o bronze nos 100 metros.

Atualmente, ele tem 19 medalhas em mundiais. E são mais 7 ouros em pan-americanos. E uma medalha de ouro, outra de prata e mais uma de bronze no Pan-Pacífico. Com 34 anos, ele nasceu em janeiro de 1987, em Santa Barbara d’Oeste (SP).

1 – Sun Yang (China)

Ele ainda é bem jovem, porém, já é muito famoso em seu país. Teve vários enredos de aposentadoria e brigas políticas. O fato é que não tem uma história como a maioria que foi narrada nesse texto. Mas, não dá para deixar Yang de fora da lista.

Há um brasileiro na lista dos 10 maiores nadadores do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Ele soma 6 medalhas olímpicas, 11 mundiais e tem 3 recordes vigentes em seu nome. Por isso, na Ásia, ele faz muito sucesso. Diferente dos outros nomes citados aqui, considere que ele nada em provas de longa duração, como nos 400 metros e nos 1.500 metros. 

Na China, é o mais vitorioso de todos os tempos. No entanto, ele foi banido das piscinas devido ao resultado do exame antidoping de 2018. Sun nasceu em Hangzhou em 1991 e, portanto, é o mais jovem de toda a nossa lista, já que possui apenas 29 anos.

Alguém poderia se tornar maior ainda

Vale mencionar aqui que o Sun Yang era um dos nomes mais prováveis a se tornar um nadador ainda mais famoso. Isso porque ele era um dos únicos que compete em alto nível nos dias atuais. Porém, a história mudou.

Hoje, considere que o Tribunal Arbitral do Esporte o puniu em 8 anos do esporte. Ou seja, até 2028, ele não poderá competir e isso o afasta do futuro sucesso.