Flamengo, conheça a história por trás dos títulos.

A torcida do Flamengo, esse fim de semana em especial, ficou “feliz igual pinto no lixo”. Com dois títulos ganhos no mesmo fim de semana, foi festa, fogos de artifícios e, claro, memes enchendo a internet.

Libertadores e Brasileirão no mesmo fim de semana, dois títulos assim, ao mesmo tempo, é algo bem raro de se acontecer. Tanto que não acontecia desde 1963. Se prepare, afinal, essa semana você deve ver o uniforme e bandeira do flamengo em quase todo canto.

De fato, a venda de camisas do flamengo, em relação ao ano passado, “só” triplicou. Isso deve estar deixando a diretoria do clube bem feliz, dinheiro entrando no caixa é sempre bom né?

Flamengo
Fonte: Imagem Internet

Mas, você sabe a história do time com uma das maiores torcidas do mundo? Sabe a história do flamengo?

Início

Acha que o Flamengo surgiu como um time de futebol? Na verdade não, ele surgiu por conta do remo, que era muito popular durante o século XIX. Nessa época, não era pro futebol que os homens se reuniam nos finais de semana, era pro remo.

ANÚNCIO

E quem diria, o Flamengo surgiu com jovens tentando chamar a atenção das mulheres. Na época, as mulheres ficavam suspirando pelos remadores do botafogo.

Assim, em 1895, José Agostinho Pereira da Cunha, Mário Espíndola, Augusto de Figueira Lopes e Nestor de Barros se reuniram para estruturar a equipe. Compraram o barco e parecia tudo indo “vento em polpa”.

Reformaram o barco, e começaram a ganhar diversos campeonatos. Só que não, depois de reformada, a embarcação virou em sua estréia e ainda foi roubada logo depois.

Brasileiro não desiste nunca, e em 17 de novembro de 1985, já com outra embarcação comprada, foi feita uma reunião, que elegeu Domingos Marques de Azevedo como Presidente, Francisco Lucci Colás como Vice-Presidente, Nestor de Barros como Secretário e Felisberto Cardoso Laport como Tesoureiro.

Além dos cargos, em homenagem ao dia da proclamação da república, foi decidida a data oficial da fundação, dia 15 de novembro de 1985. No começo, não tinha nada de rubro-negro, afinal, as cores eram azul e dourado.

Só que manter o azul e dourado era caro, o que fez as cores mudarem para uma camisa preto e branco e bermuda preta com um cinto branco. Só um pouco diferente da atualidade.

Só em 1911 que o Flamengo começou a ter futebol também, tudo por que o time do Fluminense se desentendeu com a diretoria do clube e acabou ficando sob a tutoria do Flamengo. E pensar que nessa época, nem um lugar adequado para treinamento ele possuía.

Desde então o clube foi crescendo e ganhando diversos títulos.

Histórico:

Não só de Jorge Jesus vive o Flamengo. Olha alguns títulos que ele já ganhou no decorrer da história:

  • Brasileirão – 1980, 1982, 1983, 1987 (há controvérsias), 1992, 2009 e 2019;
  • Campeonato da Capital – 1991;
  • Carioca – 1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1934, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014 e 2019;
  • Copa do Brasil – 1990, 2006 e 2013;
  • Copa dos Campeões – 2001;
  • Copa dos Clubes Brasileiros Campeões Mundiais – 1997;
  • Copa Mercosul – 1999;
  • Copa Ouro Sul-Americana – 1996;
  • Mundial Interclubes – 1981;
  • Torneio Aberto do Rio de Janeiro – 1936;
  • Taça Estado do Rio de Janeiro – 1991;
  • Taça Guanabara – 1970, 1972, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1984, 1988, 1989, 1995, 1996, 1999, 2001, 2004, 2007, 2008, 2011 e 2014;
  • Taça Libertadores – 1981 e 2019;
  • Taça Rio de Janeiro – 1978, 1983, 1985, 1986, 1991, 1996, 2000, 2009 e 2011;
  • Torneio do Povo – 1972;
  • Torneio Extra do Rio de Janeiro – 1934;
  • Torneio Relâmpago do Rio de Janeiro – 1943; e
  • Torneio Rio-São Paulo – 1961;

Resultados econômicos do Flamengo

Que o Flamengo está em uma de suas melhores fases, é inegável. A equipe conseguiu, em um único final de semana, dois títulos, isso sem nem entrar em campo para ganhar o segundo.

Não foi apenas status que essas vitórias trouxeram, a venda de camisas do Flamengo triplicou em 2019, em relação a 2018, além disso, a Libertadores trouxe R$ 85 milhões, o Brasileirão trouxe R$ 33 milhões e o mundial, em caso de vitória, R$ 21 milhões de retorno.

É, parece que não só os torcedores que estão felizes, agora, só o tempo dirá se a diretoria fará bom uso desses recursos.

ANÚNCIO