O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo

Você era um daqueles alunos que não perdia tempo e logo fazia um aviãozinho de papel para brincar com os alunos na sala de aula? Bom, se você realmente tem o dom para essas fabricações, saiba que tem um campeonato mundial onde você pode provar isso.

ANÚNCIO

Assim, você pode ser o melhor conforme a distância do seu voo, o tempo do voo ou até mesmo a acrobacia que a sua aeronave faz no ar. E não importa qual é a sua nacionalidade, se você é um bom piloto, com certeza, tem um lugar especial nessa competição.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

A origem do campeonato mundial de aviões de papel

Tudo começou lá em 2006, quando mais de 100 alunos universitários de quase 50 nações se encontraram em Salzburgo, na Áustria, para disputar essas modalidades. Na ocasião, um croata, um brasileiro um israelense e a seleção de Holanda levaram os prêmios.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Após isso, o torneio aconteceu mais duas vezes, como vamos mencionar abaixo. Para começo de conversa, no entanto, é importante que você saiba que a competição tem por trás uma entidade de respeito, a Paper Aircraft Association (PAA). 

ANÚNCIO

Ela organizou todos os eventos até aqui e é quem dita as regras para os recordes internacionais também. A fundação dela vem desde 1989 através do fotógrafo britânico Andy Chipling. O intuito dele era o de trabalhar para o aprimoramento da tecnologia dos aviões.

Onde surgiu o avião de papel

Agora, vamos dar um passo para trás, antes de continuar falando do torneio, para entender melhor sobre a fabricação manual desses aviões. O resultado é um brinquedo que é feito a partir de uma única folha de papel, sem cortes e sem colas ou adesivos.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Logo, utiliza-se a técnica da dobradura. Assim sendo, a construção de aviões de papel é chamada de origami, já que segue as mesmas ideias das técnicas de dobraduras orientais. Mas, onde surgiu essas construções? Ao que tudo indica, o surgimento vem da China Antiga.

ANÚNCIO

Mas, quanto ao aperfeiçoamento da técnica e o desenvolvimento dos aviões mais sofisticados, a gente tem um lugar especifico, o Japão. Aliás, até hoje, a melhor técnica é a de ter um avião com o centro de gravidade de 2,5 centímetros após o meio e as asas médias. 

A tecnologia por trás da criação dos aviões de papel

Vamos estudar a tecnologia usada para as criações. Na verdade, como falamos, você só precisa ter uma folha de papel e fazer dobraduras certas. Mas, há uma explicação para que isso funciona muito bem: a gravidade. 

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Assim sendo, um avião como esse pode se manter no ar enquanto a sustentação que foi feita conseguir manter a gravidade. Se a gravidade é maior que a sustentação, o avião começa a descer. Por isso, a área da asa tem uma importância muito grande. 

Sem contar que também dá para aumentar a sustentação do avião de papel no ar aumentando o ângulo de ataque. Por último, ainda tem a questão do impulso, só que ele acontece na horizontal. Por isso, um avião rápido possui asas finas e um planador tem asas grandes. 

O resultado dessa tecnologia

Só para você entender brevemente aonde queremos chegar, antes mesmo de falar das competições, saiba que o resultado dessa criação pode ser uma distância de voo que é de mais de 69 metros, que foi o que aconteceu no Recorde Mundial, de 2012, do Joe Ayoob.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, também é um recorde sobre o maior lançamento simultâneo de aviões de pape, que aconteceu em 2007, na cidade metropolitana de Porto, em Portugal. Foram lançados mais de 12,6 mil aviões de papel no Estádio do Dragão.

Ah, e tem mais um detalhe: o avião de papel é uma das aeronaves que existem dentro do aerogami. Assim, também é possível criar, a partir da técnica oriental, planadores, flutuadores e outros elementos de propriedade aerodinâmica.

Sobre o campeonato mundial de aviões de papel

A gente já viu que o primeiro evento foi em 2006 e organizado pela PAA. Correto? Outra coisa bacana de saber é que ele recebe patrocínios da Red Bull todas as edições. E todas as vezes acontece no Hangar-7, que fica em Salzburgo, Áustria.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Esse lugar é uma espécie de empreendimento multifuncional que fica dentro do aeroporto da cidade. Ele é um complexo futurista que é da Red Bull. Lá dentro dá para encontrar, além de campeonatos mundiais, aeronaves de verdade e carros da Red Bull.

Outra coisa é que o lugar abriga o Ikarus, que é considerado um dos restaurantes mais famosos, mais caros e mais sofisticados do mundo. Já sobre o Red Bull, ele possui equipes no futebol, no hóquei no gelo, no automobilismo e no motociclismo também. 

Como acontecem as provas do campeonato 

É a PAA que organiza tudo e cria as regras. Assim, as provas acontecem em locais fechados, como esse empreendimento que citamos. Ou seja, não há vento para favorecer um ou outro competidor. E cada participante possui 2 tentativas por categoria.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Logo, uma fita métrica é usada de forma padrão, com dispositivo a laser e um cronometro, para medir os resultados finais de cada lançamento. Na modalidade de voos acrobáticos, os concorrentes podem usar aviões pré-construídos e sem restrição de tamanho. 

Já quem participa da modalidade de voo a distância ou tempo de voo, o papel é fornecido pela organização pouco antes de o duelo acontecer. O papel usado é o padrão, sendo uma folha A4 de 80 gramas. Os aviões são construídos no local e há um júri que dá as notas também. 

As categorias do mundial de aviões de papel

A gente já falou que são 3 categorias que existem nessa competição, correto? Mas, não explicamos exatamente como elas funcionam. Então, faremos isso agora mesmo. Aliás, são elas: distância, tempo e acrobacia. 

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, vamos citar também alguns recordes atuais e atuais vencedores da competição. Isso porque o evento aconteceu pela primeira vez em 2006 e teve mais duas edições. 

Distância, Tempo e Acroabacia

A distância se refere ao simples “voar mais longe”. Então, é a maior distância que é contada entre a decolagem e o ponto de chegada. E isso fica dentro do Espaço Aéreo Oficial. O recorde atual é de Stephen Krieger, dos Estados Unidos, com 63,19 metros.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Já o tempo de voo tem a ver com o “ficar no ar por mais tempo”. Assim, os resultados são contados em décimos de segundos, respeitando as medidas temporais. Logo, o recorde mundial é de Takuo Toda, que é um japonês, que conseguiu 27,9 segundos.

Por fim, a acrobacia. Ela é uma categoria demonstrativa e que exige muito da criatividade e do estilo do aviãozinho. Portanto, é uma espécie de “freestyle” do campeonato. Nesse caso, há um júri que julga o vencedor avaliando a fabricação, a criatividade e a performance. 

Os vencedores do campeonato mundial de aviões de papel

Em 2006, a gente teve Jovica Kozlica, da Croácia, como campeão do voo por distância, com 54,43 metros. Depois, o brasileiro Diniz Nunes conseguiu o melhor tempo de voo, com 11,5 segundos. E Sagi Volniansky, de Israel, ficou com 56 pontos na acrobacia.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Já em 2009, Jovica ganhou de novo na distância, com os mesmos 54,43 metros. Já no tempo de voo foi outro brasileiro que venceu, Leonard Ang, com 11,66 segundos. E a acrobacia foi comandada pelo japonês Takeshige Kishii, com 56 pontos.

Na última edição, Tomas Beck, da República Tcheca, ficou com uma distância de 5,37 metros e venceu nessa categoria. Depois, o libanês Elie Chemaly conseguiu 10,68 segundos no tempo de voo e Tomasz Chodyra, da Polônia, ficou com 50 pontos nas acrobacias. 

Não vão ter novas edições do campeonato?

Vai sim. Apesar de não se ter tanta notícia após o ano de 2012, considere que a Red Bull continua organizando o evento. Inclusive, já criou as competições nacionais em vários países, que levam os melhores classificados para o mundial. E tudo está no site do Paper Wings.

O Campeonato Mundial de Aviões de Papel existe mesmo
Foto: (reprodução/internet)

Tanto é que no site oficial aparece novos nomes que não mencionamos aqui. Como o do norte-americano Jake Hardy, que tem uma distância de 56,61 metros, do australiano Cameron Clark, com 13,33 segundos e de Kateryna Ahafonova, da Ucrânia, com 27 pontos na acrobacia.

Assim, em 2019 foi a 5ª edição do evento, sendo que houve uma 4ª edição também. O que se sabe é que na última edição foram 50 mil inscritos em mais de 430 fases classificatórias realizadas em várias partes do mundo. Somente 176 competidores foram para a final.

Como participar do evento mundial?

Saiba que antes de chegar no mundial é preciso se qualificar dentro das regiões nacionais. Ou seja, tem as fases de classificação. De todo modo, cada uma delas é organizada pela Red Bull. Ao todo, são mais de 400 universidades inscritas, de mais de 60 países. 

Como vimos, o último evento foi em 2019. Já em 2020 não aconteceu por conta da pandemia e não se tem notícia, oficial, se vai acontece rem 2021. De todo modo, a Red Bull mantém uma página de cadastro para os interessados e lá informa quando as inscrições serão abertas.