Covid-19: O esquecimento do futebol feminino durante a pandemia

ANÚNCIO

Futebolistas femininas em todo o mundo têm sido “rotineiramente esquecidas” durante a pandemia do coronavírus, revelou uma pesquisa do sindicato mundial de jogadores Fifpro.

Os dados mostraram que as jogadoras de dois terços dos países ficaram sem suporte para lesões físicas durante a pandemia.

ANÚNCIO

Apenas 16% das federações nacionais ofereceram apoio à saúde mental para jogadoras femininas.

Covid-19: O esquecimento do futebol feminino durante a pandemia
Foto: reprodução/internet

Os dados da Fifpro foram coletados de 62 sindicatos em todo o mundo.

Em mais de um quarto das nações pesquisadas, os clubes femininos não foram incluídos nos protocolos de “retorno ao jogo” após o adiamento inicial generalizado do esporte no início de 2020.

Fifpro também descobriu que a maioria dos clubes, ligas e federações não estão se comunicando com os jogadores sobre suas vidas profissionais, saúde pessoal ou bem-estar tanto quanto o esperado.

ANÚNCIO

“Os resultados desta pesquisa enfatizam até que ponto as jogadoras de futebol são rotineiramente esquecidas em muitas partes do mundo”, disse o secretário-geral da Fifpro, Jonas Baer-Hoffmann.

“Porém,  houve medidas positivas para investir e apoiar o futebol feminino durante a pandemia.

“Precisamos agir de forma correta ou  o progresso em direção à igualdade de gênero do futebol mundial seja atrasado em anos”.

Fique por dentro: Conheça o futebol feminino do Corinthians

Traduzido e adaptado por equipe Ao Vivo Esporte

Fonte: BBC

ANÚNCIO