İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos

Ele nasceu na Alemanha Ocidental e tem hoje 45 anos. O que pouca gente sabe é que foi um jogador de futebol profissional, e mais do que isso, atuou pela seleção turca. Por fim, considere: ele deu uma carretilha no lateral-esquerdo da seleção brasileira, o Roberto Carlos.

ANÚNCIO

Mas, tudo bem se você não se lembra disso – mesmo que a Turquia tenha ficado na 3ª posição na Copa do Mundo que ele jogou, em 2002. Hoje, você vai conhecer essa incrível história do Mansiz, que atualmente é um patinador artístico.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Quem é Ilhan Mansiz

O que dá para dizer, com certeza, é que ele é um multiprofissional, pois Mansiz foi ator antes de ser jogador de futebol. Depois disso, com até certa fama, ele migrou de esporte e foi para a patinação. Mas, para entender essa história, vamos com calma.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Ele nasceu em uma comunidade da Crimeia, sendo a mãe costureira e o pai operário. Entre idas e vindas para a Alemanha, ele começou a jogar bola seguindo os passos do irmão, Erman. Fez muitos gols e isso chamou a atenção de vários clubes da região.

ANÚNCIO

Foi contratado pelo Augsburg e venceu o campeonato juvenil e a Copa da Alemanha da mesma categoria. Aos 19 anos, com a sua primeira transferência ele começou a ganhar dinheiro com o futebol. Assim, comprou um set de música. 

O histórico de transferências de Ilhan Mansiz

Como falamos, essa é uma história curiosa. E saiba que a vida profissional dele começou a ser movimentada lá em 1994, quando ele saiu do FC Augsburg U19 e foi para o Colônia II, ambos da Alemanha. A transferência não teve custo de negociação.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

No ano seguinte, uma nova transferência, para para o Genclerbirligi, da Turquia e por um valor de 25 mil euros. E ano a ano ele passou a mudar de clube, sendo que variou entre Alemanha e Turquia, jogando em clubes como Kusadasispor, Samsunspor, Besiktas, Turk Munchen.

ANÚNCIO

Em 2004, ele teve uma mudança drástica de vida no futebol. Saiu no Besiktas, da Turquia e foi para o Vissel Kobe, do Japão por um valor de 5 milhões de euros. Ficou lá por um único ano até que voltou ao Hertha Berlim, da Alemanha. O último clube foi o Ankaragucu, da Turquia.

O desempenho da carreira de Ilhan Mansiz

A maior parte da vida, o atleta jogou na Super Lig, que é a primeira divisão do campeonato da Turquia. Ele fez, ao todo, 166 jogos, sendo que marcou 65 gols e deu 28 passes para gol. Outro campeonato que ele atuou muito foi a copa nacional da Turquia, a Ziraat Turkiye Kupasi.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Foram 8 jogos, sendo 4 gols e 1 assistência. Depois, ele ainda somou alguns jogos internacionais, como sendo 5 pela Taça UEFA e outros 5 pela Champions League. Tem ainda mais 4 participações na Taça Interetoto e 3 jogos na Liga Japonesa, a J1.

Sendo assim, a carreira de Ilhan Mansiz no futebol é marcada por 192 jogos e 72 gols, com mais 30 assistências. O que dá uma boa média, de um gol para cada 205 minutos de jogo.

O Ilhan Mansiz na seleção turca

Pela seleção turca, ele tem 21 jogos, 7 gols e a lendária camisa 10 estampada nas costas. A estreia dele aconteceu em 2001, quando Senol Gunes era o treinador da equipe. Na época, ele tinha 26 anos.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Entre os jogos que disputou, saiba que 7 foram amistosos e mais 7 da Copa do Mundo. Teve ainda outros 5 da qualificação do europeu e mais 2 da qualificação para a Copa. As partidas aconteceram entre 2001 e 2003.

No mundial de 2002, Ilhan jogou contra o Brasil pelo grupo C. Depois, contra Costa Rica e China. Nas oitavas, enfrentou o Japão e nas quartas, o Senegal. Já na semi, pegou o Brasil de novo e perdeu pela segunda vez. Porém, venceu a Coreia do Sul na disputa da terceira posição.

A carretilha no Roberto Carlos

Um dos lances mais famosos do Ilhan foi na Copa de 2002, no jogo contra o Brasil. Isso foi logo no jogo de estreia da seleção, ainda pela fase de grupos. Ele surpreendeu o mundo ao dar um drible de chapéu, em forma de carretilha, no lateral da seleção.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, naquela Copa, além de um 3º lugar histórico, ele ainda havia conseguido marcar o seu primeiro gol em Copas do Mundo, sendo nas quartas-de-final, contra o Senegal. Sendo esse o “gol de ouro”, quando a partida estava na prorrogação.

Já na disputa do bronze, ele marcou dois gols contra a Coreia do Sul, na vitória por 3 a 2. Antes, na fase de grupo, ele conseguiu ficar em segundo lugar, atrás do Brasil, somando 4 pontos, mas vencendo a Costa Rica no saldo de gols.

A aposentadoria de Ilhan Mansiz

Ele parou de jogar bola profissionalmente em 2005 e ainda há algumas controvérsias sobre isso. Porém, a opinião mais aceita é de que ele tenha sofrido muito com os problemas no joelho. O motivo é que o seu último clube foi em 2005, sendo o Ankaragucu.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Na época, ele tinha 30 anos e ainda apresentava um bom futebol. No entanto, vale recordar que ele não jogou pela Turquia no amistoso de 2002 porque havia feito uma artroscopia. E mais tarde, na Taça das Confederações de 2003, também não jogou.

O motivo informado pela seleção foi justamente “problemas no joelho”. A partir disso, ele ficou fora de pelo menos 10 partidas. Só que voltou a jogar no fim do ano, nas suas últimas 3 partidas, sendo contra Inglaterra e Letônia. 

O que dizem os jornais internacionais

Para confirmar a ideia de que ele se aposentou por conta das lesões, veja o que diz o site Haberler.com: “Na temporada de 2005, ele se machucou e foi transferido para o MKE Ankaragucu. Teve um bom desempenho e fez o último gol da carreira em 2005”.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Sobre a aposentadoria, o site diz que: “ele anunciou que parou de jogar bola devido a um acidente de trânsito na Alemanha. Porém, voltou a treinar nos Estados Unidos”. Com isso, o site afirma que a aposentadoria real foi em 2009.

Mais tarde, em 2018, o Besiktas anunciou que o Ilhan seria o seu treinador adjunto, juntamente com o Guti, que foi outro jogador importante do clube. Porém, ele deixou o emprego no ano seguinte, novamente, devido a problemas de saúde.

E a patinação artística?

Quando tinha 33 anos de idade, logo após essa primeira aposentadoria, ele aprendeu a patinar e chegou a competir em um show turco chamado de Buzda Dans. A sua parceira de dança foi a Olga Bestandigová, que também era a sua atual namorada. 

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Curiosamente, ele venceu o show que participou e na época disse que tinha um grande novo sonho, o de representar a Turquia nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. Ele seria o primeiro a jogar a Copa do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos – depois de Aleksandar Shalamanov.

Para isso, ele e a namorada participaram do Troféu Nebelhorn em 2013, sendo uma espécie e qualificação para as Olimpíadas do ano seguinte. Eles ficaram entre os 20 melhores, mas em último no de pares. Ainda assim, continuaram treinando.

O que é a comunidade da Crimeia

Lá no começo do texto, a gente falou sobre a comunidade de Tártaros da Crimeia, certo? É curioso falar disso porque estamos diante de europeus do leste Turco. É um grupo étnico que é formado por indígenas, sendo que isso se iniciou lá no século 13.

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Foi quando cumanos (povos turcos que eram nômades) apareceram na Crimeia e contribuíram fortemente para a habitação e mudança cultural do lugar. A formação se deu com a miscigenação com gregos, italianos e godos. Hoje, são chamados de Indígenas da Ucrânia.

A maioria dos tártaros da Crimeia está na própria Crimeia, porém, também existem povos espalhados pelo Uzbequistão, Peru, Ucrânia, Romênia, Rússia, Bulgária, Cazaquistão e até mesmo nos Estados Unidos.

Onde encontrar o Ilhan Mansiz hoje

Atualmente, ele pode ser encontrado na sua página do Instagram e a cada dia surpreende os seus fãs com novas fotos em novos esportes. O mansiz26, como está sendo chamado lá, acabou de publicar uma imagem jogando golfe. Acredita?

İlhan Mansız: patinador artístico que deu uma carretilha em Roberto Carlos
Foto: (reprodução/internet)

Ele tem mais de 300 mil seguidores e pouco mais de 60 publicações. Entre os treinos na academia, os voos de paraquedas e as fotos antigas no futebol, ele sempre dá um jeito de relembrar os fãs sobre os seus feitos.

Outros jogadores importantes da Turquia

Além do Ilhan Mansiz, considere que a seleção turca tem alguns momentos de glória no futebol. Por exemplo, venceram o campeonato europeu sub-17 por 2 vezes, além do bronze na Copa de 2002 e na Copa das Confederações de 2003.

Ainda ficaram na 4ª posição da Eurocopa de 2008. E na Copa de 2002, além de Ilhan, outros jogadores também vieram de colônias alemãs, como Basturk, Havutcu e Umit Davala. Atualmente, os maiores representantes são: Arda Turan, Nihat e Emre, além de Hamit Atintop.