Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes

Para quem acha que o Brasil não tem história para contar em provas de maratona, Fernanda Keller é um exemplo que prova o contrário. Ela é uma brasileira que ficou conhecida por ser quem mais completou as provas do mundial de Ironman, sendo que a primeira foi em 1987. 

ANÚNCIO

Em um rápido resumo sobre a vida dela, a gente pode dizer que ela é recordista mundial por ter ficado 14 vezes no top 10 da competição de tiatlo, corrida, natação e ciclismo. Além de ter 5 títulos no Ironman Brasil, 6 bronzes no Mundial de Ironman do Hawaii, 6 troféus Brasil de Triátlon, 3 Triátlon Internacional. 

Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Confira os principais assuntos deste texto:

  • Carreira e trajetória de Fernanda Keller;
  • Quais são seus títulos;
  • Por onde anda a atleta;
  • Como funciona a corrida a longa distância.
  • Outros brasileiros que se destacam no esporte.

O que é o Ironman Hawaii

Só para que você não fique muito perdido no texto, vamos contextualizar. O Ironman do Hawaii é a competição mais importante desse esporte, o triatlo. Ele também é chamado de World Championship, isto é, Copa do Mundo de Triatlo. 

ANÚNCIO
Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Acontece todos os anos no Hawaii, desde 1978. Ele ocorre após uma série de qualificações que acontecem ao redor do mundo, através de provas de Ironman Triathlon. Na categoria masculina, o Brasil não tem representante no pódio em nenhuma edição. 

Do lado feminino, a Keller nos representa. Com 6 medalhas de bronze, além de ter participado de muitas edições. Curiosamente, somente, no feminino, somente americanas, suíças, australianas, neozelandesas, alemãs, inglesas, canadenses e zimbabuenses venceram a prova.

Como foi a preparação da Fernanda Keller

Durante todos os anos de competição, ela deu várias entrevistas falando sobre a sua preparação para esse tipo de prova. Obviamente, há algumas mudanças no decorrer do texto, até mesmo porque ela é o tipo de atleta que respeita o próprio corpo.

ANÚNCIO

Mas, também podemos tirar algumas lições disso. No auge, a Fernanda chegava a treinar em média 12 sessões por semana, sendo 15 quilômetros de natação, mais 350 quilômetros de ciclismo, mais 60 quilômetros de corrida, além da natação.

No total, deixando os números um pouco de lado, isso dá algo como um treino diário de 6 horas até 8 horas. Ou seja, ela era totalmente focada no esporte. Assim, ela conseguiu o bronze em 1994, 1995, 1997, 1998, 1999 e 2000.

Qual foi o melhor tempo da Fernanda Keller

Um fato curioso é que ela sempre dizia que não estava preocupada em ganhar medalhas e sim em completar as provas. Tanto é que diz não saber exatamente sobre o seu melhor tempo. Mas, o público sabe que foi de 9 horas, 24 minutos e 30 segundos em 1999.

Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

E apesar de nunca ter conseguido o ouro e a prata, ela sempre se manteve entre as melhores do mundo. Aliás, isso aconteceu por 32 anos e com treinos que aconteciam no Rio de Janeiro. Mais tarde, ela bateu um recorde, mesmo que não pensava nisso. Foi considerada a mulher mais velha a ganhar um título de Ironman, quando tinha 44 anos.

Em 2013, ela recebeu uma homenagem como “Lenda do Esporte”, um presente de 50 anos de vida. Afinal, de quantas provas do Ironman Hawaii a Fernanda Keller participou? O total foi de 25, um recorde que só perde para um americano.

Campeonato Mundial

Ela garantiu vaga para a sua 25ª participação no Campeonato Mundial de Ironman em 2015, com uma classificação que veio em Fortaleza. “Foi um desafio porque não consegui treinar como gostaria já que estive envolvida em outros projetos”. 

Assim, ela nadou 3,8 quilômetros, pedalou 180 quilômetros e correu mais uma maratona inteira de 42 quilômetros. Chegou no fim da prova com 1 hora de vantagem para a segunda colocada. Isso porque em 2013, a última etapa do Rio Triathlon poderia ser a última dela.

Todos os títulos importantes de Fernanda Keller

Além das seis medalhas de bronze do Ironman Hawaii, que já mencionamos aqui, considere que ela tem outros títulos que merecem atenção. Aliás, alguns já foram mencionados, mas não nessa ordem que vamos trazer agora.

Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Veja só quais foram as suas conquistas:

  • 6 bronzes no Mundial de Ironman do Hawaii
  • 14 vezes no top 10 do Mundial de Ironman do Hawaii
  • 5 ouros no Ironman do Brasil
  • 6 ouros do troféu Brasil de Triathlon
  • 4 ouros no Triathlon Internacional de Porto Seguro
  • 3 ouros no Triathlon Internacional del Atlantico, na Argentina
  • 2 ouros do Ironman 70.3

A campeã brasileira também tem o recorde sul-americano de Ironman, o prêmio Forbes de Mulher Mais Influente do Esporte, o título do Circuito Company e do Circuito C&A. Em 2012, ela teve o seu último grande título, um top 15 do Ironman Melbourne Também como curiosidade, saiba que tudo começou lá em 1983, quando ela ficou em 6º lugar no feminino do II Triathlon Golden Cup, no Rio.

A vida pessoal de Fernanda Keller

Agora, se você está curioso para saber quem é a Fernanda Keller, considere que ela é natural de Niterói, no Rio de Janeiro. Filha de Manoel de Souza Nunes e Terezinha Keller. Graduada em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É considerada a triatleta brasileira mais famosa e bem-sucedida de todos os tempos. 

Ao todo, ela possui mais de 100 títulos na carreira em mais de 30 anos de história no esporte. É, atualmente, a única mulher do mundo a conseguir completar 23 edições consecutivas da prova mais famosa do esporte no mundo, sendo entre 1987 e 2009. Em 2006, por todos os feitos, a Revista Forbes a elegeu como a atleta mais influente do Brasil. 

O que a Fernanda Keller faz atualmente

Para aqueles que se perguntam que fim ela levou, saiba que Keller continua treinando e trabalhando no Instituto Fernanda Keller. É um trabalho de inclusão social, que ela mesma criou, com o objetivo de transformar a vida de milhares de crianças através do esporte. 

Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Ela também tem rendimentos através de palestras, onde fala sobre a rotina de treinamentos, a dedicação, as vitórias, as derrotas, os imprevistos. Até mesmo porque uma recordista de provas de longa distância deve ter muita história boa para contar, não é verdade?

Ah, e não podemos deixar de falar que ela é sempre convidada pelos treinadores e atletas da modalidade para dar dicas de treino. Fernanda acompanha tecnicamente alguns dos melhores competidores que vão disputar as competições da modalidade.

A inspiração tem nome: Madonna Buder

Antes de terminar, a gente também quer mencionar aqui uma inspiração que a Fernanda Keller chegou a dizer que tem dentro do seu esporte: Madonna Buder. Ela participou algumas vezes da competição, mas o que impressiona é a idade e os feitos.

Aos 76 anos, ela conseguiu completar a única prova da competição, fazendo um tempo de 16 horas 59 minutos e 3 segundos, antes do tempo limite para a desclassificação. Com o tempo ela continuou tentando, mas não conseguiu mais devido à idade.

Ainda assim, vale mencionar a história inspiradora que ela tem. Em 2014, ela poderia ter batido novo recorde, mas desistiu. Apesar de ter completado a natação e pedalado mais 119 quilômetros, ela desistiu dos 30% restantes do percurso. “Ela vai ser sempre uma inspiração”. 

Tipos de triatlo que existem no mundo

E agora sim para terminar o artigo, a gente vai usar a mesma técnica do início quando explicamos o que é o Ironman Hawaii. A ideia era que os leitores entendessem a importância da competição. Agora, queremos que entendam os tipos de triatlo. Veja só.

Fernanda Keller completou 25 provas do Ironman havaiano e tem 6 bronzes
Fonte: (Reprodução/Internet)

Tem o Sprint, que é um ponto de partida para quem está começando. A prova é bem menor. O Standard (Olímpico) é mais padronizado e faz parte dos Jogos. Aí vem o Ironman, que você conhece bem, né. Ele acontece no Hawaii e tem a maratona na corrida.

Para quem não consegue chegar ao Ironman ainda, mas também não quer fazer as provas menores, como do Sprint, uma ideia é pensar no “Meio Ironman”, que é chamado também de Ironman 70.3. Agora, para quem quer ir além tem o Ultraman, que são 3 dias de provas

Outros brasileiros no triatlo

Atualmente, o Brasil tem alguns representantes no esporte. Por exemplo, a gente pode citar a equipe que vai para Tóquio representar a nossa camisa. Ela é formada por Vittoria Lopes, Luisa Baptista e Manoel Messias. 

Já quando o assunto é o Ironman do Hawaii, que é o tema mais falado aqui no texto, considere que o último brasileiro participante foi o gaúcho Frank Silvestrin, que foi para Kona (Hawaii) em 2019. Na categoria feminina, o Brasil não teve representantes. Agora, não dá para deixar de falar de outro nome, que talvez seja o mais possível para um futuro no Hawaii: Igor Amorelli. 

Igor Amorelli

O Igor é de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e tem 36 anos. Obviamente, já não é um jovem atleta. Porém, ele é um dos que tem melhor histórico, já que venceu por 5 vezes o Ironman 70.3 por 5 vezes entre 2015 e 2018.

Também venceu o Ironman nacional em 2 ocasiões. No ano de 2018, por exemplo, ele ficou em 2º lugar no Ironman Brasil. Em 2021, retornou às competições de Ironman. O atleta tem boas recordações da competição de 2017, já que foi campeão do 70.3.