Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira

Desde quando chegou no Paris Saint-Germain, da França, o jogador brasileiro Neymar Jr. tem sofrido com os cartões vermelhos. Aliás, é a fase da carreira dele onde mais foi expulso. E isso fez muita gente trazer à tona a questão sobre quem foi o jogador mais expulso da história. 

ANÚNCIO

Abaixo, a gente vai trazer várias curiosidades sobre esse assunto. Inclusive, falaremos sobre a origem dos cartões, aqueles jogadores que nunca foram expulsos, os mais expulsos em Copas do Mundo e muito mais. Ah, e vamos começar já falando dessa história do Neymar. Leia. 

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

A fase de cartões vermelhos do Neymar Jr. 

Ele chegou ao clube em 2017 e desde então levou 4 cartões vermelhos atuando pelo clube francês. Parece pouco, mas isso dá uma média de 1 cartão vermelho a cada 26 jogos. A última aconteceu em abril de 2021, quando o PSG foi derrotado pelo Lille por 1 a 0.

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

O curioso é que de todos os cartões que ele levou no PSG, 3 foram devido a desentendimentos com os jogadores adversários, como esse último. O mesmo aconteceu no jogo contra o Olympique de Marselha. O fato é que esse é o maior índice do jogador brasileiro na carreira. 

ANÚNCIO

No Santos, que foi o seu primeiro clube profissional, ele chegou a receber 5 cartões vermelhos, mas isso foi em 225 jogos, o que dá uma média de 1 cartão a cada 45 jogos. No histórico, ele ainda tem um cartão vermelho pelo Barcelona e um cartão pela seleção brasileira. 

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi

Já que comentamos sobre o Neymar, que tal a gente falar de uma dupla que é considerada a melhor do mundo? Você já pensou em quem tem mais cartões? É um assunto, já que quase sempre falamos sobre gols, títulos, troféus. Mas, sobre cartões vermelhos é raridade.

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Só que essa questão é muito mais fácil de ser respondida. O Messi nunca havia levado um cartão vermelho jogando pelo Barcelona, que foi o seu único clube, após 15 anos de carreira. Mas, no começo de 2021, ele foi expulso no jogo contra o Athletic Bilbao na Supercopa.

ANÚNCIO

Ele foi expulso também na Copa América de 2019 pela seleção argentina. Já o seu principal adversário, o português Cristiano Ronaldo acumula 11 cartões vermelhos na carreira, sendo que todas foram por clubes e nunca por seleção. Só no Real Madrid foram 6 expulsões. 

O jogador que foi expulso com 10 segundos em campo

Essa é uma história que vem lá de 2017 e impressiona pela excentricidade. Martín Alegre jogava pelo Madariaga, um time argentino da cidade de Paso de los Libres. Ele entrou em campo para substituir Jonatan Duarte. Porém, fez isso sem a autorização da arbitragem.

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Logo, ele recebeu o seu primeiro cartão amarelo sem estrear em campo. Mas, ao insultar o juiz, ele levou o segundo cartão amarelo, que veio acompanhado do vermelho também. É o tipo de história que você só acredita vendo, certo? Mas, ela aconteceu mesmo. 

Os cartões em Copa do Mundo

Agora temos um ponto curioso sobre a Copa do Mundo. Saiba que até 1970, ou seja, até a Copa de 1970 não existiam os cartões, nem amarelo e nem vermelho. Mas, após uma confusão que aconteceu na Copa do Mundo de 1966, a FIFA implantou o uso dos cartões. 

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

As cores dos cartões foram inspiradas nas cores dos semáforos, que indicam a redução de velocidade e o “parar”. Até então os juízes só podiam usar apito, voz e gestos. Mas, com os cartões em jogo, muita coisa mudou já que a linguagem se tornou mais pontual. 

Aliás, isso tem a ver com o surgimento do cartão no futebol. A ideia veio de um dos nomes mais importantes, Kenneth George Aston. Ele foi árbitro com 21 anos, em 1936. Era professor de escola. Mas, parou a carreira para servir o exército. Abriu a Copa de 1962.

Quem mais levou cartão vermelho em Copas do Mundo

Sabendo desse histórico, a próxima pergunta que você pode estar fazendo é sobre o jogador que mais vezes foi expulso da Copa do Mundo, certo? Até mesmo porque há muita gente dizendo que o foi o ídolo francês Zinedine Zidane. Mas, será verdade?

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

De fato, é verdade. Isso porque até hoje apenas dois jogadores receberam mais do que um cartão vermelho em jogos de Copa. Um deles é o francês Zidane, que tem 12 jogos em Copa, com 5 gols, 3 assistências, 4 amarelos e 2 vermelhos. 

Além dele, outro jogador que foi expulso duas vezes foi o camaronês Rigobert Song, que recebeu um em 1994 e outro em 1998. Portanto, esses são os recordistas dos cartões vermelhos em Copas do Mundo. Até a Copa de 2018 existiram 174 expulsões em Copas.

As seleções com mais jogadores expulsos na Copa

Para complementar o assunto da Copa do Mundo, saiba que o Brasil, que é o país que jogou todas as Copas do Mundo, também é o que mais tem cartões vermelhos, sendo um total de 11. O primeiro foi Zezé Procópio, em 1938 e o último foi Felipe Melo, em 2010. 

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Depois, vem a Argentina, com 10 expulsões. Na terceira posição aparece outro país sul-americano, o Uruguai, com 9 expulsões em Copas do Mundo. E já com 8 expulsões, a disputa fica entre Camarões, Itália e Alemanha. 

Uma curiosidade final é que a Copa do Mundo de 2006 foi a mais violenta, já que contou com 28 cartões vermelhos (expulsões). Por outro lado, as Copas de 1950 e 1970 foram as menos violentas porque não tiveram expulsões. 

Os jogadores que mais foram expulsos no século

O site Transfermarket fez um estudo bem interessante citando todos os maiores jogadores que foram expulsos desde 2001 até o fim do ano de 2020. A pesquisa considerou os torneios nacionais e os continentais – e não os estaduais. Assim, a lista está bem diversificada.

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

A lista tem 25 nomes, que começa com quem já teve 12 expulsões na carreira, considerando os nacionais e internacionais desde 2001. Assim, Pepe (Portugal), Mascherano (Argentina) e Daniel Alves (Brasil) iniciam a lista com 12 cartões vermelhos.

Depois, vem Filippo Porcari (Itália), Alessandro Lucarelli (Itália), Leonardo Ponzio (Argentina), Cosmin Moti (Romênia), Emre Belozoglu (Turquia), Daniele Conti (Itália) e Zlatan Ibrahimovic (Suécia) com 13 cartões vermelhos na carreira. 

O top 15 dos jogadores mais expulsos do século

Começando a lista dos 15 primeiros colocados, temos o Alexis Ruano (Espanha), Jermaine Jones (Estados Unidos), Ricardo Quaresma (Portugal) e Giampiero Pinzi (Itália), que possuem 14 expulsões em toda carreira no futebol.

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Depois, com 15 expulsões na vida, a gente tem o Alberto Lopo (Espanha). Já com 16 cartões vermelhos vem o Philippe Mexés (França). E com 17 expulsões tem o Gonzalo Rodríguez (Argentina), além do Deividas Semberas (Lituânia). 

Com 18 expulsões na carreira, vem o Gary Medel (Chile) e o Gerardo Torrado (México), ambos sul-americanos. Já o Fernando Amorebieta (Venezuela) tem 19 vermelhos. Depois, o Matteo Contini (Itália), com 20 expulsões e o Felipe Melo (Brasil), com o mesmo número, de 20. 

Os 2 jogadores mais expulsos do século

Até aqui, a gente viu que a maioria dos jogadores que mais foram expulsos no futebol vem da Itália, concorda? Só que uma grande maioria deles está aposentados. Ou seja, não vai aumentar o número de cartões vermelhos na vida profissional. 

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Depois, vem alguns nomes sul-americanos, especialmente de argentinos. E chegando no fim da lista, os dois primeiros nomes seguem essa ideia: sul-americano e europeu. Confira os nomes. 

O número 2 do mundo em expulsões é o Rafa Márquez, do México, que se aposentou com 21 cartões vermelhos na carreira. E o grande campeão, que ainda está em atividade é ninguém menos do que o espanhol Sérgio Ramos, que já foi para o chuveiro em 26 ocasiões. 

Os jogadores de futebol mais expulsos de todos os tempos

Para terminar a matéria também vale citar outra referência para fins comparativos. Saiba que a Betway fez um conteúdo citando os jogadores mais expulsos de todos os tempos e não apenas do século 21 e não apenas de competições nacionais ou internacionais

Conheça esse jogador, que foi o que mais recebeu cartão vermelho na carreira
Foto: (reprodução/internet)

Assim, a listagem inicia-se com Vinnie Jones (Reino Unido), que tem 12 expulsões e passa ainda pelo inglês Roy Keane, pelo francês Yannick Cahuzac, pelo espanhol Pablo Alfaro e cita também o brasileiro Felipe Melo. 

Ah, e não deixe de ler até o fim porque vamos citar os mais expulsos de todos os séculos também.

Os 5 jogadores mais expulsos do futebol de todos os tempos

Assim, o top 5 da lista do Betway começa com o Paolo Montero, que tem 21 expulsões. Ele é um uruguaio conhecido por dar entradas duras. Depois vem Alexis Ruano, um espanhol, com 22 cartões vermelhos. Outro espanhol é o Sergio Ramos, que já citamos acima. 

Só que a curiosidade está nas duas primeiras posições, que considera o Cyril Rool, com 27 vermelhos na carreira. Ele é meio desconhecido pelos torcedores de futebol, mas foi polêmico. E o campeão, isolado, é Gerardo Bedoya, com 43 expulsões. O defensor colombiano atuou no futebol por 2 décadas.