Ayrton Senna: veja como foi a sua trajetória na Fórmula 1

ANÚNCIO

Ayrton Senna foi um grande piloto brasileiro de Fórmula 1 nos anos 90. Conquistou muitos prêmios e quebrou alguns recordes nas maiores pistas de corrida do mundo. Infelizmente o mundo perdeu esse grande atleta cedo demais, por conta de um acidente em uma competição.

Senna sempre se destacava atrás dos volantes, desde muito novo a família percebeu que ele tinha uma facilidade diferente quando pilotava carrinhos mesmo sem ter desde cedo os melhores veículos para treinar. A trajetória do piloto é realmente inspiradora e marcou a vida de muitas pessoas.

ANÚNCIO

Esta é uma história que sempre será contada de geração em geração. Mesmo quem não era nem vivo na época em que ele ganhava todas as competições sabe quem foi o melhor competidor que representou o Brasil nas grandes competições da Fórmula 1. E você sabe como foi toda essa trajetória?

Ayrton Senna: veja como foi a sua trajetória na Fórmula 1
Foto: (reprodução/internet)

Separamos este artigo para falar um pouco mais sobre a linda trajetória de Ayrton Senna na Fórmula 1. Então, se quiser saber um pouco mais, fique por aqui e ainda confira um vídeo com a primeira vitória dele na competição.

O início de tudo 

Assim como a história de muitos atletas, Ayrton Senna começou de uma maneira bem simples. O atleta nasceu em São Paulo, em 1960, e vivia com seu pai, sua mãe e seus dois irmãos na cidade grande. 

ANÚNCIO

Seu pai, para agradar os filhos, resolveu criar um kart usando o motor de um cortador de gramas, mal sabia ele que aquilo poderia mudar toda a história do seu filho do meio. Senna brincava e mostrava ter um domínio muito grande no carrinho, então seu pai resolveu colocar ele para treinar em uma pista de kart em São Paulo.

Com apenas 13 anos de idade, Senna começava a se destacar nas pistas de Interlagos. Sua primeira vitória foi no Campeonato Sul Americano de Kart, já com 17 anos. Foi aí que ele recebeu a proposta de disputar em uma equipe da Inglaterra. O garoto foi e acabou voltando muito rápido, um pouco contrariado, para ajudar o pai nos negócios da família. 

A volta de Senna às pistas

Com todo o talento que Senna tinha, era claro que não aguentaria ficar tanto tempo longe das pistas. Alguns anos depois, ele recebeu a proposta para correr com a Fórmula Ford 2000 e no mesmo ano que aceitou, em 1982, já conquistou o Campeonato Mundial da Europa. 

Mas foi em 1985 que Senna conquistou seu primeiro prêmio competindo na Fórmula 1, correndo com a equipe Lótus e disputando a segunda grande corrida naquele ano. Veja agora um vídeo que demonstra a emoção da primeira vitória do brasileiro.

Desse dia em diante, a vida de Ayrton nunca mais foi a mesma. Depois de alguns anos ele foi contratado pela McLaren, marca na qual realmente teve sua carreira consagrada. Senna disputou 162 corridas, 3 campeonatos mundiais e, nisso tudo, conseguiu subir 80 vezes nos pódios, sendo 41 dessas vezes campeão.   

Um fim inesperado 

Depois de correr com os melhores carros ainda pela McLaren, o carro que Senna disputava deixou de ser competitivo e a Honda, empresa que fabricava o motor para os carros da equipe, deixou de fornecer as peças para eles. 

Então, o piloto mudou de equipe e começou a treinar com a Williams. Mas, desde o início, ele não estava tão bem pois o carro em que treinava não tinha sido feito para Ayrton Senna, o que já estava trazendo um incômodo. 

Em 1994, Senna disputou sua última corrida, em San Marino. Alguns acidentes graves já tinha acontecido nos treinos feitos na pista da Itália, onde seria disputado o grande prémio, mas mesmo assim o campeonato não foi cancelado e, no dia da disputa, Ayrton Senna bateu na mesma curva dos outros acidentes, deixando milhares de pessoas em prantos com sua morte.

Sempre nas memórias

Por mais triste que tenha sido o final dessa trajetória, Ayrton Senna ficou marcado como o melhor corredor da Fórmula 1 de todos os tempos e sua história sempre estará na mente de todos aqueles que praticam e amam esse lindo esporte.

ANÚNCIO