Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar

Para quem nunca ligou o nome com o esporte, vamos explicar: é aquela atividade onde o praticante, amarrado em um cabo elástico, faz um salto de um lugar bem alto, em queda livre. Sendo assim, a escolha do lugar do pulo é uma das coisas mais importantes do esporte.

ANÚNCIO

No entanto, não estamos falando apenas de escolher um lugar alto para o salto. Isso porque é preciso pensar também na segurança do praticante e, vamos combinar, na paisagem do lugar, que pode fazer toda a diferença na hora de se inspirar, não é mesmo?

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Veja alguns tópicos que abordaremos, além, é claro, de listar os 10 melhores lugares para saltar de bungee jumping:

  • A história do bungee jumping
  • Os tipos de saltos no bungee jumping
  • Os equipamentos do bungee jumping
  • A história do bungee jumping
  • Quando o salto não é indicado

A história do bungee jumping

Para conter a história do esporte, a gente tem que deixar para trás alguns mitos. O que, por exemplo, passa sobre o enredo de uma mulher que se jogou após tentar fugir do marido. Só que a mulher amarrou um cipó nas pernas e se salvou. O marido que pulou atrás não.

ANÚNCIO
Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Isso realmente aconteceu e acontece em Bunlap, porém não tem ligação direta com o esporte. Se formos mais afinco na história, a gente vê que em 1979, os membros do “Dangerous Sport Club”, da Universidade de Oxford, saltaram da ponte de Clifton com 75 metros de altura amarrados.

Esse sim pode ser um bom começo, se a gente considerar que apenas 1 década depois, o neozelandês Alan Hackett saltou de um ponto da Torre Eifeel, em Paris e começou a popularizar o esporte, que mudou muito desde os primeiros saltos. 

Os tipos de saltos no bungee jumping

Atualmente, o bungee jumping permite um monte de tipos de saltos. Sendo que cada atleta, conforme for se tornando mais experiente, pode ir se reinventando. Mas, atualmente, a gente tem 3 que são bastante comuns. 

ANÚNCIO
Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

O arnês no corpo é quando o salto é comum, mais tradicional. Assim, a corda é presa na cintura do praticante. Mas também tem a opção de prender o arnês nas pernas do praticante, nesse caso, o salto é feito de cabeça para baixo.

E a última opção, que está entre as mais conhecidas, é chamada de “mergulho de andorinha”. Nesse caso, estamos falando sobre saltar para fora da plataforma e fazer um movimento semelhante ao voo da andorinha, movimentado os braços. 

Os equipamentos do bungee jumping

Antes de falar dos locais mais apropriados e conhecidos no mundo para o salto de bungee jumping, vamos considerar aqui que há uma lista de equipamentos que precisa ser considerada desde cedo, seja para os amadores ou mais experientes. 

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Primeiro, as fitas tubulares de nylon, depois vem os cabos, os mosquetões de aço, a cadeirinha de alpinismo, os cabos de aço ou cordas estáticas para ancoragem, as cordas estáticas para resgate, o freio rack para resgate, as fitas tubulares, a faca e o kit de primeiros socorros. 

A partir disso, o praticante começa a ter uma certa segurança ao fazer o salto. No entanto, também é fundamental saber a procedência de cada um deles. Outra coisa é saber a atual situação de saúde, especialmente as questões cardiovasculares. 

10 – Rio Colorado (Costa Rica)

Definitivamente, não dá para falar em ponto alto para pular de bungee jumping com paisagem inesquecível sem citar esse lugar aqui. A ponte fica bem acima do Rio Colorado e tem 85 metros de altura. Portanto, é a melhor ponte para a prática de bungee jumping do país.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

E tem mais um detalhe: dependendo do horário que você vai pular e do clima, você terá uma visão que nunca teve na vida. É esplendido, cartão-postal, capa de foto no Instagram, meus amigos. Valeria a pena só pela paisagem. Mas é preciso coragem, obviamente. 

9 – Niouc (Suíça)

Se você busca por um ponto que esteja entre os mais altos do mundo, aliás, da Europa, saiba que a ponte Niouc é a sua possibilidade. Ela fica bem ao Sul do país e tem 190 metros. A construção aconteceu em 1922.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Outra coisa bacana de saber é que ela é considerada a maior passarela suspensa do mundo e também é o maior gasoduto. De fato, o que temos para dizer é: é só para quem tem coragem, não é mesmo? Curiosamente, saiba que o lugar também é ótimo para trilhas por ter serras.

8 – Canal de Corinto (Grécia)

Há quem diga que a Grécia é um dos melhores destinos para os casais apaixonados. Agora, se a gente estiver falando sobre casais que gostam de aventura, isso poderá ser comprovado por esse canal, que proporciona uma experiência única. 

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

A ponte tem pouco menos do que 80 metros de altura e está acima do canal, que é estreito e foi construído no século 19. Ele tem mais de 6 Km de comprimento. 

7 – Royal Gorge Suspension Bridge (Estados Unidos)

Você não vai acreditar quando pensar na possibilidade de pular desse lugar. É um verdadeiro cenário de filme e de série que fica bem no coração do Colorado. Aliás, vamos ser práticos: é a torre suspensa mais alta do mundo – ou pelo menos, uma das mais altas. 

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Ela tem 321 metros de altura e, assim, se torna ótima para esse esporte radical. Para quem busca adrenalina e paisagem, saiba que a torre cruza o rio Arkansas. Vai encarar?

6 – Torre Alta Vila (Brasil)

É isso mesmo e o Brasil, com tanta natureza, não poderia ficar de fora, certo? Por aqui, a Torre Alta Vila é uma das melhores recomendações para quem quer pular de bungee jump. Ou seja, você nem precisa sair do país se não quiser para fazer isso.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Ela fica em Belo Horizonte e se encontra em um centro comercial, com vários entretenimentos, como o bungee jump. Ao todo, são mais de 70 metros de altura, sendo que essa é considerada a primeira base fixa do esporte no nosso país. 

5 – Puerto Vallarta (México)

A primeira vantagem desse lugar é que ele é turístico por si só. Depois, que ele é ideal para o bungee jump e tem ainda que considerar que fica aqui mesmo na América. Bom, sendo assim, o que a gente encontrará nesse porto?

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Uma plataforma que fica a 37 metros de altura e bem em frente a lindas águas esverdeadas. Você quer uma vista como essa para pular das nuvens? Esse lugar pode ser ótimo para você.

4 – Ponte Colossus (Itália)

Você não vai acreditar que na Itália tem um lugar que é muito recomendado para a prática do bungee jumping, vai? Saiba que desde 1995 essa ponte recebe turistas que gostam de uma aventura e se divertem com os mais de 150 metros de altura.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Ah, ela tem mais de 350 metros de comprimento também. Portanto, acaba sendo uma ótima ideia para quem quer fazer o pulo e ainda aproveitar as cidades de Turim e Milão, que ficam bem ao lado. A queda livre também é rápida, sendo de 4,5 segundos e mais de 100 Km/h. 

3 – Barragem de Contra (Suíça)

Quem já assistiu ao filme do 007, na sua versão chamada de “Contra Golden Eye”, sabe do que estamos falando. A paisagem é mundialmente conhecida por ter sido cenário para esse filme clássico do cinema internacional. Lá James Bond saltou 220 metros preso em um elástico.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

A Barragem de Contra também é chamada como Barragem de Verzasca e fica em Ticino, sendo que possibilita uma vista encantadora dos Alpes Suíços. Portanto, temos aqui uma opção de salto que é feito em uma usina hidrelétrica e que tem ao lado… muito concreto. 

2 – Ponte Navajo (Estados Unidos)

Pensando em uma listagem que considere os lugares mais procurados do mundo para a prática desse esporte de aventura radical, que é o bungee jumping, a gente tem aqui agora a Ponte Navajo, que fica nos Estados Unidos. E vamos explicar a grande motivação.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

Saiba que essa ponte fica em uma das áreas mais importantes do mundo, acima do Rio Colorado, atravessando o Grand Canyon, nos Estados Unidos. Assim, a vista é espetacular e a ponte proporciona mais de 140 metros de queda livre. 

1 – Pipeline Bungy (Nova Zelândia)

Chegamos ao final da lista de melhores lugares para pular de bungee jumping falando da Nova Zelândia, afinal, esse é um dos melhores países no mundo para a prática de esportes radicais. E entre eles nós temos esse tipo de salto.

Bungee Jumping: descubra como funciona o esporte e 10 lugares para saltar
Foto: (reprodução/internet)

E dentro da Nova Zelândia tem uma ponte suspensa chamada de Pipeline Bungy, que tem mais de 100 metros de altura. Além do mais, ela possibilita uma paisagem incrível que dá vista para as águas do rio Shotover. 

Quando o salto não é indicado

Acima, nós falamos um pouco sobre como manter a segurança ao praticar o bungee jumping e para isso citamos os acessórios e os cuidados com a saúde. Porém pouco falamos sobre os casos que fazem com que o praticante não deva fazer o pulo. Agora, vamos falar disso.

Essa dica vale ouro e serve para quem tem histórico de ansiedade, problemas no joelho ou no quadril, sob efeito do álcool, apresente casos de epilepsia ou que tenha passado por cirurgias de forma recente. Nesses casos, deve-se evitar ao máximo praticar o bungee jumping.