Flamengo vence o Grêmio em exibição de gala de Gabigol

O Flamengo venceu o Grêmio fora de casa, por 4 a 2, na noite desta quinta-feira (29). O jogo não foi fácil, mas com grande atuação de algumas peças de seu estrelado elenco, o rubro-negro conseguiu sair com a vitória em jogo marcado por muita agressividade das duas equipes.

ANÚNCIO

Gabigol foi o nome da partida, fazendo um gol e dando assistência para mais dois. O atacante regeu o ritmo do Flamengo no ataque, e mostrou para Rogério Ceni que tem que ficar mais minutos dentro de campo. Mesmo com a exibição de gala, o craque acabou sendo substituído.

Flamengo vence o Grêmio em exibição de gala de Gabigol
Foto: (Alexandre Vidal/Flamengo)

Resumão do jogo

O jogo de 6 gols foi eletrizante do início ao fim. Os dois times tentavam se impor em campo, e quando o Flamengo estava melhor na partida, Diego Souza jogou um balde de água fria nas expectativas rubro-negras, marcando de cabeça. O time carioca foi para o segundo tempo atrás no placar.

Apesar das dificuldades em criar jogadas, o time do Flamengo se apoiava em Gabigol, que estava bem no jogo. Após bola enfiada para ele, o craque conseguiu achar Everton Ribeiro livre na área para empatar o jogo. Logo em seguida seria a vez dele.

ANÚNCIO

Gabriel marcou um golaço contra o Grêmio, virando o placar. Depois disso, deu mais uma assistência, dessa vez para Arrascaeta. O tricolor até tentou encostar, com gol de falta de Diego Souza, mas Isla, com belo passe de Vitinho, fechou a tampa do caixão. 4 a 2 para o Flamengo.

Diego Souza faz excelente partida

Apesar do resultado negativo para o Grêmio, não dá para negar que Diego Souza fez excelente partida pelo tricolor. O atacante vive um dos momentos mais artilheiros de sua carreira, e já conta com 11 gols no Campeonato Brasileiro.

Diego Souza era o desafogo do Grêmio no ataque, quando o time estava sendo sufocado, e não deixou o zagueiro Gustavo Henrique sossegado em momento algum. No primeiro tempo, marcou gol de cabeça após aproveitar erro de posicionamento da zaga flamenguista.

ANÚNCIO

Já no segundo, após sofrer falta, marcou um golaço após bela cobrança de trivela, mas o Grêmio já estava atrás no placar. Após o lance, o jogador precisou ser substituído, com dores na coxa, e preocupa a diretoria tricolor para os próximos confrontos.

Gabigol é o nome de jogo

A atuação de Diego Souza só não foi melhor que a de Gabigol. Gabriel não deu sossego para a zaga do Grêmio em momento em algum, e mesmo no primeiro tempo, quando o time estava mais perdido em campo, era o único jogador rubro-negro que estava bem na partida.

Ele estava conseguindo encontrar espaços na defesa gremista, e foi nessas oportunidades que achou belo passe para Everton Ribeiro empatar o jogo. Depois disso, tabelou com Gerson fora da área e fez uma pintura, decretando a virada no placar.

Não satisfeito, Gabriel deu o passe para Arrascaeta, sozinho na área, marcar o terceiro gol do Flamengo. Aos 41 minutos foi substituído para a entrada de Pedro, que praticamente não joga junto de Gabigol nas partidas, apesar dos pedidos incessantes da torcida.

Flamengo ainda pode ser campeão brasileiro

Contando com as boas atuações do ídolo Gabigol, o Flamengo ainda segue vivo na briga pelo título do Brasileirão. Quatro pontos atrás do líder Internacional, Rogério Ceni acredita que, a quantidade de rodadas que faltam para o fim da competição podem ajudar o time carioca:

“O mais importante é chegar faltando seis rodadas, mesmo com alguns tropeços, algumas boas atuações sem vitórias, outras não tão convincentes, chegar faltando seis rodadas com chances e briga real pelo título. Sabemos o quanto é importante”, disse o técnico.

O Flamengo ainda tem confronto direto contra o Internacional, penúltima rodada do Brasileirão, e caso vença, diminui a diferença na tabela para apenas 1 ponto. O próximo confronto do rubro-negro é contra o Sport, segunda-feira (1), na Ilha do Retiro.

ANÚNCIO