Descubra como o Handebol iniciou no Brasil

O handebol tem uma história bonita no Brasil. Ao menos, é o que estamos vendo nos últimos anos e nos últimos Jogos Olímpicos. Por enquanto, sem medalhas, mas, se a gente considerar a história toda, dá para ver que logo chegaremos lá. É questão de tempo. 

ANÚNCIO
Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

O esporte nasceu na Alemanha vindo de uma adaptação de outro esporte. Os alemães trouxeram para o Brasil. Hoje, como resultado do empenho dos nossos atletas, temos 2 jogadoras consideradas as melhores do mundo. Para saber tudo sobre o handebol aqui no Brasil, você vai encontrar os seguintes tópicos aqui:

  • A origem do handebol
  • As mudanças no handebol
  • O handebol no Brasil
  • A popularização
  • A internacionalização
  • O handebol do Brasil nos Jogos Olímpicos
  • A continuidade nos Jogos
  • Os melhores jogadores de handebol do Brasil
  • As regras do handebol
  • A quadra.

A origem do handebol

Antes de chegar no Brasil, o handebol foi criado pelo atleta e professor de educação física alemão chamado Karl Schelenz, isso em 1919. O fato aconteceu após ele e os seus amigos de trabalho reformularem o esporte para deficientes chamado de torball.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Desde essa época, o esporte vem se adaptando as novas realidades. Por exemplo, muitas vezes mudaram o local do jogo, que era ao ar livre, nos gramados e passou a ser em espaços menores, como em salões ou quadras fechadas. 

ANÚNCIO

Ah, a maior curiosidade é que esse esporte era exclusivo para mulheres. Mas passou a ser de ambos os sexos e até mesmo um esporte olímpico. As primeiras partidas aconteceram em Berlim, durante a 1ª Guerra Mundial. 

As mudanças no handebol

Entre tantas mudanças e adaptações desse esporte, saiba que o número de jogadores era bem maior no começo, sendo de um total de 22 atletas, 11 para cada lado. Atualmente, são 14 jogadores divididos em dois grupos de 7. 

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

E com essas mudanças, de número de jogadores e de local, ele passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos de 1972. A fundação da Federação Internacional de Handebol se deu na Basileia, na Suíça. E hoje ele é o principal responsável no mundo, presente em mais de 180 países. 

ANÚNCIO

Além disso, outras regras do esporte são: a partida acontece em dois tempos de 30 minutos cada, com intervalo de 10 minutos, com dois árbitros e um cronometrista. Além disso, o jogo permite dribles, passes, arremessos e empunhadura (que é como se segura a bola).

O handebol no Brasil

No Brasil, o handebol tem uma história peculiar. Mas, antes disso, vamos trazer aqui um ponto interessante. Enquanto ele ainda não tem tanto volume e importância para as transmissões de TV, saiba que nas escolas ele é considerado o segundo esporte mais praticado, atrás do futsal.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

E tem mais um dado bacana de ser considerado para esse começo de texto: com base em estudos da Federação Internacional de Handebol (IHF), o Brasil ocupava a 5ª posição mundial com relação ao número de praticantes federados no esporte. Isso em 2013.

Agora, em se tratando de história do handebol no Brasil, saiba que ele surgiu após a 2ª Guerra Mundial, sendo trazido pelos imigrantes alemães, que chegaram, primeiro, na região Sul do país – devido ao clima, que é mais frio e muito parecido com o da Europa.

Em São Paulo

Só que mesmo tendo chegado primeiro no Sul, foi no estado de São Paulo que o esporte ganhou desenvolvimento e profissionalismo. Ainda mais se a gente considerar que em 1940 foi fundada a Federação Paulista de Handebol, que teve Otto Schemelling como presidente. 

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Considerando a regra de que é preciso ter 7 jogadores de cada lado em um salão, saiba que a primeira competição oficial de handebol no Brasil aconteceu em um campo improvisado, ao lado do campo de futebol do Esporte Clube Pinheiros. 

E mais do que isso, nesse torneio as áreas foram marcadas com cal e as traves foram delimitadas com caibros de madeira. Aliás, o handebol ficou na “marginalidade” dos desportes até a década de 60, permanecendo apenas em São Paulo.

A popularização

A popularização do handebol no Brasil começou, então, após 1960, sendo que a partir dessa década começou a difundir em outras cidades e estados. Um bom exemplo é o caso do Augusto Listello, que foi professor em Santos e levou o esporte para lá. 

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Mas a popularização oficial veio com a inclusão do handebol no III Jogos Estaduais Estudantis Brasileiros, que aconteceu em Belo Horizonte, no interior de Minas Gerais, em 1971. A partir disso que começaram a pensar na criação da Confederação Brasileira de Handebol, em 1979.

Aqui podemos trazer outra curiosidade, a sigla para a Confederação é CBHb. E sabe por quê? Porque também existe a Confederação Brasileira de Hipismo, que tem a mesma sigla. E o primeiro presidente da Confederação foi o professor Jamir André. 

A internacionalização

Seguindo todo contexto histórico que trouxemos aqui, desde quando os alemães trouxeram o esporte para o Sul do país até a criação da CBHb, agora é hora de falar como o Brasil levou o esporte para fora daqui, de forma profissional.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Isso acontece de forma mais rápida. Com a CBHb foi criada a 1ª Taça Brasil de Clubes, em São Paulo. Já em 1991, a gente levou as seleções brasileiras feminina e masculina para o Campeonato Mundial Juniores, na Grécia e outro na França. 

E no ano seguinte, a seleção masculina conseguiu vaga para os Jogos Olímpicos. Enquanto isso, a seleção feminina participou, pela primeira vez, das Olímpiadas em 2000. Curiosamente, em 1996, nós ganhamos um troféu por ser o país que mais contribuiu com o esporte na década. 

O handebol do Brasil nos Jogos Olímpicos

E como mencionamos acima a questão dos Jogos Olímpicos, vamos contar um pouco mais sobre eles agora. A primeira participação foi em 1992 em Barcelona, na Espanha. A seleção ficou em 12º lugar. Já em 1996, em Atlanta, Estados Unidos, ficamos em 11º.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Mas, o grande detalhe é saber que nessas duas vezes a gente foi para os Jogos porque Cuba desistiu da vaga que tinha. Já a seleção feminina conseguiu isso por mérito próprio, ou seja, com o ouro dos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg do Canadá, em 1999.

Nos Jogos de Sidney, as meninas ficaram em 8º lugar. E esse reconhecimento foi importante para conseguir patrocínios e até mesmo para que elas recebessem convites para jogar handebol na Europa

A continuidade nos Jogos

A partir disso, o Brasil sempre marcou presença nos Jogos. Por exemplo, na Grécia, em 2004, a seleção masculina ficou em 10º lugar e a feminina na 7ª colocação. Na edição seguinte, na China, em 2008, a feminina ficou em 9º lugar e os meninos em 11º lugar. 

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Em 2012, na Inglaterra, também estávamos lá. Aliás, para muita gente, foi aí que ganhamos notoriedade. Isso porque a seleção feminina fez história, mesmo sem medalhas. Foi a melhor campanha dos Jogos para elas e no fim nós ficamos em 6º lugar. 

Curiosamente, um ano depois dos Jogos de Londres, a seleção feminina de handebol conquistaria o mundo, ao ser campeã do Mundial da Sérvia

Os melhores jogadores de handebol do Brasil

Uma das melhores notícias e que comprovam tudo o que falamos acima é que recentemente o Brasil teve duas jogadoras eleitas como as melhores do mundo na modalidade. Primeiro foi a Alexandra Nascimento, no ano de 2012. Depois, a Duda Amorim, em 2014.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

A Alexandra é de Limeira (SP) e tem hoje 39 anos. A Alê, como é chamada, joga na ponta-direita pelo Hypo Niederosterreich, da Áustria. Por lá, foi campeã nacional por mais de 20 vezes. Pela Seleção, venceu Pan-Americanos e Mundiais. 

A Eduarda Idalina Amorim, ou simplesmente Duda, é de Blumenau (SC) e tem 34 anos. O último clube dela foi o Gyori, da Hungria. Ela tem várias medalhas de ouro, como de Mundiais, Pan-Americanos e como melhor do mundo, seja por posição ou equipes.  

As regras do handebol

Para quem não conhece do esporte, saiba que ele é visto como uma espécie de futebol jogado com as mãos. Porém, há muito mais nisso do que se parece. O que é igual é o fato de que o objetivo é marcar gols e quem marcar mais, ganha. 

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

A principal regra é a seguinte: quando a bola está na mão do jogador, ele pode dar até 3 passos antes de passar para outro ou arremessá-la ao gol. E tem tempo também: cada jogador pode ficar com a bola nas mãos por até 3 segundos. Por isso, é um esporte dinâmico. 

Se há toque de bola com os pés ou outras partes do corpo temos a falta. Se um jogador tenta arrancar a bola da mão do outro também. E como no futebol, dependendo da falta, tem o cartão amarelo e o cartão vermelho. 

A quadra

Sobre a quadra onde o esporte é praticado, saiba que ela tem 40 metros por 20 metros. Sendo que de cada lado tem os gols, que são menores do que os de futebol ou futsal, medindo 2 metros por 3 metros. O piso é de madeira envernizada ou emborrachado.

Descubra como o Handebol iniciou no Brasil
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque estamos falando do handebol de salão, ok? Já que a prática começou na praia e depois foi para o campo ou gramado, como comentamos lá no início do texto. 

Aliás, considere que esse tamanho é o padrão usado nas competições. Mas, também pode haver uma variação de 2 metros para mais ou para menos. Por exemplo, 38 metros por 18 metros ou 44 metros por 22 metros. 

ANÚNCIO