Esgrima – Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte

A esgrima é um esporte que conta com dois lutadores que usam espadas (ou sabres ou floretes). Também é um dos que mais se modificaram ao longo do tempo e hoje está presente em competições que envolvem outros esportes, como o triatlo, dos Jogos Olímpicos. 

ANÚNCIO

Além disso, pode ser praticada individualmente ou em equipes. Só que antes de assistir a uma luta de esgrima ou participar de uma competição, o ideal é que se saiba as regras e o funcionamento do esporte. É isso que faremos nessa matéria, leia com atenção. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)
  • A história da esgrima
  • As armas usadas na esgrima
  • O combate moderno
  • Os equipamentos da esgrima
  • As principais posições da esgrima
  • As regras para praticar esgrima
  • A pontuação na esgrima
  • As penalidades da esgrima
  • As disputas na esgrima
  • As categorias da esgrima
  • Esgrima e Guerra nas Estrelas

A história da esgrima

Os primeiros dados são da Antiga Grécia, que mostram gravuras de lutas com espadas entre homens. Assim, temos aqui um dos esportes mais antigos do mundo. A diferença é que antes era uma forma de combate, meio que sem regras e com o objetivo de sobrevivência. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Com o tempo, muita coisa mudou, inclusive, as espadas. Ainda se tratando de história, saiba que a partir do século XV, na Idade Média, surgiram as primeiras escolas de esgrima, que eram focadas em ensinar soldados a se tornarem hábeis com a espada. Isso em toda a Europa.

ANÚNCIO

As forças armadas da Alemanha, da França e da Itália eram os principais expoentes do esporte. Mas, com o surgimento das armas de fogo, a esgrima foi perdendo força. Até que em 1896 entrou nos primeiros Jogos Olímpicos Modernos, o que reacendeu a chama da esgrima. 

As armas usadas na esgrima

A primeira mudança que aconteceu durante os anos tem a ver com as espadas usadas. Atualmente, dá para encontrar 3 versões delas. A florete é uma arma versátil porque é mais flexível e muito leve. Ela tem 90 centímetros, copo (que protege a mão) e a pega. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Ela só pode ser tocada no torço do adversário. Já a espada é muito mais rígida. Portanto, os lutadores maiores possuem vantagens. Nesse caso, vale acertar todo o corpo. Por isso, o jogador tende a ficar mais ereto, evitando dar chance de ataque no joelho.

ANÚNCIO

Já o sabre é o mais flexível de todos. Os combates com esse tipo de equipamento tende a ser mais rápidos. Logo, a capacidade física faz toda a diferença. E nesse caso dá para tocar com qualquer parte da lâmina e não apenas na ponta. Vale para braços e torso.

O combate moderno

Hoje em dia, outra mudança que veio para melhorar o esporte tem a ver com a tecnologia. Isso porque é usado um sistema elétrico que facilita o trabalho do árbitro. Assim, ele fica sabendo quando um toque acontece por parte de qualquer um dos esgrimistas. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Tudo funciona através da corrente elétrica. Isso porque há um aparelho elétrico que fica entre o árbitro e a pista e assinala o tempo de match, a pontuação e avisa quando há toque, acendendo luzes de cores diferentes. E isso funciona a partir da roupa dos atletas. 

No próximo tópico, nós vamos explicar um pouco mais sobre os equipamentos usados na esgrima. Continue lendo para descobrir tudo. 

Os equipamentos da esgrima

Devido ao sistema elétrico que acabamos de mencionar, é preciso pensar em equipamentos ideais para a prática da esgrima. O primeiro é o uniforme, que tem tecido resistente e reforçado nas axilas e que serve para evitar lesões ou feridas. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

As cores variam e dá para incluir o nome dos atletas nas costas. A máscara é outro item necessário, ela é feita de fios de aço entrelaçado, que visa a proteção do rosto e da cabeça. Tem a parte almofadada que fica no pescoço também. 

As luvas vão até a metade do antebraço e só se usa na mão que empunha a arma. É por ela que fica ligado o fio que permite o trabalho do sistema elétrico. Quanto ao tênis, o ideal é que seja leve e com sola de boa aderência e as meias devem ser compridas até acima do joelho.

As principais posições da esgrima

As posições e os movimentos da esgrima são bem legais de serem entendidos. Ainda mais quando a gente ainda não sabe, exatamente, como tudo funciona. Vamos falar aqui dos principais deles, como o em guarda, marchar, flecha, afundo. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Em guarda é a posição que permite que o esgrimista esteja preparado para o combate e para a defesa. O marchar é quando ele avança. O romper é para recuar. Afundo é quando há um ataque, com alongamento do braço e o movimento da perna a frente. 

Flecha é um ataque veloz para pegar o adversário de surpresa. Ah, e agora que você viu as posições, saiba que a pista é uma espécie de corredor de castelo, que mede 14 metros de comprimento por 2 metros de largura. 

As regras para praticar esgrima

Como a gente notou até aqui, a esgrima é um esporte diferente e não tão comum como muitos outros. Porém não é um bicho-de-sete-cabeças, certo? E agora que você conhece boa parte dele, vamos falar das regras, que faz toda a diferença para os praticantes. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

A primeira coisa é saber que antes mesmo de colocarem as máscaras, os lutadores devem se cumprimentar e fazem isso usando as espadas ou sabres ou floretes. Depois, cumprimentam também os árbitros e os auxiliares daquela luta. Somente após isso, eles colocam as máscaras. 

Se durante a luta o esgrimista perde a sua arma, isso dependerá da ação de ataque ou defesa. Por exemplo, se quem estava atacando perdeu, então, o oponente poderá fazer um toque. Mas, se for da defesa, por questão de ética, o combate é pausado.

A pontuação na esgrima

O próximo ponto sobre as regras desse esporte é considerar o sistema de pontuação. Saiba que se o esgrimista fugir do adversário pela lateral da pista, ele será obrigado a recuar um metro e o combate retoma. Mas, se fugir pelo fundo, então, o ponto vai para o adversário. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Sendo assim, é fácil notar que o objetivo principal é atingir uma parte do corpo do adversário com a lâmina e isso permite o acúmulo de pontos. Os confrontos são divididos em 3 rounds de 3 minutos cada um e há um minuto de descanso entre eles. 

Ainda sobre os pontos, há uma regra muito importante: ao final dos rounds, quem tiver mais ponto vence. Porém, se até o fim algum dos atletas conseguir somar 15 pontos, então, automaticamente, ele se torna o vencedor. Em caso de empato terá um novo round. 

As penalidades da esgrima

Durante as lutas, os atletas podem ser punidos por ações e condutas que não condizem com o espirito esportivo. E as punições acontecem com cartões. O amarelo é uma advertência e dois amarelos geram um vermelho. O vermelho dá um ponto extra para o adversário. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

E ainda tem o preto, que é um cartão que indica uma infração muito grave, o que quer dizer que o atleta estará fora da disputa. E quando é que essas penalidades acontecem? Quando há contato físico com o adversário, por exemplo ou quando tira o equipamento de combate.

Depois, tem ainda os grupos que geram ações mais graves e cartões vermelhos diretos. Por exemplo, ações de violência, simular contusão ou até mesmo a falta de inspeção de marcas no equipamento. E por fim, ainda tem as ofensas, fraudes, doping, falta de etiqueta, etc. 

As disputas na esgrima

Cada competição pode ter a sua regra. No entanto, existem algumas regras gerais que valem para a maioria. Inclusive, para as Olímpiadas. Assim, eles acontecem de forma eliminatória. Ou seja, os atletas são sorteados em chaves e os vencedores avançam para novas fases. 

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Os eliminados estão fora do torneio enquanto que os vencedores poderão chegar as oitavas-de-final, quartas-de-final e semifinal. Quem chega nas quartas já garante uma medalha. Isso porque os eliminados dessa fase ficam com o bronze, sem precisarem disputar o jogo. 

Enquanto isso, os classificados nas semifinais vão para a grande final, que vai gerar o medalhista de ouro e o medalhista de prata. E em se tratando de medalhas, saiba que a Itália é quem mais tem medalhas nas Olimpíadas, seguida da França, Hungria e Rússia. 

As categorias da esgrima

Diferente de outros esportes de combate, especialmente os de lutas olímpicas, saiba que a esgrima não é dividida por peso e sim por idade. Logo, não ganha quem é mais forte e sim o mais hábil. Inclusive, esse é um esporte totalmente inclusivo

Esgrima - Conheça o básico das regras e curiosidades do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Tanto é que os atletas são classificados em categorias também quando praticam em cadeiras de roda. Assim, a categoria A é para quem te mobilidade no tronco, a B é para quem tem a mobilidade no tronco reduzida e a C é para quem tem tetraplegia. 

Esgrima e Guerra nas Estrelas

A gente não poderia terminar esse conteúdo sem trazer aqui a referência com um filme que marcou época: Star Wars (Guerra nas Estrelas). Saiba que os movimentos do sabre de luz que o Darth Vader, vilão da história, faz tem a ver com o esporte, sim.

E o Bob Anderson, dos Jogos Olímpicos de 1952, foi o responsável por encenar as lutas dos filmes “O Império Contra-Ataca” e “O Retorno de Jedi”. O Bob também participou de mundiais e foi técnico nacional de esgrima da Seleção da Grã-Bretanha. 

ANÚNCIO