14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte

A lista é bastante curiosa. Por exemplo, temos aqui atletas medalhistas olímpicos, como Rafaela Silva, Giba, Jaqueline, Cesar Cielo. Mais do que isso, tem um que foi pego pelo uso da maconha e outro que conseguiu provar que o erro foi do laboratório de teste.

ANÚNCIO

Mas, talvez o tópico mais impressionante vai ser aquele que conta sobre a atleta brasileira que foi suspensa do esporte. Você se lembra quem é ela? Continue lendo que vamos contar e detalhar um pouco mais de cada uma dessas histórias.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

1 – Rafaela Silva (judoca)

A judoca foi notificada pela Federação Internacional de Judô que estava suspensa por dois anos do esporte pelo teste positivo no exame antidoping que foi realizado em agosto de 2019.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

No fim do ano de 2020, porém, a Corte Arbitral do Esporte manteve a sentença e isso colocou fim no sonho dela de estar nos Jogos de Tóquio. Ela também perdeu as medalhas do Mundial de 2019, sendo o bronze no individual e o bronze por equipes.

ANÚNCIO

Curiosidade à parte, como está fora dos Jogos, ela tentou inovar no empreendedorismo e lançou na internet um curso de 10 aulas de judô para “intermediários”, que custa R$ 147. Mais tarde, chegou a dizer que a ideia é ajudar as pessoas com o esporte durante a pandemia.

2 – Etiene Medeiros (nadadora)

O caso de Etiene foi às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Ela foi pega no antidoping em maio daquele ano, quando testou positivo para fenoterol, que fica presente em um medicamento usado no tratamento da asma.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Ela correu o risco de ficar fora dos Jogos, porém, entrou com ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Por isso, ela conseguiu disputar os Jogos daquele ano, já que foi considerada “sem culpa” por conta do ocorrido.

ANÚNCIO

Depois disso, ainda conseguiu superar o caso e conquistou medalhas, como o ouro no Mundial de Budapeste em 2017 e a prata em Gwangju em 2019. Além disso, somou ouro (Lima, 2019), prata (Lima, 2019) e bronze (Lima, 2019) nos Jogos Pan-Americanos.

3 – André Calvelo (nadador)

Ele tinha 20 anos quando foi pego pelo uso de anabolizante. Para quem não se lembra, o André venceu os 100 metros livres na seletiva de natação. Porém, no dia seguinte, saiu o resultado dos exames da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Curiosamente, ele corria grandes chances de ficar fora dos Jogos de Tóquio porque os julgamentos não acontecem antes de 6 meses. No entanto, se ele foi suspenso em âmbito internacional poderá pegar até 4 anos de suspensão.

4 – Cesar Cielo (nadador)

Outro da natação é o Cielo. Ele foi campeão olímpico, porém, em 2011 foi flagrado com uma substância que não é aceita, sendo a furosemida, um diurético que esconde outras substâncias proibidas. Na época, a farmácia de manipulação assumiu a culpa.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

E disse que havia tido uma contaminação em cápsulas de cafeína. A Federação Internacional de Natação pediu a suspensão de 3 meses e ele ficou de fora do Mundial daquele ano. Ainda assim, conseguiu dois ouros nas Olimpíadas de 2012.

5 – Gabriel Santos (nadador)

Mais um da natação. O Gabriel é um caso recente, de 2019, onde ele foi pego pela clostebol, o mesmo da Maurren Maggi, que vamos mencionar abaixo. Ele ficou suspenso por 8 meses e perdeu o Mundial e os Pan de Lima, no Peru.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Porém, ele pode voltar a competir no ano seguinte, sendo possível a participação nos Jogos de Tóquio. Ele integrou a equipe do 4 x 100 metros livres nos Jogos do Rio.

6 – Maurren Maggi (atleta do salto em distância)

A Maggi, que foi considerada a primeira campeã olímpica do Brasil em um esporte individual, foi pega no exame antidoping de 2003. Ela foi flagrada com a substância clostebol, que aumenta a força e a potência muscular.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Em defesa, ela disse que a substância foi tomada através do remédio Novaderm, que é um creme de cicatrização usado em uma sessão de depilação. Mesmo assim, ela ficou suspensa por dois anos e perdeu os Jogos de Atenas de 2004.

7 – Ana Cláudia (velocista)

Ela não é tão conhecida como a Maggi, é verdade. Porém, saiba que a história dela é semelhante quando se fala em exame antidoping. Sendo assim, correu o risco de ficar fora dos Jogos Olímpicos do Rio.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Ela cumpriu a punição de 5 meses e foi liberada para jogar somente no ano seguinte ao exame, em 2016. Isso porque a substância encontrada foi a oxandrolona, um anabolizante que causa aumento de desempenho. Ela disse que estava presente em remédio de manipulação.

Curiosamente, a suspensão terminou antes dos Jogos e ela foi convocada para defender as cores do Brasil nos Jogos do Rio. Porém, por ironia do destino, acabou não competindo porque teve uma grave lesão no joelho.

8 – Daiane dos Santos (ginasta)

Ela foi uma das atletas brasileiras que mais trouxeram alegria para o nosso país. Por exemplo, venceu o Mundial de 2003. Porém, em julho de 2009 ela testou positivo para a furosemida, a mesma do Cesar Cielo.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Em sua defesa, ela disse que a contaminação aconteceu devido a um tratamento estético e não para melhorar o desempenho – isso porque estava se recuperando de uma cirurgia. Assim, ela escapou da pena máxima, mas ficou suspensa por 5 meses das competições da ginastica.

9 – Pedro Solberg (jogador de vôlei)

Começando a nossa lista de jogadores de vôlei – sim, são vários – nós temos o Pedro, que joga no vôlei de praia. Em 2011, ele pegou o antidoping pelo esteroide androstane, que é usado no ganho de massa muscular.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Porém, ele foi absolvido no mesmo porque novos exames mostraram que havia um erro cometido pelo laboratório que fez o teste. Ele e a família gastaram R$ 100 mil com advogados e especialistas, por isso, ganhou a indenização do laboratório Ladetec por danos morais.

10 – Jaqueline (jogadora de vôlei)

A Jaque foi pega em junho de 2007. A ponteira recebeu a punição por três meses pelo uso de sibutramina, que é encontrado em moderadores de apetite.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

A pena foi atenuada, já que inicialmente visava 9 meses de suspensão. O que aconteceu é que foi cortada da seleção que jogou no Pan do Rio e no Sul-Americano daquele ano.

11 – Giba (jogador de vôlei)

Giba foi considerado um dos melhores jogadores de vôlei da história do Brasil. Em 2002, ele testou positivo para a cannabis sativa, isto é, a maconha. Na época, ele jogava pelo Ferrara, da Itália e foi punido por 8 jogos pela Federação do país.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Logo, ficou dois meses fora das quadras e a pena foi considerada branda porque ela poderia chegar até dois anos de suspensão conforme as regras da Agência Mundial Antidoping.

12 – Thomaz Bellucci (tenista)

Mesmo que você ainda não o conheça, saiba que ele já foi o número 1 do Brasil no tênis. Ele foi um dos casos mais recentes de brasileiros pego no exame antidoping. Isso aconteceu em 2017.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

A substância encontrada foi a hidroclorotiazide, que é um diurético que mascara as outras substancias proibidas. Na defesa, ele disse que houve contaminação de um suplemento polivitaminico que ele tomava. Ainda assim, pegou 5 meses de suspensão.

13 – Jorge Zarif (velejador)

O caso do Jorge é um pouco diferente de todos citados até aqui. Ele está suspenso temporariamente. Isso porque no exame foi encontrada a presença de tamoxifeno. Ele é campeão Mundial de 2013 e disse que fez o uso da substância proibida.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, isso foi por recomendação médica, quando estava tratando ginecomastia bilateral, uma doença que causa aumento das mamas. Ele ficou suspenso de forma preventiva e temporária pela Autoridade Brasileira e não foi julgado.

14 – Pedro Barros (skatista)

Ele é um dos skatistas mais conhecidos do país hoje. E foi pego porque testou positivo para um derivado da maconha. Esse sim talvez seja o caso mais recente do skate. O exame foi feito em 2018 durante o Vert Jam, em Santa Catarina.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

A substância proibida encontrada na urina do atleta vem da maconha e o exame foi promovido pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), que é do Ministério do Esporte. Ele foi punido por 6 meses e voltou a competir no mesmo ano.

Curiosidade: a atleta punida do esporte

O nome dela é Rebeca Gusmão e até pode ser que você a conhecia porque ela já participou de reality show na TV brasileira. Mas, no esporte, a história não é tão engraçada assim. A punição aconteceu em 2007 porque ela testou positivo para a testosterona.

14 brasileiros que foram pegos no exame antidoping e suspensos/banidos do esporte
Foto: (reprodução/internet)

Isso foi durante os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Com a decisão, ela perdeu todos os resultados obtidos a partir de julho daquele ano, como as 4 medalhas que venceu no Pan.

Mais curiosidade: outra atleta punida do esporte

E o caso da Rebeca não é o único. Antes dela, a Corte Superior dos Esportes, que é do Comitê Olímpico Internacional acatou a decisão da Federação Internacional do Atletismo e baniu a brasileira Fabiane dos Santos do esporte devido ao exame antidoping.

Ela era do atletismo e teve resultado positivo durante o GP do Brasil, no Rio de Janeiro, em 2001. Ela havia sido absolvida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, porém, a decisão definitiva mudou tudo. Ela competia em prova de 800 metros, mas foi pega com testosterona.