Lewis Hamilton: campeão da F1 ‘feliz por estar vivo’ após se recuperar do coronavírus

Lewis Hamilton disse que estava “feliz por estar vivo” depois de se recuperar do coronavírus para terminar a temporada de Fórmula 1 com um terceiro lugar. O campeão mundial perdeu a penúltima corrida no Bahrein há uma semana após testar positiva para Covid-19, mas se recuperou a tempo de correr em Abu Dhabi.

Hamilton disse após a corrida: “Estou destruído. Não me sinto bem. Mas estou feliz e grato por estar vivo. Vivo para lutar outro dia e ainda assim consegui terminar no pódio.”

O piloto da Mercedes de 35 anos testou positivo para Covid-19 um dia depois de vencer o Grande Prêmio do Bahrain no mês passado, foi forçado a pular o GP de Sakhir na mesma pista uma semana depois e passou 10 dias isolado antes de um teste negativo na quarta-feira o liberou para viajar para Abu Dhabi.

Lewis Hamilton: campeão da F1 'feliz por estar vivo' após se recuperar do coronavírus
Foto: (reprodução/internet)

A doença é muito séria

“Covid não é brincadeira. Eu nunca pensei que fosse. Eu sabia que em algum momento, se eu entendesse, seria difícil porque há pessoas lá fora perdendo suas vidas. Então eu sabia que era sério”, disse o piloto. Além disso, complementou que “Sempre acho muito estranho ver líderes mundiais rindo disso como se não fosse nada.”

Max Verstappen da Red Bull venceu o final da temporada, com o companheiro de equipe de Hamilton Valtteri Bottas em segundo lugar.

Veja também: Grande Prêmio de Abu Dhabi: Max Verstappen mais rápido com o retorno de Lewis Hamilton

‘Um dos anos mais difíceis’

Hamilton se tornou o piloto de maior sucesso na história da Fórmula 1 este ano, quebrando o recorde de vitórias de Michael Schumacher e igualando as conquistas do alemão de sete títulos.

Mas ele disse que foi um ano difícil devido às restrições impostas pelo coronavírus. A temporada foi inicialmente suspensa em março e a F1 estabeleceu um sistema de protocolos que manteve as pessoas afastadas tanto quanto possível para reiniciá-la.

Lewis Hamilton: campeão da F1 'feliz por estar vivo' após se recuperar do coronavírus
Foto: (reprodução/internet)

E os motoristas tiveram que se isolar o máximo possível para minimizar os riscos de pegar o vírus e atrapalhar suas temporadas. Hamilton disse: “Este ano foi um dos mais difíceis, senão o mais difícil, porque todos nós lidamos com o isolamento.

“Não estivemos perto de pessoas; houve uma grande perda de vidas. A vida não é normal. Estou grato por termos corrido e essas corridas podem exigir muito de você, então para mim, definitivamente, é uma grande conquista para a F1 nos ter voltado a correr.

“Graças a Deus pelo bem-estar e saúde de todos aqui, o esporte conseguiu passar com segurança ao longo do ano”, afirmou Hamilton.

Leia mais: Lewis Hamilton vence o sétimo título de Fórmula 1 – igualando Michael Schumacher

Conversas de contrato iminentes

Hamilton ainda não assinou contrato para a próxima temporada. Ele e o chefe da equipe, Toto Wolff, concordaram em adiar as negociações até que ele tivesse conquistado o campeonato, para evitar distrações ou riscos à saúde, mas a doença de Hamilton fez com que precisassem ser adiados novamente.

Lewis Hamilton: campeão da F1 'feliz por estar vivo' após se recuperar do coronavírus
Foto: (reprodução/internet)

Hamilton disse: “Espero que nas próximas semanas. Adoraríamos terminar antes do Natal. Pretendo estar aqui no próximo ano. Quero estar aqui no próximo ano.”

Leia também: Fórmula 1: Lewis Hamilton será finalmente nomeado cavaleiro na lista de Honras de Ano Novo

Traduzido e adaptado por equipe Ao Vivo Esporte

Fonte: BBC